• mqt_for@hotmail.com
  • Brasil

Theófilo Silva – Reflexões na tarde – 18/01/2014

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Os Passionais
Theófilo Silva¹

“Paixão… Tornas possíveis as coisas que não são consideradas possíveis. Tu te comunicas com os sonhos… Ages de acordo com o irreal e fazes do nada teu associado”.

Na peça Conto de Inverno, Leontes, rei da Sicília, o mesmo que pronuncia as palavras acima, está muito feliz porque seu amigo de infância Políxenes, rei da Boêmia, veio visitá-lo. Quem está feliz também é Hermione, esposa de Leontes, que através de Políxenes saberá como era seu marido na juventude. No entanto, repentinamente tudo muda. Na curta permanência de Políxenes, Leontes passa a violentos ataques de ciúmes, que vão crescendo até se tornarem exteriores.

Leontes tem certeza que Hermione está traindo-o com Políxenes. Seu ciúme chega ao auge, quando pede a um funcionário sábio e leal, que envenene Políxenes, que acaba de voltar para a Sicília. Camilo descumpre a ordem e foge.

Tudo piora, quando Hermione aparece grávida. Leontes não tem mais dúvidas, Hermione é uma adúltera, manda prendê-la e submetê-la a julgamento. Mesmo sendo aconselhado por seus assessores para agir com prudência, Leontes com sua passividade excessiva sai contaminando tudo ao seu redor.

Passado o tempo, eis que nasce uma linda garota, que tem os olhos, a boca, o nariz e o sorriso de Leontes. Não há dúvida, a menina é mesmo filha de Leontes. Mas Leontes não acredita. Cego à verdade, amaldiçoa a garota, dando ordens para levarem-na para o mais distante possível dele.

O caso toma proporções tão desmedidas, que foi necessário o envio de emissários para consultar o oráculo de Apolo, a única instância capaz de convencer o rei ensandecido. Durante o julgamento de Hermione, chega à resposta do oráculo, que declara Hermione inocente e Políxenes um tirano.

Mas o estrago já estava feito. O passionalismo de Leontes o cegara completamente. Seu julgamento do caráter da esposa, e mais ainda, de duvidar da honra do rei de um país amigo, o levaram a um estado de confusão e desespero. Sem contar os prejuízos das relações da Boêmia com a Sicília.

O Dr. Johnson diz em Rasselas, “toda a força da imaginação sobre a razão é um grau de insanidade”. Quando Shakespeare afirma que, “a paixão age de acordo com o irreal e se associa ao nada”, ele nos avisa dos perigos a que estamos expostos quando julgamos preconceituosamente situações desconhecidas. Quando exercemos um papel de liderança, qualquer que seja ele, político, de opinião, ou outros, não podemos agir precipitadamente, pois caímos no ridículo ou mesmo na tragédia.

Se “a paixão se comunica com os sonhos”, queremos transformá-los em realidade. E quase sempre, isso não é possível. Mais ainda, às vezes as pessoas estão submetidas a ambientes e situações estranhas, sendo possível à perda de contato com a realidade, ainda que temporário.

Assim como Leontes. E quando sonhadores julgam sonhadores, ainda que a distância, o perigo é ainda maior.
E nós, para Shakespeare “somos feitos da mesma matéria de que são feitos os sonhos”.

Devemos ser cuidadosos.

¹Theófilo Silva é presidente da Sociedade Shakespeare de Brasília


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

José Mesquita

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em administração e bacharel em Direito. Pós-graduado em Direito Constitucional. Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. É diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo do Aero Clube do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association, Usa. É membro honorário da Academia Fortalezense de Letras.

Gostou? Deixe um comentário

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me