Saiu na mídia – Quércia

Óleo de peroba.
Por Luiz Antonio Ryff


Muito se fala contra e a favor da política econômica dos anos FHC.

Mas existe pelo menos um consenso entre as pessoas com razoável senso de decência: o grande salto dado pelo Brasil com a intervenção e privatização dos bancos estaduais, que eram utilizados pelos governos estaduais para todos os tipos de maracutaias e serviam como cabide de empregos.

Pois não é que o outrora esquecido e agora candidato ao governo de São Paulo Orestes Quércia afirmou que, se eleito, pretende “refazer” o Banespa?

Para Quércia, o PSDB “cometeu um crime” ao privatizar o banco.
Para os que não se lembram, em 1990, ao conseguir eleger o então secretário de Segurança Pública LuizAntônio Fleury Filho, Quércia teria dito a famosa frase: “Quebrei o Banespa, mas fiz o meu sucessor”.

A eleição mal começou, mas o peemedebista mostra que continua coerente e fiel ao seu estilo.
É como dizia o Barão de Itararé: “De onde menos se espera, daí é que não sai nada mesmo”.
Share the Post:

Artigos relacionados

Anistia nunca mais

A História do Brasil está intoxicada por sucessivas anistias e conciliações. Como sequela impera a certeza da impunidade. O desprezo

Ler mais