Dirceu condenado e Lula calado!

Esperar solidariedade do Lula é como esperar…

Penso que ao longo de sua (dele) trajetória, ficou claro que do agreste ao planalto o “cunpaeiro” só foi solidário consigo próprio.

Existem dois males nesse mundo que são imperdoáveis, a inveja e a ingratidão.
Lula poderá até vir a se pronunciar em solidariedade a seus companheiros de jornada.
Mas, a hora de fazê-lo, já terá passado.

José Mesquita – Editor.


Solidariedade imprescindível

Falta uma palavra. Se possível, um manifesto. Ao menos uma declaração de solidariedade a José Dirceu, mais até do que a José Genoíno e a Delúbio Soares.

Da parte de quem? Do Lula.

Afinal, sabendo ou não sabendo das lambanças do mensalão, trata-se de seu ex-chefe da Casa Civil, seu braço direito, comandante da primeira campanha e capitão do time.

Sem precisar avançar críticas ao Supremo Tribunal Federal, o ex-presidente está devendo um gesto de apoio a José Dirceu. Dizer que não assistiu à sessão do julgamento só piora as coisas.

Condenado a dez anos e dez meses de prisão, ainda se ignora quando a pena de José Dirceu começará a ser cumprida.

Pode não demorar muito, pode estender-se até meados do ano que vem, mas a hora dele ser amparado pelo ex-chefe é agora. Ou foi na noite de segunda-feira.

A alternativa do silêncio demonstrará o lado obscuro das relações humanas, tão comum entre nós desde que o mundo é mundo.[ad#Retangulo – Anuncios – Direita]

Importa menos, no caso, se José Dirceu é culpado e mereceu a condenação.

Não pode ser lançado pelo dono do barco como carga ao mar em meio à tempestade. Tem direito à solidariedade do primeiro-companheiro.
Carlos Chagas/Tribuna da Imprensa