Vergílio Ferreira – Dizer não

Diz NÃO à liberdade que te oferecem...


Diz NÃO à liberdade que te oferecem, se ela é só a liberdade dos que ta querem oferecer. Porque a liberdade que é tua não passa pelo decreto arbitrário dos outros.

Blog do Mesquita,Censura,Constituição Federal (22)

Diz NÃO à ordem das ruas, se ela é só a ordem do terror. Porque ela tem de nascer de ti, da paz da tua consciência, e não há ordem mais perfeita do que a ordem dos cemitérios.

Diz NÃO à cultura com que queiram promover-te, se a cultura for apenas um prolongamento da polícia. Porque a cultura não tem que ver com a ordem policial mas com a inteira liberdade de ti, não é um modo de se descer mas de se subir, não é um luxo de «elitismo», mas um modo de seres humano em toda a tua plenitude.

Diz NÃO até ao pão com que pretendem alimentar-te, se tiveres de pagá-lo com a renúncia de ti mesmo. Porque não há uma só forma de to negarem negando-to, mas infligindo-te como preço a tua humilhação.


Você leu?: Pablo Neruda – Para não deixar de te amar nunca


Diz NÃO à justiça com que queiram redimir-te, se ela é apenas um modo de se redimir o redentor. Porque ela não passa nunca por um código, antes de passar pela certeza do que tu sabes ser justo.

Diz NÃO à verdade que te pregam, se ela é a mentira com que te ilude o pregador. Porque a verdade tem a face do Sol e não há noite nenhuma que prevaleça enfim contra ela.

Diz NÃO à unidade que te impõem, se ela é apenas essa imposição. Porque a unidade é apenas a necessidade irreprimível de nos reconhecermos irmãos.

Diz NÃO a todo o partido que te queiram pregar, se ele é apenas a promoção de uma ordem de rebanho. Porque sermos todos irmãos não é ordenanmo-nos em gado sob o comando de um pastor.

Diz NÃO ao ódio e à violência com que te queiram legitimar uma luta fratricida. Porque a justiça há-de nascer de uma consciência iluminada para a verdade e o amor, e o que se semeia no ódio é ódio até ao fim e só dá frutos de sangue.

Diz NÃO mesmo à igualdade, se ela é apenas um modo de te nivelarem pelo mais baixo e não pelo mais alto que existe também em ti. Porque ser igual na miséria e em toda a espécie de degradação não é ser promovido a homem mas despromovido a animal.

E é do NÃO ao que te limita e degrada que tu hás-de construir o SIM da tua dignidade.

Vergílio Ferreira

Postado na categoria: Literatura -

Leia também:

Sêneca - O necessário não é propriamente um bem - Filosofia
Sêneca - O necessário não é propriamente um bem - Filosofia

Toda a vida, em meu entender, é uma mentira:

October 1, 2019, 7:01 pm
Carlos Drummond de Andrade - Eu, etiqueta - Poesia
Carlos Drummond de Andrade - Eu, etiqueta - Poesia

...de ser não eu, mas artigo industrial.Coisa!

October 12, 2019, 6:57 pm
Oscar Wilde - Arte, Sociedade e Governos
Oscar Wilde - Arte, Sociedade e Governos

Refletir é preciso. Arte, sociedade e governos ...sempre que uma sociedade, ou um poderoso segmento da sociedade, ou um governo de qualquer espécie, tenta impor ao artista o que ele...

September 30, 2019, 8:00 pm
Neide Archanjo - Já não há cíclopes
Neide Archanjo - Já não há cíclopes

...nem criaturas dormindo de olho aberto

September 19, 2019, 8:00 pm
Martha Medeiros - Versos de amor
Martha Medeiros - Versos de amor

Versos de amor Martha Medeiros De todos os versos de amor as rimas e frases reinventadas as jogadas de efeito os subterfúgios e os hai-kais anotações de diário de todos...

October 13, 2019, 6:57 pm
Lya Luft - Canção das mulheres - Poesia
Lya Luft - Canção das mulheres - Poesia

me tome nos braços sem fazer perguntas demais...

October 4, 2019, 7:00 pm