Apple lança novo iPhone SE e versão menor do iPad Pro

Novo smartphone é menor mas tem processamento igual a do iPhone 6s.
Greg Joswiak, vice-presidente da Apple, mostra o novo iPhone SE. (Foto: Justin Sullivan/France Presse)
Greg Joswiak, vice-presidente da Apple, mostra o novo iPhone SE.
(Foto: Justin Sullivan/France Presse)

Apple também liberou atualização do novo sistema operacional, iOS 9.3.

A Apple anunciou nesta segunda-feira (21) uma versão menor de seu smartphone, o iPhone SE, que possui um chassi de metal semelhante ao iPhone 5s mas com potência de processamento similar ao do iPhone 6s.

Uma nova versão iPad Pro menor, de 9,7 polegadas, também foi apresentada. A empresa liberou ainda a atualização de seu sistema operacional iOS 9.3

Apesar de ter tela de 4 polegadas, o aparelho é equipado com o processador A9, o mesmo dos iPhones 6 e 6S, e com o processador de movimentos M9.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

Isso faz do aparelho tão potente quanto o smartphone top de linha, lançado pela Apple em setembro do ano passado.

A câmera traseira possui capacidade de resolução de 12 Megapixels e de registrar imagens panorâmicas de 63 MP. O novo celular também faz vídeos em 4K.

De acordo com Greg Joswiak, vice-presidente da Apple, o iPHone SE é capaz de acessar a internet com 50% mais rapidez que o iPhone 5s.

O preço também é uma das novidades do iPhone SE. Nos Estados Unidos, o aparelho custará US$ 400 (16 GB) e US$ 500 (64 GB).

Ele chega às lojas norte-americanas em 31 de março. Até maio, mais de 100 países receberão o aparelho, segundo a Apple, que não especificou se o Brasil está na lista.

iPad Pro menor

Segundo Joswiak, a empresa vendeu 30 milhões de iPhones com tela de 4 poleadas em 2015. O aparelho que também é sucesso de vendas são os iPads com tela de 9,7 polegadas — venderam 200 milhões de unidades desde que o modelo foi lançado (Veja o vídeo abaixo).

Isso motivou a Apple a lançar o segundo membro da família iPad Pro com tela de 9,7 polegadas, já que o seu antecessor tinha tela de 12,9 polegadas.

Para Phill Schiller, vice-presidente de marketing da Apple, os consumidores substituirão seus computadores pelo novo iPad. O aparelho possui ainda uma tela que reflete menos e com maior brilho.

Os iPads Pro com tela menor possuem a mesma configuração de vídeo dos iPhones SE.

Nos Estados Unidos, essa versão do iPad Pro custará US$ 600 (32 GB), US$ 750 (128 GB) e US$ 900 (256 GB). As pré-vendas começam em 24 de março, mas as vendas só abrem oficialmente em 31 de março.

Apple Watch

Tim Cook, CEO da Apple, anunciou uma redução no preço do Apple Watch para US$ 300. Um terço das pessoas que compram um Apple Watch trocam suas pulseiras.

Por isso, a Apple lançou uma série de pulseiras feitas de nylon. Segundo Cook, já são mais de 5 mil aplicativos para o Watch e para a tvOS.

A Apple apresentou o CareKit, um conjunto de ferramentas para construir aplicativos que foquem em saúde e bem-estar.

O primeiro a ser criado com ele é um serviço para ajudar pessoas que tenham mal de Parkinson a lidar melhor com as peculiaridades dessa condição.

É possível armazenar informações vitais e compartilhá-las com o médico, para que ele faça uma avaliação à distância.
G1