Artes Plásticas – 04/07/2021

Leopold Schmutzler – La vendangeuse sd st


Natalia Gonchareva-1881-1962
Russian painter


Nicolas Colombel
Le Christ et la femme adultere,1682


Nicolas Colombel – Mars et Rhea,1694


Nurullah Berk – Utu Yapan Kadin,1950


Olaf Rude – Danish-1886-1957
Forest-Road sd


Paul Gauguin


Peter Ilsted – Danish 1861-1933
Reading Woman In A Shady Loggi


Stanislav Zhukovsky – Lake Moldino,1909

Tang Yau Hoong – Ilustrações

Quando um ilustrador é fascinado por determinado tema, geralmente passa isso para suas ilustrações, criando obras bastante peculiares.

É o caso do ilustrador e designer gráfico Tang Yau Hoong.

Ele conta que sempre foi fascinado pela luz, seu simbolismo e suas qualidades. E deixar isso bem claro em suas belas ilustrações que abordam essa temática.

As ilustrações fantásticas de Shaun Tan

Shaun Tan cresceu nos subúrbios do norte de Perth, na Austrália Ocidental.

Na escola, ele ficou conhecido como o ‘bom desenhista’, que em parte compensava ser sempre o garoto mais baixo de todas as classes. Formado pela Universidade de WA em 1995 com honras em Belas Artes e Literatura Inglesa, e atualmente trabalho como artista e autor em Melbourne.

Shaun começou a desenhar e pintar imagens para ficção científica e histórias de horror em revistas de pequeno porte quando adolescente, e desde então se tornou mais conhecido por livros ilustrados que tratam de assuntos sociais e históricos através de imagens oníricas.

Os Coelhos, A Árvore Vermelha, Contos do Subúrbio Exterior, Regras do Verão e o aclamado romance sem palavras The Arrival foram amplamente traduzidos e apreciados por leitores de todas as idades.

Shaun também trabalhou como designer de teatro, um artista conceitual de filmes de animação, incluindo WALL-E da Pixar, e dirigiu o curta-metragem vencedor do Oscar, The Lost Thing.

Em 2011, recebeu o premiado Astrid Lindgren Memorial Award, em homenagem a sua contribuição à literatura internacional infantil.