Tópicos do dia – 15/02/2012

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

08:52:48
Mantega: ministro fritando na manteiga.
Oposição aposta no envolvimento de Mantega
A oposição acusou de improbidade administrativa o ministro Guido Mantega (Fazenda), em representação feita ontem ao procurador-geral da República, na expectativa de que as investigações revelem a extensão do seu envolvimento com o ex-presidente da Casa da Moeda Luiz Felipe Denucci, que teria recebido propinas de US$ 25 milhões no exterior. A Receita Federal e a Polícia Federal investigam Denucci.
Claudio Humberto

14:04:56
CCJ da Câmara Federal aprova uma aberração.
Brasil: da série “só doi quando eu rio”.
Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal, aprovou um tal de Estatuto da Juventude. Mais um. A marmota, pasmem, define um conjunto de direitos específicos para jovens entre 15 e 29 anos. Assim um marmanjo estudante com somente 29 aninhos terá direito, inclusive, à meia-entrada em eventos artísticos e de entretenimento e lazer em todo o território nacional. Nessa marcha, quando sair-se do Estatudo da Juventude já se está a tempo de usufruir dos direitos do estatuto do Idoso. Argh!

14:15:02
STF decide sobre a Lei da Ficha Limpa.
Começa julgamento da validade da anterioridade da Lei da Ficha Limpa. Em juízo, entre outras questões constitucionais, está o respeito ao Princípio da Presunção da Inocência, um dos pilares da segurança jurídica. Ministro Tóffoli, em voto que está apresentando nesse momento, canal 04 NET, cita voto do ex-ministro Eros Grau: “a existência de um processo não é, ainda, indicativo de maus antecedentes.”
Espero, que em nome de se ouvir “a voz rouca das ruas”, o STF não rasgue a CF.

16:21:04
Ronaldo fenômeno diz que estádios são mais prioritários que hospitais.
O Ronaldo, ex-jogador, afirmou, vejam que estupidez, que: “Não se faz Copa do Mundo com hospitais e sim com estádios.
A divisão de investimentos existe, mas temos que ver o que é prioridade”.
Já o grande jogador Sócrates já havia sentenciado, com toda a propriedade: “O Brasil ainda não tem condições moral de sediar uma copa do mundo.” Gol!


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

José Mesquita

José Mesquita

Nasceu em Fortaleza,Ce. Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em Administração, Ciências da Computação e bacharel em Direito. Pós-graduado em Direito Constitucional. É consultor em Direito Digital. Participou de mais de 250 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Design Gráfico, já criou mais de 35 marcas, logotipos, logomarcas, e de livrosa de arte para empresas no Brasil e Exterior Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. Foi diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo da Ecola de Aviação Civil do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association - NAPP, Usa. É membro da Academia Fortalezense de Letras e Membro Honorário da Academia Cearense de Letras. Autor de três livros de poesias - e outros quatro ainda inéditos; uma peça de teatro; contos e artigos diversos para jornais; apresentações e prefácios de publicações institucionais; catálogos e textos publicitários. Ministra cursos gratuítos de Arte e de Computação Básica para crianças e adolescentes em centros comunitários de comunidades carentes na periferia das cidades.

Gostou? Deixe um comentário

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me