Lusitanamente objetiva.

A bordo de avião da TAP:
Comissária:
– senhor, o senhor deseja jantar agora?

Passageiro, cearense:
– quais as opções?
Comissária:
– sim ou não!

Share the Post:

Artigos relacionados

Anistia nunca mais

A História do Brasil está intoxicada por sucessivas anistias e conciliações. Como sequela impera a certeza da impunidade. O desprezo

Ler mais