Em meio à pandemia, Brasil será sede da Copa América

Após desistência de Colômbia e Argentina, Conmebol agradece a Bolsonaro por “abrir as portas” para o torneio. Anúncio é recebido com enxurrada de críticas, e Pernambuco diz que não vai permitir partidas no estado

Arena Pernambuco, em Recife, é um dos locais cotados para receber jogos; estado se recusa

Após a desistência dos países-sede Colômbia e Argentina, a Conmebol anunciou nesta segunda-feira (31/05) que a Copa América de futebol será realizada no Brasil, país mais assolado pela pandemia de covid-19 no continente.

O comunicado da federação sul-americana, a menos de duas semanas do início do torneio, sugere que houve influência direta do governo Jair Bolsonaro na decisão. O anúncio foi recebido com uma enxurrada de críticas no Brasil, que segundo especialistas e o próprio Ministério da Saúde está à beira de uma terceira onda de infecções pelo coronavírus.

As UTIs de vários estados estão cheias, e a previsão de epidemiologistas é de piora no desastre sanitário brasileiro justo no período em que se disputará a Copa América – com abertura em 13 de junho e final em 10 de julho.

“O melhor futebol do mundo trará alegria e paixão a milhões de sul-americanos. A Conmebol agradece ao presidente Jair Bolsonaro e sua equipe, bem como a Confederação Brasileira de Futebol, por abrir as portas daquele país ao que é hoje o evento esportivo mais seguro do mundo. A América do Sul vai brilhar no Brasil com todas as suas estrelas!”, diz postagem no Twitter da entidade.

A desistência da Argentina, que só não se oficializou porque a Conmebol se antecipou e desligou antes o país como sede, foi devido ao recrudescimento da pandemia no país. A Colômbia, que compartilharia a organização do evento, abriu mão devido à situação política em seu território, que vive os maiores protestos de rua em décadas.

A Argentina registrou mais de 3,75 milhões de infecções e mais de 77 mil mortes relacionadas à covid-19 ao longo da pandemia. No domingo, a Argentina apresentou uma taxa de incidência média de 485 casos por 100 mil habitantes em sete dias. O Brasil, a nova sede da competição, apresentou no mesmo dia uma taxa de incidência média de 1.838 casos por 100 mil habitantes.

Líderes da oposição reagiram com indignação à realização do evento no Brasil. Ciro Gomes, do PDT, pediu à CPI da Pandemia a convocação do presidente da CBF, Rogério Caboclo, para dar explicações. O governo de Pernambuco, um dos estados cotados para receber o torneio, disse ao jornal Folha de S. Paulo que não aceitará participar do evento. O deputado federal Júlio Delgado, do PSB de Minas Gerais, disse ao site O Antagonista que irá ao STF contra a Copa América no Brasil.

Argentina e Colômbia

Originalmente, a 47ª edição da Copa América estava agendada para ser jogada na Colômbia (Grupo Norte) e na Argentina (Grupo Sul) em 2020, mas foi adiada para o ano seguinte devido à pandemia. Já em meados do primeiro semestre de 2021, a Colômbia decidiu abdicar de sediar o torneio devido a uma onda de protestos generalizados contra o governo e à situação sanitária do país.

A Conmebol então recebeu propostas de Equador e Venezuela para receberem as partidas originalmente marcadas para serem disputadas na Colômbia. O Chile também foi cogitado a partilhar o torneio com a Argentina, especialmente devido ao avanço da vacinação contra a covid-19 no país. Mas, devido às restrições sanitárias distintas em cada nação, a Conmebol achou melhor realizar o torneio num único país para evitar deslocamentos internacionais.

No último fim de semana, o ministro do Interior da Argentina, Wado de Pedro, sinalizou que seria muito difícil realizar o torneio em território argentino. “Conversei com o presidente [Alberto Fernández] por causa da situação sanitária. Revisamos a situação epidemiológica de Mendoza, Córdoba, Tucumán, Santa Fé… Algumas são sede da Copa. Do diagnóstico sanitário vemos que será muito difícil que se possa jogar na Argentina”, disse.

Uma pesquisa de opinião pública divulgada na sexta-feira apontou que 70% dos argentinos não queriam a realização da Copa América no país. Porém, antes que Alberto Fernández anunciasse que o torneio não poderia ser jogado na Argentina, a Conmebol retirou a copa do país.

Jogos em estádios ociosos

Segundo pessoas ligadas à negociação, o Brasil deve usar estádios utilizados na Copa do Mundo de 2014 que estão ociosos, como o Mané Garrincha, em Brasília, a Arena Amazônia, em Manaus, a Arena Pernambuco, nos arredores de Recife, e a Arena das Dunas, em Natal.

A ideia é colocar um grupo de seleções para jogar em Brasília e Manaus, enquanto o outro jogaria nos estádios do Nordeste. O Campeonato Brasileiro não seria interrompido.

Havia a possibilidade de a Copa América ser cancelada ou ser realizada nos Estados Unidos. Chegou-se a cogitar até mesmo levar a competição para Israel, onde a vacinação está bastante avançada.

Será apenas a segunda vez na história que duas edições seguidas da Copa América serão disputadas num mesmo país. O Uruguai foi palco dos torneios de 1923 e 1924, ambos conquistados pela seleção celeste. A edição de 1924 foi a primeira sem participação brasileira e originalmente deveria ser jogada no Paraguai, que rejeitou a honra alegando não ter infraestrutura adequada. O Paraguai organizou aquela edição, mas em território uruguaio.

pv,rpr/ek (ots)

Covid: 8 medidas cruciais contra o coronavírus (que está mais presente no ar do que nas superfícies)

Os aerossóis permanecem flutuando no ar por minutos ou horas e, nesse tempo, podem percorrer vários metros

Que a covid-19 é transmitida principalmente pelo ar é uma realidade indiscutível neste momento.

Ela consegue isso através dos agora famosos aerossóis, que nada mais são do que pequenas partículas de saliva ou fluido respiratório emitidas pelas pessoas quando respiram, falam, gritam ou tossem.

Embora esteja claro que os aerossóis emitidos por pessoas saudáveis ​​não são um problema, aqueles emitidos por pessoas infectadas podem conter vírus. O problema é que eles permanecem flutuando no ar por minutos ou horas e, nesse tempo, podem se mover vários metros.

Por que ventilar ambientes é mais importante do que limpar compras no combate à covid.

Covid-19: é preciso medir a taxa de anticorpos após a vacinação? Especialistas dizem que não.

Em ambientes internos mal ventilados, os aerossóis de uma pessoa infectada são distribuídos por todo o espaço, com o risco de outras pessoas serem infectadas ao inalá-los. O ar de uma sala fechada funciona como uma piscina: se houver uma fonte que coloca água com coloração (nosso vírus) na piscina, depois de um tempo toda a água da piscina (nosso ar) terá mudado de cor. Não importa se estou perto ou longe da fonte: a água estará colorida.

Como sabemos tudo isso? Além do conhecimento pré-pandêmico da dinâmica de fluidos e aerossóis, no último ano, vários estudos foram realizados. Alguns deles detectaram o vírus SARS-CoV-2 infeccioso no ar de ambientes internos. Experimentos com animais mostraram que o contágio existe mesmo sem contato algum.

Uma máscara mal ajustada (com lacunas entre a borda da máscara e o rosto) pode ver sua eficácia cortada pela metade

Vários eventos de supercontágio — em que uma única pessoa infecta muitas — que só podem ser explicados pela transmissão de aerossol, também foram estudados.

Foi observado que ser infectado em ambientes fechados é 20 vezes mais provável do que ao ar livre, o que novamente só pode ser explicado pela transmissão de aerossol. A revista acadêmica de saúde The Lancet publicou recentemente um artigo que não deixa dúvidas quanto à importância da via de transmissão por aerossóis.

Sabe-se que as pessoas infectadas são principalmente contagiosas antes de apresentarem sintomas (pré-sintomáticos) ou quando sequer apresentam sintomas (assintomáticos). Assim, é impossível, na ausência de testes com diagnóstico imediato, confiáveis ​​e abundantes, saber quem é contagioso e quem não é. Portanto, é preciso agir como se todas as pessoas fossem. Temos que nos proteger continuamente.

A desinfecção de superfície faz sentido?

Por uma série de razões, as transmissões por superfície e por gotículas por muito tempo foram consideradas as principais formas de contágio, apesar da falta de evidências.

A transmissão por superfície ocorre quando uma pessoa toca uma superfície que contém vírus e, em seguida, toca seus olhos, nariz ou boca. As gotas são grandes partículas emitidas ao falar, tossir ou espirrar, que podem atingem os olhos, entrar no nariz ou na boca de outra pessoa. Por esse motivo, as medidas adotadas se concentraram principalmente na desinfecção de superfícies e na proteção contra gotas (distanciamento ou barreiras físicas).

Mas a realidade é que a principal transmissão é por aerossóis, também em curtas distâncias. Os Ministérios da Ciência e da Saúde da Espanha publicaram relatórios sobre a transmissão de aerossóis no final de 2020, embora as conclusões não tenham se refletido muito nas medidas aplicadas desde então.

Atividades ao ar livre devem ser promovidas. Isso implica facilitar o uso de parques e jardins e ficar de olho em ‘falsos ambientes externos’, como terraços fechados

É preciso mudar a estratégia. A descoberta da transmissão via aerossol do SARS-CoV-2 não é uma má notícia. O SARS-CoV-2 foi transmitido dessa forma desde o início da pandemia.

Ignorar isso nos levou a direcionar esforços erroneamente. Saber qual é a principal forma de transmissão do covid-19 é nossa melhor ferramenta para evitá-lo.

Vários artigos científicos refletem isso. A própria revista Nature, em seu editorial de fevereiro de 2021, pediu mudanças: “O coronavírus está no ar: há muita ênfase nas superfícies”.

Temos que fazer isso agora. Como? Mais de 100 cientistas espanhóis identificaram oito pontos-chave para acabar com a pandemia. É um consenso alcançado entre várias áreas do conhecimento como virologia, engenharia, ciências ambientais ou medicina. São explicados numa carta, promovida pelo grupo Aireamos, dirigida às autoridades competentes na Espanha, centrais e regionais.

Medidas prioritárias

1. As máscaras de uso geral precisam ser eficazes. É preciso identificar e retirar do mercado as que não o são e enfatizar a necessidade de um bom encaixe no rosto. Uma máscara mal ajustada (com lacunas entre a borda da máscara e o rosto) pode ter sua eficácia cortada pela metade. Em interiores compartilhados, incluindo, é claro, locais de trabalho, ela deve ser sempre usada, independentemente da distância entre as pessoas.

2. Atividades ao ar livre devem ser promovidas. Isso implica facilitar o uso de parques e jardins e ficar de olho em ‘falsos ambientes externos’, como terraços fechados.

3. Os espaços internos devem ser ventilados com ar externo contínua e suficientemente, usando ventilação natural ou mecânica. Na analogia da piscina, isso significa adicionar água limpa à nossa piscina de forma contínua, e gradualmente retirando a água colorida. Quanto? O suficiente para que a piscina nunca fique muito escura, apesar de a fonte com água colorida não parar.

Os critérios devem ser claramente definidos. Até a OMS publicou recomendações sobre ventilação, embora ainda não explique claramente como ocorrem as infecções.

Os espaços internos devem ser ventilados com ar externo contínua e suficientemente, usando ventilação natural ou mecânica

4. O CO₂ interno deve ser medido para verificar a ventilação adequada. O CO₂ é emitido junto com os aerossóis quando respiramos, então é um bom indicador da quantidade de ar usado em um local. É a melhor solução atualmente disponível para indicar o risco de contágio.

5. É preciso que se informe sobre a eficácia e os riscos potenciais de várias tecnologias de purificação do ar. A filtragem (filtros conhecidos como HEPA) é a tecnologia preferida para remover aerossóis respiratórios com eficácia.

6. Atenção especial deve ser dada aos centros educacionais, como escolas e universidades. São espaços com características que propiciam eventos de super contágio: muitas pessoas, muitas horas por dia e às vezes pouca ventilação.

Os centros educacionais são espaços com características que promovem eventos de super contágio

7. Devem ser desenvolvidos e aplicados critérios, procedimentos e regulamentos claros e eficazes para reduzir o risco de contágio. O primeiro pode ser um limite de 700-800 ppm de CO₂ em interiores compartilhados (até 1000 ppm se houver filtragem suficiente).

8. Informação de qualidade é a melhor defesa. São necessárias mensagens claras sobre como o vírus é transmitido e como nos proteger. É fundamental que a população entenda a lógica das regras para adotar o comportamento ideal em cada situação.

Não é difícil. Vamos fazer isso.

*Este artigo apareceu originalmente em The Conversation. Você pode ler a versão original e ver os links para estudos científicos aqui.

María Cruz Minguillón é cientista titular do Instituto de Diagnóstico Ambiental e Estudos da Água (IDAEA), do Conselho Superior de Pesquisa Científica da Espanha (CSIC).

Maria, preciso te contar sobre Bolsonaro, o fazedor de órfãos

Uma imagem de arquivo feita pelo premiado fotógrafo Lilo Clareto, que morreu em 21 de abril.LILO CLARETO / ACERVO PESSOAL
Por Eliane Brum/ElPais

Maria, você tem apenas 2 anos. Um, dois. E apenas esses dois anos separam seu nascimento da morte do seu pai. Lilo Clareto morreu em 21 de abril. A causa oficial da certidão de óbito é: “sepse grave, pneumonia associada à ventilação e covid (tardia)”. Mas essa é apenas a verdade parcial sobre a morte do seu pai. Eu olho para você, Maria, e me preparo para a conversa que um dia teremos, aquela em que precisarei contar a você a verdade inteira.

Maria, seu pai foi vítima de extermínio. Seu pai é um dos mais de 410.000 brasileiros que tombaram por um crime contra a humanidade entre os anos de 2020 e 2021. Enquanto eu escrevo essa carta para você, os assassinatos seguem acontecendo a uma média de quase 2.400 cadáveres por dia. Eu olho para você, Maria, e você ainda diz, os olhos escancarados de expectativa, quando alguém faz barulho na porta da frente: “pa!”. E, então, decepcionada: “pa?”.

Não, Maria, seu pai não entrará mais pela porta da casa cantando e com as mãos estendidas para pegar você no colo. Enquanto escrevo essa carta para você, Maria, seu pai virou cinzas. Essas cinzas serão um dia jogadas na boca do Riozinho, lá onde esse rio, só pequeno no nome, encontra o Iriri, na Terra do Meio, na Amazônia.

Sei que mesmo que eu espere até você ficar muito mais velha, Maria, você não será capaz de entender por completo. Você já poderá compreender o pensamento de Davi Kopenawa, Sueli Carneiro e Paul Preciado, mas não terá como compreender o pensamento de um homem que, na maior crise sanitária da história do Brasil, trabalhou para disseminar um vírus que pode matar. E mata.

Não importa a idade que você tenha e os diplomas que acumular, Maria. Ainda assim não haverá como compreender um homem que estimulou as aglomerações quando os médicos pediam que a população ficasse em casa. Um homem que vetou a obrigatoriedade de uso de máscaras quando as populações da maioria dos países do mundo usava máscaras para se proteger da contaminação. Um homem que esbanjou dinheiro público com medicamentos comprovadamente sem eficácia contra uma doença fatal e mentiu para a população que eram eficazes. Um homem que chamou o que matou seu pai e quase meio milhão de brasileiras e brasileiros (até agora) de “gripezinha”. Um homem que recusou as vacinas contra essa doença que converteu você em órfã. Não, Maria, você não poderá entender esse homem em nenhuma circunstância.

Você olhará para mim com seus olhos escuros, suas pupilas negras, em busca de esclarecimento. Eu vou olhar para você e prometo fazer o possível para não baixar os olhos. Porque, Maria, eu não tenho resposta. Muitas teorias já foram feitas sobre genocidas como Adolf Hitler, Pol Pot e Slobodan Milosevic. Eu já li algumas delas. E muitas, tenho certeza, serão feitas sobre Jair Bolsonaro. E também se escreverá muito sobre as brasileiras e brasileiros que o sustentaram no poder. Primeiro com seu voto, depois com sua crença. Assim como tantos filmes e livros foram feitos e escritos sobre os alemães medianos que sustentaram, com sua ação ou omissão, o extermínio de 6 milhões de judeus, homossexuais, ciganos e pessoas com deficiência na Alemanha dos anos 1940. Pessoas que andavam entre nós, que conversavam amenidades na fila do pão e, de repente, olhamos para elas e as descobrimos salivando com a morte. Pediam não mais pão, mas mais armas.

O que é o mal, Maria? Nos debatemos com esse dilema desde sempre. Até viver horrores como esse apenas pelos livros, eu tinha muitas dúvidas sobre nomear o mal. Me parecia simples demais, fácil demais. Mas, hoje, Maria, depois do que tenho testemunhado com meu próprio corpo, preciso dizer que o mal existe. Bolsonaro é o mal, Maria. E Bolsonaro foi engendrado nesse mundo, nessa época histórica, por essa sociedade, por essa conjunção de genes e de acasos, por essas circunstâncias.

Bolsonaro tenta fazer o mal desde que o Brasil sabe de Bolsonaro. Ele era militar do Exército e já planejava colocar bombas nos quartéis. Por interesses de um grupo e de outro, quem deveria barrá-lo não o barrou. E, de impunidade em impunidade, o mal assumiu o poder. E, por isso, seu pai perdeu a vida e você ficou sem pai. Você, Maria, e dezenas de milhares de outras crianças. Quando eu finalmente for capaz de ter essa conversa com você, talvez sejam centenas de milhares de outras filhas e filhos sem pai ou sem mãe. Porque hoje, quando escrevo essa carta para você, Maria, o mal ainda governa o Brasil.

Vou interromper o mal para falar do seu pai. Do contrário, também eu não suporto, Maria. Algumas pessoas, com a melhor das intenções, eu sei, me dizem que era a hora do seu pai, que ele já tinha cumprido sua missão nesse plano. Eu afirmo, com toda convicção: não era a hora de o Lilo morrer. Ao contrário, continuava sendo a hora de o Lilo viver. Seu pai me contava, apenas algumas semanas antes, que apesar de toda a dureza de enfrentar uma pandemia, ele vivia um dos melhores momentos da sua vida. Porque ele vivia apaixonado por sua mãe e porque ele tinha você, Maria. E ele sonhava em ensinar a você tudo o que ele sabia.

Seu pai nem ficou sabendo, Maria, mas enquanto estava em coma induzido no hospital, ele foi aprovado para o curso de Letras na Universidade Federal do Pará. Ele queria mesmo fazer Arqueologia, porque tinha se apaixonado pelo trabalho dos arqueólogos numa expedição que fizemos juntos à Estação Ecológica, na Terra do Meio. Mas não existia essa opção em Altamira. Como seu pai era poeta, das luzes e também das palavras, ele escolheu o curso de Letras. Seu pai sabia dizer por inteiro A Máquina do Mundo, poema de seu conterrâneo Carlos Drummond de Andrade. E, sempre que dizia, seus olhos boiavam em água salgada. Para o seu pai, a máquina do mundo estava sempre se abrindo como o diafragma da câmera com que ele capturava a realidade como ele a via. Desde que você nasceu, Maria, era a realidade de você que ele convertia em imagem. Você e sua mãe eram, para ele, um mundo só bom.

Não, Maria, não acredite nem por um segundo que era hora de o seu pai morrer. Não era. Seu pai, como centenas de milhares de brasileiros, morreu porque Jair Bolsonaro e seu Governo executaram um plano de disseminação do novo coronavírus para, supostamente, alcançar o que chamam de “imunidade de rebanho”. Sim, Maria, como gado. “Alguns vão morrer, lamento, essa é a vida”, era assim que o presidente do Brasil falava.

O mundo inteiro e todos os epidemiologistas respeitáveis diziam o contrário. Afirmavam que era uma insanidade, além de imoral. Dois ministros da Saúde, médicos, abandonaram o governo por não suportar a ideia de ser cúmplices desse crime. Mas Bolsonaro preferiu acreditar nele mesmo, com sua experiência de quase 30 anos se reelegendo no parlamento sem propor nada de útil, porque supostamente não queria que a “economia” fosse prejudicada e, assim, seu projeto de reeleição.

É isso que a análise de mais de 3.000 normas federais, feitas por um grupo de juristas renomados da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, provou. Na sequência, outros estudos concluindo que uma parcela significativa das mortes por covid-19 teriam sido evitadas se Bolsonaro tivesse combatido a covid-19 foram divulgados em algumas das mais importantes publicações científicas do mundo. Pesquisas internacionais mostraram que o Brasil teve a pior atuação na pandemia entre todos os países do planeta.

No momento em que escrevo essa carta para você, Maria, as ações deliberadas e as omissões deliberadas de Bolsonaro e seu Governo provocaram e seguem provocando dezenas de milhares de mortes evitáveis. Como a do seu pai, Maria. No momento em que escrevo essa carta para você, as ações deliberadas e as omissões deliberadas de Bolsonaro e seu Governo gestaram dezenas de milhares de meninas e meninos órfãos, pequenas e pequenos brasileiros que terão que crescer e viver sem pai ou sem mãe. Como você, Maria.

Fatos & Fotos – 29/04/2021

Para embalar este fim de noite desta quinta-feira fiquem com Georges Moustaki & Zazie – “Le métèque”


Boa noite.
Poema
Eustáquio Gorgone

Vejo Minas, chove.
Há Cristos de lama nas igrejas
e fardas no cinema.
Vejo águas, Gerais.
Há cidades imersas nos rios,
peixes nos hotéis de luxo.
Vejo Minas Gerais.
Depois da soleira,
o vento é de mármore.
Além das minas,
os amantes são estrábicos.

Do livro: Minas, 1983


Catavaggio – Cristo Flagelado – detalhe


Da série: “Querido diário do Apocalipse”

  1. ‘Nunca ouve alguém tão focado na sua missão como o capitão. Parabéns presidente. Rumo ao Abismo.’
  2. Agora vai? Calos “Carluxo Bananinha” Bolsonaro perde foro privilegiado.
  3. O governo “esqueceu” que tinha 100 mil doses escondidas da vacina. Só lembrou depois que pegou mal a fala do ministro que reclamou da longevidade das pessoas. Entenderam?
  4. Que diabos de gororoba esse sujeito bebe?
    Delirante, ministro da (des)educação diz que “crianças não leem, mas sabem colocar camisinha”. É do carvalho!
  5. Uma CPI incomoda muita gente, duas CPIs incomodam muito mais!!! Vem aí a do Meio Ambiente/Crimes do Ministro Ricardo Salles. Vai ser interessante: terça e quinta, CPI do Genocídio. Segunda e quarta, CPI do Ecocídio.
  6. raduzir “take away e grab and go” parece difícil demais? O curioso caso de demência coletiva que levou muitos brasileiros a esquecer a expressão “para viagem”, que já estava na boca do povo antes da pandemia.
  7. Cansei de alertar: fumar alfafa estragada atrofia o único neurônio do nano presidente. O Vereador Federal, louvando as belezas do Brasil em um vídeo, citou:
    1. A Amazônia, que ele tá ajudando a destruir;
    2. A Antártida, que fica no extremo sul do planeta.
    Essa trajetória de excelência intelectual começou no Jardim de Infância Coelhinho Fascista.
  8. STF e Censo; sem nenhuma vênia considero a decisão do Ministro Marco Aurélio equivocada. O ocaso pataético de um magistrado.
    Ps. Operacionalmente a realização do censo nesse momento é absolutamente inviável.
  9. A chegada de uma 3ª onda da Covid no Brasil não é questão de “se”, mas de “quando”, de acordo com pesquisadores. Baixa vacinação e flexibilização das restrições são apontados cm fatores para novo pico no país, que tem mais de 70% da população suscetível a se contaminar pelo vírus. O Covidão esfrega as mãos.
  10. Como soi acontecer no (des)governo de estúpidos e farsantes, na surdina o governo prepara a criação de um novo imposto sobre transações financeiras feitas por aplicativos, de bancos, de lojas, entre outros. É a volta da CPMF.
  11. Bolsonaristas estão tentando tumultuar o meio de campo da CPI, mas Renan Calheiros já matou a bola no peito e botou no chão.
  12. Canalhas! Canalhas! Canalhas! Senadores governistas se mobilizam para evitar convocação de Wajngarten, pela CPI do Genocídio por atuação na compra de vacinas da Pfizer.
  13. O Brasil é um país “onde as vidas e as mortes de pessoas supostamente menos humanas parecem pouco importar”. Opinião de Ynaê Lopes dos Santos, Mestre e Doutora em História Social pela USP.

Alina Khrapchynska, Turung – s/d


Hoje, faz 30 anos sem o talento de Gonzaguinha e 4 anos que Belchior já não está mais por aqui. Dois gênios da nossa música. O legado deles é gigantesco.


Steampunk XXXIX


O movimento steampunk, misto de ficçãocientífica e arte, foi adotado p/ artistas no anos 80 e, a partir da “atmosfera” de “Blade Runner”.
Muito dos objetos desembocaram em peças que adornaram filmes como Mad Max e, Guerra nas Estrelas.
Quem quiser conhecer melhor o movimento “steampunk” há uma matéria no Boston Globe, que disserta sobre o movimento.


Ao meio do dia desta quinta-feira com Peggy Lee – Benny Goodman – Why Don’t You Do Right – Orch 1943


Olga Seminova
Um dia sem dançar é um dia perdido


“Importação da Sputnik V foi recusada por ‘precaução'”, diz gerente da Anvisa Gustavo Mendes.
Parece a mesma lógica usada pelo Bolsonaro no caso da cloroquina, mas com sinal invertido.
“Nós não podemos provar que replica, mas eles também não provaram que não replica.”
Falseabilidade foi pro espaço. Karl Popper se revira no túmulo.


No dia de hoje, mas em 1182, São Francisco de Assis (+03/10/1226) fundou a Ordem dos Franciscanos.

Pintura de Cândido Portinari.
São Francisco,1941
Óleo sobre tela
73,3 x 62 x 2 cm
MASP:Doação Assis Chateaubriand, 1947


Brasil da série:”sem humor não dá pra aguentar o tranco nesse hospício”
Bennet na Folha de S.Paulo


Cusco, Peru – Inti Raymi Festival
Foto de Sergio Pessolano


Design,Adereços,ÁfricaDesign,Adereços,África,Fotografias,Blog do Mesquita


Jesse Scales
Um dia sem dançar é um dia perdido


Ivan Shishkin
Coppice Noon,1872


Ivan Shishkin
The Sun lit Pines,1886


Qiao Yinan
Nanquim sobre papel arroz,1986



Vincent van Gogh,1853-1890 s/t s/d


 

Foto do dia -Tumblr


Château de Fontainebleau, França


Pinturas de Jan Davidszoon de Heem

Guirlande de fleurs et de fruits
avec le portrait de Guillaume III dOrange

Table daparat avec perroquets,1650

Eucharistie dans une guirlande, 1648

Vase de fleurs, 1645

Máscara Cerimonial
Costa do Marfim, África


Fotografia de Benoit Courti

Fatos & Fotos – 28/04/2021

Para embalar este fim de noite desta quarta-feira fiquem com Louis Armstrong – Basin Street Blues


Da série: “Querido diário do Apocalipse”

  1. Lembram de quando os liberais nos garantiam que Moro e Guedes seriam os freios democráticos do Bolsonaro?
  2. Revista Nature destaca ‘desastre completo’ do combate à pandemia no Brasil. Esgotamento de cientistas e desmandos de Bolsonaro viram reportagem na mais prestigiada publicação científica do mundo.
  3. Operadora de saúde Hapvida é multada em R$ 468 mil por forçar médicos a receitar cloroquina.
  4. Sabe a China que é agredida por Bolsonaro há anos? É o país da Coronavac que representa 84% das vacinas aplicadas no Brasil até agora.
  5. PGR agora mira em acordos internacionais da Lava-Jato. Deltan na alça de mira. Corregedora-geral do MPF mandou abrir sindicância para apurar procedimentos da força-tarefa.
  6. A Globo vai usar a CPI para construir Mandetta como vice de seu candidato indefinido.
  7. Não sei se vocês observaram, mas ontem o Brasil comprou briga com a Rússia e a China simultaneamente.
  8. Quando imaginaríamos que seríamos governados por figuras tão toscas – uns tipos terrivelmente fascistas – como Bolsonaro e Guedes? Nem nos nossos piores pesadelos, não é? Eu avisei, mas preferia ter errado em cada linha.
  9. TRF-4 revoga prisão preventiva de Eduardo Cunha.
  10. Logo logo, inventam o verbo homeoffiçar. “Estou homeoffiçando hoje”.
  11. Imprensa internacional destaca desgaste para Bolsonaro – o nano presidente e vereador federal – na CPI da Covid. A única coisa que o abilolado ex-sinistro das Alucinações Exterioresa, Arnesto – argh! – Araujo certou foi quando disse que seríamos os párias do mundo.
  12. “Xépôco”! “Privatização dos Correios deve ocorrer em 2022, estima BNDES.
  13. Sem humor não dá! “Após defender isolamento social, Flávio Bolsonaro será contratado pelo Sensacionalista mas terá que devolver 20% do salário”
  14. Cansei de alertar: fumar alfafa estragada atrofia o único neurônio do nano presidente. O Vereador Federal, louvando as belezas do Brasil em um vídeo, citou:
    1. A Amazônia, que ele tá ajudando a destruir;
    2. A Antártida, que fica no extremo sul do planeta.
    Essa trajetória de excelência intelectual começou no Jardim de Infância Coelhinho Fascista.
  15. Quando o Ministro-Chefe da Casa Civil admite que tomou vacina escondido, a gente pode concluir que o discurso negacionista é oficial. A CPI tem que partir desse pressuposto. Não é de incompetência apenas que se trata.
  16. O mercado é um santo, né Guedes? Quem armou o Exército Nazista? Quem endeusou a figura de Hitler? Quem construiu os campos de concentração? Quem se beneficiou da mão-de-obra escrava?
  17. As revelações sobre o “cara da casa de vidro” deixaram o Brasil como?!
  18. Eu sei que todo “yuppie” e “startupeiro” que resolveu se aventurar na política a partir de 2013 acha-se o suprassumo da clarividência, a quintessência disruptiva da política nacional. A verdade é que vocês foram cavalgadura, queridos, montados, esporados e, agora, mandados pastar.
  19. Caro MBL, sua geração, de fato, fracassou miseravelmente, mas não porque a política tradicional está voltando a funcionar. O fracasso moral e político da sua geração deu-se quando vocês ofereceram o lombo para que o rebotalho da política nacional galopasse rumo o Planalto.
  20. Um afirma que a China inventou o vírus, o outro confessa que tomou vacina escondido. Parece piada, mas é o alto escalão do Governo Federal.

Michael Collins, astronauta da Apollo 11, morre aos 90 Collins. Conhecido como o ‘astronauta esquecido’, manteve o módulo de comando voando enquanto Neil Armstrong e Buzz Aldrin caminhavam na lua.
Michael Collins, no centro, com Neil Armstrong, à esquerda, e Buzz Aldrin em maio de 1969. Armstrong tinha 82 anos quando morreu em 2012. Aldrin ainda está vivo e mora em Nova Jersey, aos 91. Fotografia: Arquivo Nasa / EPA

 


Magi Puig – s/t s/d


Grafiti – autor não identificado


Fotografia de Claire Mallet, Nu, s/d


Na hora do almoços fiquem com Mozart: Oboe Quartet


Quer conhecer o caráter de uma pessoa ? Pergunte de quem é a culpa da gestão da pandemia no Brasil. Se falar Governadores e STF, corre, e não olha pra trás.


Da série “Monalisas” – LXXX


Paulo Guedes

A moral pública de ministro Guedes é repleta de ressentimento. Já falou das trabalhadoras domésticas que iriam a Disney. Agora é sobre o desejo de vida longa. É, o povo comum quer vida e ócio. Quer ainda comida e trabalho. E o mais urgente: quer vacina.


O General-ministro – já conhecido como o escondidinho – que tomou vacina às escondidas me lembrou o conto “A igreja do diabo”, de Machado de Assis. Os fiéis da seita prometiam praticar o mal. Mas alguns fraquejavam e procuravam fazer a coisa certa. Só tinham que tomar cuidado para que ninguém soubesse. O “Bruxo do Cosme Velho” continua mais contemporâneo do que nunca!


Importante oração. Oremos com fervor.


Pintura de Russell Case, s/t s/d


Diário do Apocalipse

  1. Paulo Guedes falou indignado que todo mundo quer viver 100 anos. Para ele, esse desejo não pode existir porque a economia vai quebrar com tanta gente idosa. Que sistema é esse que prefere que pessoas morram no lugar de cuidar delas?
  2. Paulo Guedes falou indignado que todo mundo quer viver 100 anos. Para ele, esse desejo não pode existir porque a economia vai quebrar com tanta gente idosa. Que sistema é esse que prefere que pessoas morram no lugar de cuidar delas?
  3. O Brasil não tem um governo. O que há em Brasília é um bando de arruaceiros incompetentes. Pensem assim: é como se os bagunceiros do fundão assumissem a direção da escola.
  4. “Que gente é essa?”, diz Míriam Leitão sobre o chefe da Casa Civil, general Luiz Ramos, e o sinistro Paulo Guedes. Essa é fácil de responder “madame”; é essa que você ajudou a colocar no poder quando festejou e blindou o corrupto e venal Sergio Moro. É essa gente que você ajuda a manter no poder quando defende com unhas e dentes o Teto de #Gastos. Foram estes monstros que você alimentou enquanto demonizava a esquerda. Desenho?

Bruce Chapin – The Philosopher
Escultura em madeira


No dia de hoje, mas em 1908 nascia Oskar Schindler, industrial alemão que salvou da morte pelos nazista 1.100 judeus. Morreu em 9 de outubro de 1974. Sua história foi retratata em um filmeA Lista de Schindler – com Liam Neeson, Ben Kingsley e Ralph Fiennes. Schindler era um sujeito oportunista, sedutor, “armador”, simpático, comerciante no mercado negro, mas, acima de tudo, um homem que se relacionava muito bem com o regime nazista, tanto que era membro do próprio Partido Nazista (o que não o impediu de ser preso algumas vezes, mas sempre o libertavam rapidamente, em razão dos seus contatos). No entanto, apesar dos seus defeitos, ele amava o ser humano e assim fez o impossível, a ponto de perder a sua fortuna mas conseguir salvar mais de mil judeus dos campos de concentração.
Dirigido por Steven Spielberg o foi filme vencedor do #Oscar de melhor ator – Lian Nelson – filme, diretor, ator coadjuvante, direção de arte, fotografia, roteiro adaptado, montagem e trilha sonora em 1994.


Escultura de Thomas Houseago



Encantando essa manhã de quarta-feira com Sunshine – Avalon Jazz Band


Foto do dia -Tumblr


Um afirma que a China inventou o vírus, o outro confessa que tomou vacina escondido.
Parece piada, mas é o alto escalão do Governo Federal.

Fatos & Fotos – 27/04/2021

Para embalar este fim de noite desta terça-feira com Charles Aznavour e Willie Nelson “Yesterday When Was Young”


Isaac Israëls (1865-1934) s/t s/d

 


Diário do apocalipse:

  1. Uma semana a gente vibra com o Gilmar Mendes no STF e na outra com o Renan Calheiros no Senado… sei lá viu, ta tudo bagunçado hahaha.
  2. Quando você se achar a pessoa mais burra do mundo, lembre do Bolsonaro, que fez uma lista dos próprios crimes e se tornou réu confesso.
  3. Ficaremos surpresos se no final da CPI da Covid no relatório constar que o genocídio no Brasil foi planejado? Não né?
  4. A Miriam Leitão criticava a economia nos governos Lula e Dilma, elogia o ministro ogro Paulo Guedes e idolatra o ex-juiz ladrão Sérgio Moro. Pensa num dedo podre.
  5. Bolsonaro negligenciou a pandemia que se instalara no Brasil no início de 2020 e persiste até hoje. O mesmo, afirmava ser apenas uma gripezinha, desprezou o uso de máscara e por várias vezes estimulou as aglomerações. Bolsonaro precisa ser responsabilizado.
  6. Guedes critica: “todo mundo quer viver até os 100 anos”. Fique à vontade, Guedes. Vc não precisa querer. Só pare de tirar esse direito de todos os outros brasileiros e brasileiras. Sem noção.
  7. A mídia interessadíssima no celular da mãe do Henry, e nenhum interesse no celular do Adriano, amigo do homem da casa de vidro.
  8. Ainda bem que a Anvisa barrou a Sputnik neste momento de super safra de vacinas no país. Além disso, o Gamaleya é um instituto altamente suspeito. Foi lá que Albert Sabin, de mulher brasileira, registrou a vacina contra poliomielite. Foi desenvolvida lá a que erradicou o ebola.
  9. Do ministro Paulo Guedes, hoje: 1) “O chinês inventou o vírus”. 2) “Vacina deles é menos efetiva que a dos americanos.” 3) “Nós do governo não teremos capacidade de cuidar da saúde do povo”. O Brasil nas mãos de mentirosos, preconceituosos e incompetentes.
  10. O responsável pela economia – Paulo Guedes – brasileira acusa o principal parceiro comercial do país de “inventar o vírus”Depois das declarações do energúmeno Paulo Jegues cooperações sino-brasileiras vão reduzir-se a um pedido de perdão ajoelhado do Nefasto de Brasilia.
  11. Bateu o desespero! Flávio Bolsonaro agora defende o trabalho remoto e o isolamento social. O que uma CPI não faz…
  12. Gente comprando a briga da Anvisa porque ela é formada por pessoal “técnico e concursado”. Eu me pergunto se isso significa alguma coisa num governo que se caracteriza pela falta de transparência e de respeito ao cidadão.

Da série “Monalisas” – LXXIX


Pra não esquecer nunca! Mas nunca mesmo! No dia de hoje, mas em 1940 começa a construção do campo de concentração de Auschwitz.


Jan Davidszoon de Heem
Table d’aparat avec perroquets,1650


Dale Nichols,American,1904-1995,
Road to Adventure,1940.


Escândalos sobre Samuel Klein e Bolsonaro da “Casa de Vidro” são ignorados pela grande mídia.
Porquê?


Os generais Heleno, Braga Netto, Ramos, Azevedo e Silva e Pujol precisam explicar como um sujeito que não sabia o que era o SUS se tornou ministro da Saúde



O mesmo que sair “pelado” pra ir comprar cueca. São irrecuperáveis! Como foi aprovado no Mobral?



Encantando essa manhã de terça-feira com Duke Ellington & Johnny Hodges – Passion Flower


Queridos vacinados e vacinados, a ciência é maravilhosa, mas já avisou q não vacilem, não se sintam livres das medidas de segurança pós vacina! É possível sim, se infectar após primeira dose e também segunda! Não durmam no ponto!Tenho casos próximos!A saída é vacina e vigilância!


Foto do dia
Fotografia de Trevor Grimshaw


Mourão diz que o Exército não pode ser julgado pela atuação de Pazuello na pandemia. Entenderam, né? Um general da ativa do exército, que ganhou um cargo por ser do exército, não é do exército…


Ilustrando o futurista George Orwell.
“Tudo menos o trabalho era proibido: andar na rua, divertir-se, cantar, dançar, encontrar-se,
tudo foi proibido”


Em 2018, o Brasil elegeu um cara do submundo do crime do Rio de Janeiro. É se como tivesse elegido o Marcola, que talvez fosse um presidente melhor do que Bolsonaro. Pelo menos no manejo da lógica.

Fatos & Fotos – 26/04/2021

Para embalar este fim de noite desta segunda-feira fiquem com a divina Billie Holiday e o não menos genial Louis Armstrong – New Orleans


Pra nunca esquecer!Nunca! No dia de hoje, mas em 1933 Hermann Goering, Ministro do Interior da Prússia, cria a Gestapo, sigla alemã para Geheime Staatspolizei – sonho de consumo de muitos genocidas milicianos com Casa de Vidro – que significa “Polícia Secreta do Estado”. (Foto: sede da Gestapo, Prinz-Albrecht-Straße em Berlim)


Escândalos sobre Samuel Klein e Bolsonaro da “casa de vidro” são ignorados pela grande mídia.


A Bacia do Xingu, região muito importante para a regulação do clima e chuvas na América do Sul, está ameaçada pelo desmatamento. A faixa de floresta que forma um corredor verde tornou-se um dos epicentros da destruição intensificada durante o governo Bolsonaro


Fernand Toussaint s/d s/t


Paul Rafferty – s/t s/d


 …enquanto isso na República dos Horrores… Impressionante né? Uma revelação substancial, que aponta para uma possível ligação do chefe do Poder Executivo com o crime organizado do Rio de Janeiro não está na capa de nenhum dos grandes jornais do Brasil. Todo mundo fazendo cálculo em cima das “reformas” e privatizações.


Pablo Picasso,Sylvette, 1954


Eom YounSook, Coreia s/t s/d


Conheça a lista dos 23 ítens que assombram o (Des)governo do vereador federal e nano presidente bolsonaro na CPI da Covid:
1-O Governo foi negligente com processo de aquisição e desacreditou a eficácia da Coronavac (que atualmente se encontra no PNI – Programa Nacional de Imunização;
2-O Governo minimizou a gravidade da pandemia (negacionismo);
3-O Governo não incentivou a adoção de medidas restritivas;
4-O Governo promoveu tratamento precoce sem evidências científicas comprovadas;
5-O Governo retardou e negligenciou o enfrentamento à crise no Amazonas;
6-O Governo não promoveu campanhas de prevenção à covid;
7-O Governo não coordenou o enfrentamento à pandemia em âmbito nacional;
8-O Governo entregou a gestão do Ministério da Saúde, durante a crise, a gestores não especializados (militarização do MS);
9-O Governo demorou a pagar o auxílio-emergencial;
10-#Ineficácia do PRONAMPE – programa de crédito;
11-O Governo politizou a pandemia;
12-O Governo falhou na implementação da testagem – deixou vencer os testes;
13-Falta de insumos diversos – kit intubação;
14-Atraso no repasse de recursos para os Estados destinados à #habilitação de leitos de UTI;
15-Genocídio de indígenas;
16-O Governo atrasou na instalação do Comitê de Combate à covid;
17-O Governo não foi transparente e nem elaborou um Plano de Comunicação de enfrentamento à covid;
18-O Governo não cumpriu as auditorias do TCU durante a pandemia;
19-Brasil se tornou o epicentro da pandemia e ‘covidário’ de novas cepas pela inação do Governo;
20-General Pazuello, General Braga Netto e diversos militares não apresentaram diretrizes estratégicas para o combate à covid;
21-O Presidente Bolsonaro pressionou Mandetta e Teich para obrigá-los a defender o uso da Hidroxicloroquina;
22-O Governo Federal recusou 70 milhões de doses da vacina da Pfizer;
23-O Governo Federal fabricou e disseminou fake news sobre a pandemia por intermédio do seu gabinete do ódio.
Necropolítica é soda, né não?


Winslow Homer s/t s/d
*Boston, USA 24 de fevereiro de 1836 +Prouts Neck, 29 de setembro de 1910


Julia Moskalenko – National Ballet of Ukraine
Don Quixote – Fotografia de Jack Devant


Ressuscitada pelo nano presidente Bolsonaro, rodovia ameaça região de maior biodiversidade do Brasil. Dois projetos de lei preveem a construção de rodovia que dividiria parque em dois e a privatização do território, abrindo caminho ao desmate, ao gado e à extração mineral.


Jean Alaux (1786–1864)
L’Atelier d’Ingres in Rome,1818

 


…e lá se vão mais empregos. Penhorados agradeçamos ao nano presidente Jair Bolsonaro e sua nacropolítiva de mandar à Covid às calendas.
“Com agravamento da pandemia, investidores estrangeiros retiram US$ 2,1 bilhões do Brasil em março”. UOL


Hoje o único compromisso do Vereador Federal Jair Bolsonaro será inaugurar 22km – uma obra com dimensões capaz de humilhar à Muralha da China, né não? – de asfalto em uma rodovia, por 45 minutos. Um “trabalho” – hahahaha – estafante.


No dia de hoje, mas em 1937, aconteceu o bombardeio da cidade basca espanhola de Guernica, então nas mãos dos republicanos, pela força aérea ítalo-alemã e, em particular, pela Legião Condor. A pintura “Guernica” de Pablo Picasso, retrata o horror desse bombardeio sobre a população civil.

O contexto histórico é essencial para interpretar esta obra. Na época da pintura, a Espanha vivia um conflito entre as forças Republicanas e os Nacionalistas, liderados pelo Ditador Genocida General Francisco Franco. Os Nacionalistas contaram com o apoio do exército #nazista e autorizaram o bombardeio de Guernica pelos alemães, como forma de testarem novas armas e táticas de guerra, que viriam a ser usadas mais tarde na Segunda Guerra Mundial.

Na obra Picasso optou por uma paleta de cores com o preto, cinza, branco e tons azulados, foram as cores utilizadas pelo artista, que servem para intensificar a sensação de drama causada pelo bombardeio.A escolha por uma paleta monocromática está relacionada às fotografias da guerra em preto e branco, veiculadas pelos jornais da época e que causaram grande impacto no artista.

Esta é uma obra cubista, incluindo figuras geometricamente decompostas. Usando uma atmosfera do absurdo, Picasso cria uma estrutura triangular no centro da tela através de linhas e formas. Guernica é uma pintura a óleo sobre tela de grandes dimensões, com 7.76 metros de comprimento e 3.49 metros de altura.

A obra, por determinação de Picasso, ficou décadas em NY e somente retornou à Espanha após a queda da ditadura de Franco. O quadro do Pablo Picasso veio para o Brasil em 1953 e foi o principal destaque da Segunda Bienal de Arte de São Paulo, realizada naquele ano.

A obra foi primeiro exibida no pavilhão espanhol durante a Exposição Internacional de Paris. Atualmente está exposta em Madri, no Museu Nacional de Arte Rainha Sofia.


Brasil da série:”Diário do apocalipse”
Anvisa pode decidir hoje sobre importação da Sputnik V – Reunião da Diretoria Colegiada, que tratará do assunto, está marcada para as…. 18h! Minha nossa!, isso é hora de uma reunião superimportante como essa? Essa reunião em qualquer empesa no mundo seria no mínimo às 10:00h da manha no máximo. É do carvalho!


No dia de hoje, mas em 1986 Explode o reator número 4 da usina nuclear de Chernobyl, o maior desastre da energia nuclear civil europeia. Uma nuvem radioativa, tóxica e cancerígena, se forma e começa a se espalhar em parte da Europa.



Inexplicável essa compulsão das empresas telemarketing, ligando para números fixos e móveis, com gravações que perguntam a quem atende se conhece fulano ou beltrano. Eu só encontro uma explicação: uma pressão para desistirmos do diálogo telefônico e optarmos apenas pelo Whatsapp, decisão que já tomei.


Encantando essa manhã de segunda-feira Tony Bennett e Ana Carolina The Very Thought Of You


Brasil da série: “Diário do Apocalipse” – Todo mundo sem teto. Pobre é pra sofrer. Bolsonaro zera verbas para Minha Casa Minha Vida e obras de 200 mil casas vão ser paralisadas. “Lasca” a indústria da construção civil – a atividade que mais gera empregos no Brasil, e tem a maior cadeia de suprimetos. Um prédio usa cerca de 30Mil produtos diferentes – e afunda a recuperação econômica.


Mais um dia normal em Pindorama: presidente ameaça usar Exército contra decisões lastreadas em acórdão do STF. Amanhã talvez seja dia de notas de repúdio. Mas domingo já vem gente dizendo que não tem perigo, ele moderou.


Foto do dia – Bouquet Ozatay


Cuba iniciou ontem a vacinação em massa de seu povo contra a Covid-19, com produção própria de Soberana e outras vacinas. Enquanto isso, Bolsonaro continua uma precária campanha nacional de Imunização dependente de vacinas e insumos importados, a passos de cágado.


Painel – Naga Ritual,Índia


O Lula criou Bolsa-família, Pró-UNI, FIES, Fome Zero, Minha Casa Minha Vida, Primeiro emprego, e mais uma caralhada de coisas e o Bolsonaro não consegue fazer um censo.


Etnia Yoruba Egungun, Nigéria, África
Trajes Típicos


Pela “enésima” vez, Bolsonaro deu declaração de teor golpista, prometendo botar o Exército para acabar com quarentenas. A ameaça não vai se concretizar, mas o mimimi reforça a facilidade com a qual a cúpula militar permite que ele trate as Forças Armadas como seus brinquedos.


Agora quando alguém quiser criticar a esquerda você responde assim: E o Moro? E a Lava Jato? E o Dallagnol?


Eu queria muito acreditar em inferno após a vida…eu queria muito que esses desgraçados que desviam dinheiro da saúde, pagassem na eternidade.


Ernst Hugo Lorenz-Murowana
Moonlight, Berlin s/d

Fatos & Fotos – 25/04/2021

Para embalar este fim de noite deste domingo Erik Satie: “Tendrement” – Valse chantée (original)


Boa noite.
Encontro
Marina Tzvietáieva

Vou chegar tarde ao encontro marcado,
cabelos já grisalhos. Sim, suponho
ter-me agarrado à primavera, enquanto
via você subir de sonho em sonho.

Vou carregar esse amargo – por largo
tempo e muitos lugares, de penedos
a praças (como Ofélia – sem lámurias)
por corpos e almas – e sem medos!

A mim, digo que viva; à terra, gire
com sangue no bosque e sangue corrente,
mesmo que o rosto de Ofélia me espie
por entre as relvas de cada corrente,

e, amorosa sedenta, encha a boca
de lodo – oh, haste de luz no metal!
Não chega este amor à altura do seu
amor … Então, enterre-me no céu!

Tradução de Décio Pignatari


Alfonso Savini,Mädchen portrait – s/d


O que restou de país decente não quer cancelar CPF de um presidente delinquente.Quer cancelar o mandato e responsabilizá-lo criminalmente pelo Programa Deixa Morrer, a política pública prioritária


Cerâmica de Nathalie Gauglin


Gasto do governo Bolsonaro com publicidade supera em mais de R$ 3 milhões o valor repassado por Michelle Bolsonaro a entidades. TCU investiga “prejuízo ao erário” em doação destinada à compra de testes da Covid que foi parar na conta do programa. Esse programa social deveria se chamar “Pátria publicitária” ao invés de“Pátria voluntária”. Afinal, foi gasto mais com publicidade do que com doações. A maior beneficiada foi a Record com R$ 1,38 milhão. Nesse governo tudo é uma vergonha,um fracasso, um horror!


Luiza Trajano: “Desigualdade social é um câncer para a sociedade”


Animando esse almoço deste domingo fiquem com C’est Magnifique –  Jonny Hepbir Quintet – UK & International Gypsy Jazz Band Hire


Idiota absoluto. Sem concorrentes. Patético! Na Folha:”Bolsonaro afirma que Exército pode ir para a rua acabar com ‘covardia de toque de recolher‘. Hã? Toque de recolher? Onde? E caso esteja quero ver o exército entrar em condomínios de bacanas para os obrigar a irem pra rua trabalhar. Que “poooooohhhhhaaaa” de alfafa esse #energúmeno anda pastando?


Estamos atirando no alvo errado, o fogo total tem que ser agora em quem segura os pedidos de impeachment
O presidente da Câmara dos Depufedem, depufede Arthur Lira é que deve ser tachado de Genocida agora.


Queimas de arquivo rondam a Casa de Vidro. Adriano e Orelha, homenageados pelo clã, estão mortos. O rastro do dinheiro irá falar?


László Mednyánszky,Cour en hiver s/d


O processo sobre o homem da Casa de Vidro vai ser enviado para a PGR e tudo será indevidamente engavetado.


A eleição de Bolsonaro deu amplitude a todo tipo de ódio.
Juntou racistas, homofóbicos, misóginos, xenófobos, corruptos, milicianos e bandidos de toda espécie.
Foi uma exposição sem volta, porque agora sabemos quem é quem e não vamos esquecer nunca.


Harald Giersing
Le Jugement de Paris,1909


Eastman Johnson
Interior of a Farm House in Maine,1865


No dia de hoje, mas em 1927 (+ 20/04/1994) nascia Albert Uderzo – Alberto Alesandro Uderzo – ,criador, juntamente com René Goscinny (+24/03/2020) do irrascível gaulês Asterix, que atazanou a vida das legiões romanas na Gália. A meu sentir, juntamente com Tin Tin e Charlie Brown, o que de melhor já se produziu em histórias de quadrinhos.


Desmatamento,Amazônia,Ambiente,Blog do Mesquita 03

Cúpula do Clima: Brasil precisa diminuir desmatamento da Amazônia ainda neste ano para não receber sanções.“Se o Brasil quiser deixar de ser o pária ambiental do planeta, não dá para ficar em cima do muro nem deixar para mudar de postura depois, para a COP-26”.O cientista Carlos Nobre defende que o grande potencial econômico da floresta é mantê-la em pé, mas que é preciso um forte combate ao crime organizado para zerar a degradação o quanto antes.


Louis Reckelbus s/t s/d


Design – Relógio
Designer: Andrea Ponti


No dia de hoje, mas em 1953 Francis Crick e James Dewey revelam a estrutura do DNA (ácido desoxirribonucléico) na revista científica “Nature”.



Encantando essa manhã de domingo com Tatiana Eva Marie & The Avalon Jazz Band – April in Paris


Foto do dia – Tumblr


Mais uma vez, Bolsonaro deu declaração de teor golpista, prometendo botar o Exército para acabar com quarentenas. A ameaça não vai se concretizar, mas o mimimi reforça a facilidade com a qual a cúpula militar permite que ele trate as Forças Armadas como seus brinquedos.


Laszlo Mednyanszky
Portes de Fer sur le Danube s/d


Bolsonaro segue aplicando a fórmula da sequência de declarações estapafúrdias para prender a atenção. Sua estratégia de manter a porteira aberta para sua base passar a boiada. Método da destruição.


Antonio Ortega Perez – s/t s/d

Fatos & Fotos – 24/04/2021

Para embalar este fim de noite deste sábado Erik Satie: “Tendrement” – Valse chantée (original)

https://youtu.be/c8r7AsdFg78


Classificar como polarização a disputa entre qualquer posição política comprometida com a democracia e o fascismo já era inaceitável em 2018, mas quase três anos e mais de 400 mil mortos depois é colaboracionismo.


Tamara de Lempicka
Girl with Pansies,1945


Para esse almoço de sábado, procês Benny Carter Sextet – That Old Black Magic


Michael Rakowitz – s/t s/d
American, born 1973


Cerâmica de Gertraud Möhwald


Pareidolia LVI

A palavra é originada do grego, “Para” significa “ao lado de” e “Eidolon” significa “imagem”. Assim, pareidolia é um #fenômeno #psicológico que faz com que reconheçamos padrões nas coisas… rostos, animais e formas nas nuvens.


Tamara Toumanova & Serge Lifar
Swan Lake, Sydney, 1939-1940
Fotografia de Max Dupain


László Mednyánszky
Colline au printemps,1903


A Nasa converteu dióxido de carbono em oxigênio puro e respirável no solo de Marte. É um feito inacreditável! Estamos tão engolfados pelos assuntos do dia a dia, não raro áridos, que coisas assim parecem banais.



Embalando esta manhã de sábado com Sunshine
Avalon Jazz Band 


Foto do dia – Flickr


As árvores de Van Gogh


O juiz “anti-corrupção” corrompeu a lei para ajudar a eleger e depois trabalhar num governo corrupto. A biografia de Sérgio Moro é o obituário da democracia brasileira.


Pra quem diz que lockdown por alguns dias quebraria o país, quanto vai custar aos cofres públicos as milhares de internações em enfermarias/UTIs e o tratamento de doenças que se agravaram porque milhares precisaram adiar o tratamento? O descontrole da pandemia, além de cruel, sai muito caro.


(Des)governo coerente, tenebroso e mortal. Genocídio planejado: Com “Deus acima de tudo”, Bíblia acima da Constituição, “homes schooling” e drogas mirabolantes recomendadas pelo presidente Bolsonaro, para que precisamos de cientistas pesquisadores?
No momento em que ciência se mostra mais valiosa, governo nega bolsa a trabalhos de mais de 2.500 pesquisadores, inclusive ligados à Covid. Cenário deixa muitos dos cérebros mais qualificados do país desempregados. Isso é insuportável! Até quando isso será suportável por nós?


 

Fatos & Fotos – 23/04/2021

Para embalar este fim de noite dessa sexta-feira com a ária Va, pensiero da Ópera Nabucco de Verdi


Auguste Herbin
El lugar Maubert en Paris,1907


Há alguns anos, eu tomaria como fanfarrão quem me dissesse que o ministro Luís Roberto Barroso se tornaria ídolo de certa direita. Mas foi, fato é fato, o que aconteceu.


Os bancos tiveram um lucro de 79 bilhões, em plena crise e ainda botaram na rua 13 mil bancários. Esse sistema não tem jeito mesmo. Só estatizando os bancos teremos um outro modelo economia a serviço das necessidades da população.


Moro é um criminoso que fraudou as eleições 2018 tirando o líder das pesquisas da urna para Bolsonaro ganhar as eleições.



Bolsonaro controla os gastos do país como se fosse a conta da padaria – “corta requeijão, tá caro”. Nao compra vacinas por causa de item contrato (não tem assessor jurídico?). Não faz Censo porque faltam 20 milhões. Só o que não passa pelo “pente fino” é o seu cartão corporativo.


Ruínas.
Florbela Espanca

Se é sempre Outono o rir das Primaveras,
Castelos, um a um, deixa-os cair…
Que a vida é um constante derruir
De palácios do Reino das Quimeras!

E deixa sobre as ruínas crescer heras,
Deixa-as beijar as pedras e florir!
Que a vida é um contínuo destruir
De palácios do Reino das Quimeras!

Deixa tombar meus rútilos castelos!
Tenho ainda mais sonhos para erguê-los
Mais alto do que as águias pelo ar!

Sonhos que tombam! Derrocada louca!
São como os beijos duma linda boca!
Sonhos!… Deixa-os tombar… Deixa-os tombar.


Bolsonaro joga Pazuello debaixo do trem da CPI. Também, quem mandou as Forças Armadas formarem a serviço desse capitão terrorista que foi afastado do exército por deficiência mental. Para sobreviver no poder, se preciso for, Bolsonaro arrastará ao lodo quantos mais forem necessários. Ou se dá um chega pra lá nesse projeto de Chaves ou o Brasil escorregará mais ainda ladeira abaixo.


Robert Kirkland Jamieson (1881 – 1950) The Roman Bridge at Lanark


No Brasil, nem tem mais um problema de classe, temos um problema de castas. As castas superiores não se pensam como parte de um país, mas como uma parte da divindade.


Doses de vacinas trocadas, kit intubação com bula em mandarim, povo sofrendo, perdendo pessoas queridas, um caos. E Bolsonaro fica impressionado porque só se fala em vacina. É um presidente débil, desumano, uma mancha na nossa história.


O ex-juiz ladrão fomentou o golpe contra Dilma, roubou a eleição de Lula, soltou uma delação fajuta contra Haddad, foi ministro do inominável, facilitou a entrega do pré-sal e destruiu 4,4 milhões de empregos. Existe corrupção maior?


Quando os veremos na cadeia? Nunca!


Deixaram um bando de Patricinhas e Mauricinhos ambiciosos, falsos moralistas e evangélicos picaretas, sob o comando do Sérgio Moro e bando, agora comprovadamente um juiz venal, agindo a mando de interesses estrangeiros.
O Resultado é esse: uma nação destruída, democracia em frangalhos, mortes, miséria.
A Lava Jato exterminou as maiores empreiteiras do Brasil.


Cuidado com discursos recheados de moralismo, que se utilizam da religião, da defesa do politicamente correto, da demagogia barata para iludir desavisados. Em geral eles se mostram.


Herman Richir (1866-1942),Nude s/d


No dia de hoje, mas em 1462 nascia o artista italiano Piero di Cosimo
Pintura: The Misfortunes of Silenus, 1500 w129.3 x h80.1 cm Óleo no painel. Fogg Art Museum, Harvard University, Cambridge. Silenus na mitologia grega é um deus rural, um dos seguidores de Baco, um velho bêbado gordo que ainda era sábio e tinha o dom da profecia.


Quem se humilha, morre. Quem luta, só corre o risco de morrer – ou viver com dignidade. Nem Victor Hugo, autor de Os Miseráveis, seria capaz de descrever a era Genocida. Dos que morrem de Covid ou fome. Ou de Covid e fome. Dos que multiplicam suas fortunas com os deserdados.


Mas não é possível! Hoje o dia já começou assim…socorro! Ministro da Saúde vai lançar protocolo para uso de medicamentos contra Covid-19, incluindo cloroquina, de ineficácia comprovada. É o Pazuello de bata branca. PQP! Também esperar o quê de quem trabalha nesse (des)Governo?


O cara de pau do Fabio Wajngarten – atual secretário executivo do Ministério das Comunicações e ex-chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social do Governo Bolsonaro está querendo livrar o Bolsonaro de responsabilidade e jogar a culpa toda nas costas do Pazuello pelo atraso das vacinas? Nada disso! Bora dividir isso ai.


Brasil da série: “sem humor não dá pra aguentar o tranco nesse hospício”


Sonho de consumo



Embalando esta manhã de sexta-feira com Judy Garland – Tony Bennett – I Left My Heart In San Francisco


Foto do dia – Fotografia de Anthony Asael


Você já percebeu que eles pararam de dizer “bandido bom é bandido morto”? Que ladrão tem que pegar cadeia, perpétua, e até matar como o bozo tanto gostava de dizer? Porque será que eles pararam de repetir isso? Alguma ideia?


O estranho caso de um povo que considera crime chamar alguém de fascista, mas acha que discurso fascista é liberdade de expressão e atitudes fascistas são atos democráticos


Claude Monet,(French, 1840-1926)
Path on the Island of Saint Martin Vétheuil, 1881


Voltamos ao tempo de comidas caras, carros velhos, gente passando fome, gente sem teto, pedintes nas ruas. O tempo em q havia apenas ricos e pobres. O que fizeram com esse país? Como destruíram tudo tão rápido? 20 anos em 5!


Da série “Monalisas” – LXXVI


Ricardo Salles é a expressão máxima do liberalismo miliciano. Quer destruir as instituições estatais, atua contra ONGs e sobretudo procura legalizar o que o bom senso, a ética e a lei tratam como crime. E quando controlado diz: eu defendo a livre empresa.


Egon Schiele,Standing Girl in a Blue Dress and Green Stockings,1913


Quem se humilha, morre. Quem luta, só corre o risco de morrer — ou viver com dignidade. Nem Victor Hugo, autor de Os Miseráveis, seria capaz de descrever a era Genocida. Dos que morrem de Covid ou fome. Ou de Covid e fome. Dos que multiplicam suas fortunas com os deserdados.