Nietzsche – Versos na tarde – 19/01/2016

Remédio para o Pessimismo
Friedrich Nietzsche¹

Queixas-te porque não encontras nada a teu gosto?
São então sempre os teus velhos caprichos
Ouço-te praguejar, gritar e escarrar…
Estou esgotado, o meu coração despedaça-se.
Ouve, meu caro, decide-te livremente.
A engolir um sapinho bem gordinho,
De uma só vez e sem olhar.
É remédio soberano para a dispepsia.

in “A Gaia Ciência”

1 Friedrich Wilhelm Nietzsche
* Röcken, Alemaa – 15 de outubro de 1844 d.C
+ Saxônia – Alemanha – 25 de agosto de 1900 d.C


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]