Tópicos do dia – 02/03/2012

08:13:17
Eliana Calmon critica os ‘juízes vagabundos’, mas não entra no mérito da vagabundagem na política

Indomável, em plena Comissão de Constituição e Justiça do Senado, a corregedora-nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, afirmou que é preciso expor as mazelas do Judiciário e punir juízes “vagabundos” para proteger os magistrados honestos que, ela ressaltou, são a maioria.

“Faço isso em prol da magistratura séria e decente e que não pode ser confundida com meia dúzia de vagabundos que estão infiltrados na magistratura”, disse na sessão da Comissão, que discutia a proposta de emenda constitucional que amplia e reforça os poderes correcionais do CNJ.

Educadamente, a ministra não se referiu à vagabundagem que assola a classe política (salvo as sempre citadas raras e honrosas exceções). Como não foi perguntada a respeito, a corregedora-chefe não fez comparações entre os três podres poderes (royalties para Caetano Veloso, como diz o Helio Fernandes).

Como se sabe, no ano passado, declarações da ministra de que a magistratura brasileira enfrentava “gravíssimos problemas de infiltração de bandidos, escondidos atrás da toga” geraram uma crise entre o Judiciário e o CNJ. Na ocasião, Eliana Calmon defendia o poder de o órgão investigar magistrados suspeitos de irregularidades. A crise até hoje perdura, embora o Supremo já tenha reconhecido determinados poderes do Conselho.

Na terça-feira, falando aos senadores, a ministra afirmou ser necessário retomar a investigação que começou a ser feita no ano passado nos tribunais de Justiça para coibir pagamentos elevados e suspeitos a desembargadores e servidores.

A investigação iniciada pelo CNJ no tribunal de Justiça de São Paulo e que seria estendida a outros 21 tribunais foi interrompida por uma liminar concedida no último dia do ano judiciário pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski. O processo hoje está sob relatoria do ministro Luiz Fux e não há prazo para que seja julgado.
Carlos Newton/Tribuna da Imprensa

10:16:55
Eleições. Aviso do Editor
Por favor, não me peçam apoio ou qualquer participação em eventos, e quaisquer tipos de manisfestações a favor, inclusive compartilhamentos – Facebook, Twitter, blogs, etc. –  em qualquer tipo de postagem referente a candidatura de quaisquer candidatos, de quaisquer partidos, a quaisquer cargos. Eu não voto. Só o farei quando:
1. For feita uma reforma política n o Brasil. Quer dizer, nunca!
2. For abolida a obrigatoriedade do voto, que é, a meu sentir, uma violência à democracia. Quer dizer, nunca!
3. For implantado o regime parlamentarista. Quer dizer, nunca!
4. For impantado o voto distrital. Quer dizer, nunca!

10:21:26
Ministro, ui!, Crivella, um multiplicador de peixes?
O Crivella – mais que um nome e uma rima, uma analogia mordaz – sobrinho do acionista da empresa Igreja Universal S/A irá mutiplicar os cargos para os peixões contumazes.
Aliás, o perigo não são os peixes, e sim os gatos.

10:22:01
Tirica. Prefeito do paulistério?
Agora, qual a diferença entre eleger Maluf, Collor, Calheiros, Sarney, Zé Dirceu… e Tiririca? Não mudará nada. O circo continuará sob o controle do sistema, que colocará no picadeiro o que for mais conveniente para o momento.
Ou alguém acredita que Lula foi eleito pela vontade do povo? Há, há, há!
Minha opinião, aliás, sintetizada em um “post” acima, é que a possível correção dessas distorções passa por uma reforma política – voto distrital, parlamentarismo… – que acredito, nunca virá, pois não interessa ao sistema vigente, implantado desde a revolução Francesa, quando Clero e Nobreza foram substituídos pelo capítal, sofismaticamente nominados de revolucionários. Jacobinos e demais membros da laia inclusos.

10:48:53
Deu no jornal:
“PSC entra na briga para tirar Trabalho do PDT”
Só pode ser gozação. Desde quando essa corja trabalha?

13:09:31
Empresa lança modem 4G para tablets com Windows 8
A empresa belga Option anunciou recentemente a produção de um módulo de modem 4G compatível com aparelhos móveis como tablets e notebooks.
O módulo possui o mesmo tamanho de modens 3G que atualmente equipam estes dispotivos móveis, segundo a Option. Ainda de acordo com a fabricante, o módulo possui ampla compatibilidade e suporte ao Windows 8, lançado nesta semana e desenvolvido especialmente para PCs e tablets.
Este módulo permitirá que os dispositivos móveis naveguem na internet em locais com cobertura de rede 4G. No Brasil, a única empresa que comercializa este serviço é a SKY.
Por Rafael Ferrer, de INFO Online


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Educação; a grana é quem desempata!

Educação; A grana é quem desempata!

A Câmara aprovou ontem projeto do senador Marcelo Crivella (PRB) que estabelece, em caso de empate nos vestibulares para universidades federais, que a vaga será do candidato com renda familiar mais baixa.

Pela proposta do senado os estudantes que comprovarem renda familiar mensal inferior a dez salários mínimos terão prioridade sobre os concorrentes, caso a pontuação dos candidatos seja a mesma. Se mais de um candidato empatado comprovar a renda familiar dentro do valor estipulado pelo projeto, a matrícula será destinada ao mais pobre.

Atualmente, os critérios de desempate variam de acordo com cada instituição pública de ensino. Crivella explicou que o critério social para o desempate tem como objetivo dar a mesma oportunidade de um ensino de qualidade aos alunos com rendas diferentes.

“Pobres e ricos são desiguais num contexto social capitalista, mas ambos, por princípio isonômico, devem ter igual direito de acesso ao ensino superior, mas em condições desiguais, especialmente quando prestado pelo poder público”.

Sem a corrupção endêmica, patrocinada por suas ex-celências, haveria dinheiro para garantir vagas aos dois.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Tópicos do dia – 16/12/2011

08:29:15
ABI e o ano Marighella
A Associação Brasileira de Imprensa vai propor que 2012 seja o Ano Marighella.
Ano Marighella? Jura?
Né gozação não? Ou falta do que fazer?

08:50:05
Alemanha controla a Europa. De novo!
Ah!, a história. Aquilo que Hitler não consegui, Ângela Merkell tirou de letra!
Saiu o marco, entrou o euro. Goela abaixo dos países europeus. Sem um tiro, SS ou Wehrmacht.
Os catatônico países do Velho Continente estão novamente de quatro ante às determinações e aos recursos do governo de Berlim.
Alemães mais satisfeitos do que quando as divisões panzer do Marechal Guderian invadiam as capitais do velho mundo durante a 2ª guerra mundial.
O velho Karl, O Marx, acertou novamente: “A história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa”.

09:34:49
Deputado Jair Bolsonaro argumenta contra a ‘Lei da Palmada’:
“Agressão já tem lei, não precisa de mais uma. Que moral o Estado tem para se meter na minha família?”
Nós os Tupiniquins poderemos dar palmadas nos políticos peraltas?

09:55:37
Educação; A grana é quem desempata!
A Câmara aprovou ontem projeto do senador Marcelo Crivella (PRB) que estabelece, em caso de empate nos vestibulares para universidades federais, que a vaga será do candidato com renda familiar mais baixa.
Sem a corrupção endêmica, patrocinada por suas ex-celências, haveria dinheiro para garantir vagas aos dois.

16:48:04
Ministros e polícia.
De Ruy Barbosa a Roberto Campos; de Oswaldo Aranha a Tancredo Neves; de Darcy Ribeiro a Mário Henrique Simonsen, entre outros, cargo de ministro sempre foi sinônimo de probidade e competência.
Na era petista virou caso de polícia.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

CPI da Petrobras; governo tempera mais uma pizza

Vai ao forno mais uma CPI.

Humor Cartuns Pizza CPI Petrobras

Apesar das resistências dos “cunpaêros”, a minoria conseguiu finalmente instalar a CPI da Petrobras no Senado Federal. Agora, ficaremos os Tupiniquins, sabedores que tipos de maracutaias jorram dos cofres da estatal mastodôntica.

Além do óleo saberemos que a lama jorra, também, da petrossauro, em forma de patrocínios, concorrências, no mínimo estranhas, salários astronômicos e “otras cositas mas”.

Por que o forno já está preparado para a pizza?

Simples assim!

Vejam só que gracinha, os “meninos” aprontaram. É praxe em CPIs que a presidência da comissão e a relatoria sejam ocupadas, cada uma, por representantes da situação e da oposição. Fazendo valor seu (dele) descaramento, o governo do apedeuta colocou cúmplices, desculpem correligionários, nos dois cargos.

Pasmem!

Uma CPI com o senador João Pedro (PT-AM) na presidência, e Romero Jucá de relator, só pode ser gozação, né? E de quebra, quebra? — com trocadilhos, por favor —, que tal Marcelo Crivella, o bispo, o bispo, como vice presidente?

Essa troupe, pelas norma regimentais, terá 180 dias para apurar tudo. Nem Zé Bêdêu, o derradeiro abestado crédulo da Praça do Ferreira, em Fortaleza, acredita que algo aconteça.

O risco da oposição é ter dado um tiro no pé. Afinal muita gente da oposição já sujou a mão no óleo da Petrobras. Caso comecem a pedir, como diria o imortal Odorico Paraguassu, os “patrasmente”, o bicho vai pegar. Tem muita coisa nas profundas da empresa, além do pré-sal.  Patrocínios para ONGs amigas no desgoverno de FHC, é somente uma das perfurações que podem ser feitas. Veremos, quando for apresentado um requerimento pedindo a quebra de sigilo da ONG criada por Ruth Cardoso, o que acontecerá. Ah, não esqueçamos que o genro de FHC foi presidente da estatal.

Quem deve ter “a d o r a d o” a criação da pizzaria é o marimbondo de fogo, o “esquecido” Saney. O soba do Maranhão e os beneficiários dos atos secretos vão servir ao povaréu pão e circo. E pizza. Naturalmente.

O editor