Isabella Nardoni não foi esganada afirma perito

O médico-legista George Sanguinetti – o mesmo do caso PC Farias – e que foi contratado pelo pai e a madastra da garota Isabella, dá entrevista coletiva agora à tarde em São Paulo e contesta os laudos periciais da polícia.

Afirma Sanguinetti que Isabella não foi esganada antes de ser atirada do apartamento de Alexandre, como afirma a perícia: “não há asfixia mecânica por esganadura sem marcas externas. Não há como. Não houve esta violência.”

Tendo como base esse laudo do médico-legista, os advogados de defesa do casal, pedirá à Justiça a anulação da perícia realizada pelo Instituto Médico Legal (IML) de São Paulo que incrimina o casal.