As ilustrações fantásticas de Shaun Tan

Shaun Tan cresceu nos subúrbios do norte de Perth, na Austrália Ocidental.

Na escola, ele ficou conhecido como o ‘bom desenhista’, que em parte compensava ser sempre o garoto mais baixo de todas as classes. Formado pela Universidade de WA em 1995 com honras em Belas Artes e Literatura Inglesa, e atualmente trabalho como artista e autor em Melbourne.

Shaun começou a desenhar e pintar imagens para ficção científica e histórias de horror em revistas de pequeno porte quando adolescente, e desde então se tornou mais conhecido por livros ilustrados que tratam de assuntos sociais e históricos através de imagens oníricas.

Os Coelhos, A Árvore Vermelha, Contos do Subúrbio Exterior, Regras do Verão e o aclamado romance sem palavras The Arrival foram amplamente traduzidos e apreciados por leitores de todas as idades.

Shaun também trabalhou como designer de teatro, um artista conceitual de filmes de animação, incluindo WALL-E da Pixar, e dirigiu o curta-metragem vencedor do Oscar, The Lost Thing.

Em 2011, recebeu o premiado Astrid Lindgren Memorial Award, em homenagem a sua contribuição à literatura internacional infantil.