Bell do Canadá é processada por atrasar acesso à internet

Olhe essa!
Aqui, na aldeia dos Tupiniquins, se o que está “pegando” com o desserviço da empresa canadense fosse aplicado, ia faltar borduna pra dar cacetadas financeiras nos provedores de acesso. As nossas conexões, exceto as raríssimas exceções de praxe, são tão “lépidas” quanto uma explanação do Senador Suplicy.

Claudia Rondon, do Plantão INFO

A Bell Canada Inc., empresa canadense de telefonia, é processada por reduzir a velocidade de acesso à internet.
A empresa com sede em Montreal admitiu estar usando em horários de picos o pacote de inspeção (DPI – sigla em inglês), tecnologia utilizada para reduzir a velocidade da internet em aplicativos como o BitTorrentMontreal.

De acordo com a empresa acusada pela “Union de Consommateur” (união dos consumidores, em tradução livre), a medida foi necessária para minimizar o congestionamento na rede devido ao elevado número de usuários.