• mqt_for@hotmail.com
  • Brasil

Tremsalão: mídia seletiva trata como um ferrorama

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Ferrorama Blog do Mesquita TremsalãoMídia seletiva a corrupção e o tremsalão.

A mídia trata, quando trata, o “tremsalão” como se fosse Ferrorama.

Faço esse comentário por que exatamente a pouco eu vinha no carro ouvindo uma das duas rádios, FM, de notícias, com extensa matéria sobre a paralisação das obras da ferrovia no Piauí.

A reportagem longa e minuciosa tratava dos inúmeros problemas – corrupção e superfaturamentos inclusos – além do prazo conclusão previsto para 2013 ter sido dilatado agora para 2016, e a duplicação dos custos da construção da ferrovia.

Eu só ouço essas duas rádios – tanto no carro, no Smartphone e no computador – e acompanho os noticiários durante quase todo o dia.

Por isso estranho o tratamento diferenciado das bandalheiras.

Bandalheira que no Brasil é ambidestra. Não é “patrimônio” desse ou daquele partido.

O que espero em matéria de cobertura jornalística é a isonomia. Mas essa esperança, sei, é ficção. Ou devaneio.

Contudo entendo os motivos que provocam a seletividade da cobertura em função dos interesses do veículo de imprensa. Somente aponto o descompasso no tratamento dado pela mídia.

Não significa que eu esteja fazendo juízo de valor sobre essa ou aquela obra, ou sobre essa ou aquela corrupção.

Trata-se de honestidade intelectual de quem tem a obrigação, a priori, de ser imparcial.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

José Mesquita

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em administração e bacharelando em Direito. Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. É diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo do Aero Clube do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association, Usa. É membro honorário da Academia Fortalezense de Letras.

Gostou? Deixe um comentário