Arte: Eduardo Flores, desenho e o positivismo destrutivo

Eduardo Flores também é conhecido como Bayo.
É desenhista auto didata e publicitário, trabalho sobre o imaginário coletivo. Diz readequar o real de acordo com a individualidade de cada pessoa. O objetivo de seu trabalho é denunciar a autodestruição causada pelo ego.
Suas gravuras frequentam as estruturas sociais, no que o aproxima tanto de Bansky, como das fotografias de Ben Heine.

Voices

 

Wave

 

Hells Door

[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Arte – Desenho – Eduardo Flores

Eduardo Flores, desenho e o positivismo destrutivo.

Eduardo Flores - The great escape


É desenhista auto didata e publicitário, trabalho sobre o imaginário coletivo. Diz readequar o real de acordo com a individualidade de cada pessoa. O objetivo de seu trabalho é denunciar a autodestruição causada pelo ego.
Suas gravuras frequentam as estruturas sociais, no que o aproxima tanto de Bansky, como das fotografias de Ben Heine. Eduardo Flores também é conhecido como Bayo.

 


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Arte: Eduardo Flores, desenho e o positivismo destrutivo

Eduardo Flores também é conhecido como Bayo.

É desenhista auto didata e publicitário, trabalho sobre o imaginário coletivo. Diz readequar o real de acordo com a individualidade de cada pessoa. O objetivo de seu trabalho é denunciar a autodestruição causada pelo ego.
Suas gravuras frequentam as estruturas sociais, no que o aproxima tanto de Bansky, como das fotografias de Ben Heine.

Eduardo Flores, "The Tea Pot"

[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]