Literatura,Poesia,Cultura,Filosofia,Frases,Blog doMesquita 11

Marco Antonio Campos – Os poetas modernos

Os poetas modernos
Marco Antonio Campos

E o que ficou das experimentações,
da “grande estreia da modernidade”,
do “confronto com a página em branco”,
da pirueta rítmica e do
contra-ângulo da palavra,
de ultraístas e pássaros concretos,
de surrealizantes com sonhos de
náufrago em vez de terra firme,
quantos versos te revelaram um mundo,
quantos versos ficaram no teu coração,
diz-me, quantos versos ficaram no teu coração.