Turismo dos políticos. Governadores e Senadores passeiam pleo mundo

Brasil: da série “o tamanho do buraco”.

Pois é! Vejam só como o seu, o meu, o nosso sofrido dinheirinho financia o turismo político de suas (deles) ex-celências. Caso tivessem a mesma proficiência na administração da coisa pública, certamente o país estaria melhor.

Enquanto você “rala” prá conseguir pelo menos uma “idazinha”, vez ou outra, prá alguma praia poluída, veja aonde essa turma anda. Com ou sem sogra? Não sei.

Como hoje é o dia do trabalho, confira onde algumas autoridades estiverão nos últimos dias, “labutando”, com trocadilhos por favor, pelo povo.

Artur Virgílio, Heráclito Fortes, Virgílio Carvalho e Adelmir Santana, senadores da república Estados Unidos da América do Norte, para, pasmem!, “estudar o processo eleitoral americano”. Rimos às escâncaras – esse escâncaras aí é em homenagem a verborréia contumaz do manauara senador – ou, choramos?

Artur Virgílio, senador da república é, novamente sua (dele) ex-celência amazônica. Após o estafante esforço na terra do Busch, fotografias ao lado da Hilária e do Obama, Londres! Na sempre colonialista Albion, a tarefa foi ouvir projetos do Príncipe Charles para a conservação (sic) da Amazônia. Na ocasião, o orelhudo herdeiro britânico sugeriu, de forma sutil como um elefante em uma loja de louça, que o problema amazônico, somos os brasileiros. Uáu!

Jaques Wagner (PT), governador da Bahia Emirados Árabes;

Marcelo Miranda (PMDB) governador do Tocantins China e depois Nova York – ninguém é de ferro né cambada? – acompanhado de uma “modesta” comitiva de 30 pessoas, no período de 21 de abril a 3 de maio;

Luiz Henrique (PMDB), governador de Santa Catarina está “trabalhando” na aprazível California, inclusive visitando o exterminador, quer dizer, o governador Arnold, o bárbaro.

Mais artigos