Clarice Lispector – Águas do Mar

Boa noite. Águas do Mar Clarice Lispector   Aí está ele, o mar, a mais ininteligível das existências não humanas. E aqui está a mulher, de pé na praia, o mais ininteligível dos seres vivos. Como o ser humano fez um dia uma pergunta sobre si mesmo, tornou-se o mais ininteligível dos seres vivos. Ela […]

Leia mais… from Clarice Lispector – Águas do Mar

Charles Bukowski – Poesia – 17/01/23

Boa noite Então queres ser um escritor? Charles Bukowski se não sair de ti explodindo apesar de tudo, não o faças. a menos que saia sem perguntar do teu coração e da tua cabeça e da tua boca e das tuas entranhas, não o faças. se tens que sentar por horas olhando a tela do […]

Leia mais… from Charles Bukowski – Poesia – 17/01/23

Ezra Pound – Poesia – 24/01/23

Boa noite Envoi Ezra Pound Vai, livro natimudo, E diz a ela Que um dia me cantou essa canção de Lawes: Houvesse em nós Mais canção, menos temas, Então se acabariam minhas penas, Meus defeitos sanados em poemas Para fazê-la eterna em minha voz. Diz a ela que espalha Tais tesouros no ar, Sem querer […]

Leia mais… from Ezra Pound – Poesia – 24/01/23

Francisco Carvalho – Poesia – 09/01/23

Boa noite Soneto à Rendeira Francisco de Oliveira Carvalho O linho é uma oração remota, nesse fluir fabril de fio para a flor. Move-se o coração da moça, e esquece o tempo prisioneiro, em derredor da sombra esguia que à almofada tece. Move-se, em seu afã modelador de paz, o mito imemorial da prece que […]

Leia mais… from Francisco Carvalho – Poesia – 09/01/23