loader
Arte | Poesia | Literatura | Humor | Tecnologia da Informação | Design | Publicidade | Fotografia

Filho de Mourão foi promovido oito vezes nos governos do PT; ascensão na carreira contradiz vice-presidente quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Mourão diz que filho foi promovido por mérito, competência e honestidade, e que não havia alcançado cargo de destaque antes por perseguição do PT – :Antônio Cruz/ABrAntônio Cruz/ABr O novo assessor especial da presidência do Banco do Brasil Antônio Hamilton Rossell Mourão, filho do vice-presidente Hamilton Mourão, foi promovido oito vezes nos governos Lula e Dilma (2003-2016). As constantes ascensões internas de Antônio ao longo de 18 anos de Banco do Brasil contradizem a justificativa do vice-presidente de que ele…

O declínio do ‘centrão’ abre temporada de incerteza na Câmara segunda-feira, 18 de julho de 2016

Desarticulação é vista como positiva para Temer, mas prova de fogo só será em agosto Eduardo Cunha, o criador do ‘centrão’, no dia 14, na Câmara. Foto ADRIANO MACHADO REUTERS Eram quase 23h da última quarta-feira quando um deputado se reuniu com outros quatro em um canto do plenário da Câmara, no meio do processo de votação do segundo turno para eleger o presidente do Legislativo, e disparou a frase: “Não vamos ressuscitar o que já está morto. O DEM…

Temer troca negociação da dívida dos Estados por apoio no Congresso quarta-feira, 22 de junho de 2016

A perguta é: de onde irá sairá o dinheiro? Respondo: do nosso sofrido e minguado bolso Tapuias otários! José Mesquita Ps. Abaixo, no centro da mesa, alvos da Lava Jato. Unidades da federação ficarão até dezembro sem pagar débitos com a União. Em troca da suspensão do pagamento da dívida por seis meses e descontos por mais dois anos, apoio para aprovar um limite no teto dos gastos públicos no Congresso Nacional. Essa foi a proposta que o Governo interino de…

Choque de sentenças do STF no caso Temer expõe risco de ações individuais sexta-feira, 8 de abril de 2016

Após decisão de Marco Aurélio por análise de impeachment de vice, Celso de Mello decide o contrário. O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, decidiu na terça-feira obrigar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a dar encaminhamento ao pedido de impeachment do vice-presidente Michel Temer (PMDB). Menos de 24 horas depois, seu colega Celso de Mello analisando caso semelhante avaliou que não cabe ao Judiciário se envolver na questão.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”] Especialistas ouvidos pelo…

© Copyright 2018 Blog do Mesquita - Direitos Reservados. | POLÍTICA DE PRIVACIDADE | MBrasil