A subversão dos blogs

A não ser com as pessoas se comunicando livremente dizendo, umas às outras, o que pensam e refletindo em conjunto sobre o que sabem não é possível empreender avanços desses que volta e meia são indispensáveis para se mudar, e sempre para melhor, o rumo da história.

Vendo que não poderia ficar limitado à comunicação verbal, o homem inventou a escrita em símbolos marcados em pedras. A informação em meio estático, que não se movia, precisava da fala de cada um que a lia para transformar-se em mensagem adiante.

A caligrafia depois, permitindo a reprodução dos textos, ainda que em quantidade bem limitada, fez com que a informação se movesse, mas como só alcançava a poucos era um privilégio e assim também fonte de poder.

O conhecimento não podia, e àquelas alturas nem deveria, chegar a todos.

A religião se assenhoreou dos calígrafos e copistas e de sua produção. A Bíblia, por exemplo, só era acessível ao Papa e a alguns iluminados cardeais. A sua interpretação escorria nas bulas papais, que se diluíam em ordenamentos verbais indiscutíveis entre o restante na hierarquia do clero.

E era tudo em latim, o que já restringia bastante o acesso ao conhecimento.

O Século XVI registra o primeiro impacto da grande revolução, a partir da qual as pessoas se movem conquistando mais liberdades e descobrindo mais direitos, melhorando assim o mundo em que vivemos.

Quem não já ouviu falar em Martinho Lutero?

Mas poucos sabem sobre Leão X.

Lutero foi o clérigo que não entendendo algumas lógicas das bulas papais resolveu questioná-las, primeiro escrevendo à mão diretamente ao Vaticano, onde passou a não ser bem visto.

Lutero não desistiu nos questionamentos, ele não queria romper, estava apenas querendo entender algumas lógicas das bulas papais, mas os hierarcas continuaram o subestimando.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

Leão X era o Papa, o Sumo Pontífice infalível, que não arredando de sua hermenêutica, não sabia que na Alemanha um ourives chamado Gutembergue acabara de inventar a imprensa, e que o primeiro livro saído de sua prensa foi exatamente a Bíblia.

MacLuhan diria que Gutemberg ao inventar a imprensa deu extensão ilimitada aos olhos e à fala da humanidade.

Claro que Lutero usou a nova invenção para dar maior alcance à difusão das suas ideias. Se não convenceu Leão X, mas atraiu para a sua lógica milhões e milhões de dissidentes do Vaticano.

O protestantismo, apesar das reações mais severas, ganhou corpo sendo considerado ainda hoje por muitos como um movimento moderno.

Sem a imprensa, a Reforma de Lutero não teria vencido.

Em termos numéricos não sei como Alvin Tofler classificaria essa onda.

Depois da imprensa, o código Morse, o telefone, o rádio, o cinema, a televisão, e agora a internet. Todos meios de comunicação, difundindo as mensagens, democratizando o conhecimento.

A produção e difusão da informação, enquanto privilegio de poucos, começa a se tornar acessível a muitos deixando, assim, de ser aquela inesgotável fonte de poder.

Manter um jornal em circulação ainda hoje não custa pouco dinheiro. Manter uma televisão funcionando custa muito dinheiro. Manter uma estação de radio no ar ainda custa algum dinheiro.

Tudo isso depende de patrocinadores, cada vez mais esses patrocínios são buscados no poder publico, e quando isso ocorre o resultado é uma aliança nefasta contra a verdade dos fatos, restando censura e manipulação política.

A sofisticação dos meios de comunicação e o encarecimento dos custos de produção, por conseqüência, tornaram ainda mais poderosos os donos dessas mídias na medida em que só eles conseguem manter suas engrenagens funcionando, em alianças, muitas delas espúrias, com o poder público.

O lucro que buscam é apenas o do capital político porque é com esse capital que, manipulando a verdade dos fatos, em redes de mentira única, apostando sempre na impunidade e no medo que impõem a muitos, seguram o poder estatal sem o qual não sobrevivem.

Em contraponto, começa agora a era da subversão dos blogs.

Blog, como explica Hugh Hewitt, é a contração da palavra inglesa weblog.

Log significa diário, aquele diário de bordo dos capitães dos navios ou dos comandantes dos aviões. Web é essa rede solta no espaço.

Lógico que nem todos os blogs têm emissões diárias, muitos ficam semanas no ar sem novidade alguma. Apesar da instantaneidade com que podem ser postados os textos, os blogs podem se distinguir quanto à periodicidade.

Há apenas 11 anos, portanto, em 1999, surgiu o primeiro blog. Calcula-se que mais de 5 milhões de blogs navegam hoje no cyber-espaço.

Hoje em dia qualquer um dentre nós para ser fotografo basta ter um celular e para ser editor de noticias ou de opinião basta ter um blog.

A tecnologia necessária para se manter um blog é grátis se comparado com a que os conglomerados de comunicação – jornais, rádio e TV precisam pagar.

No nosso caso, com 20 reais por ano podemos obter um domínio ponto com fora do Brasil, por exemplo, o que de algum modo resulta mais seguro. O resto, com qualquer note book você faz.

A amplificação dessa liberdade em guetos de atraso político e de pobrezas econômica e social, como no Estado onde vivemos, ainda depende muito da massificação das tecnologias de banda larga e de maior acesso popular ao computador.

Em parcerias com a iniciativa privada comprometida com o desenvolvimento, com envolvimento dos movimentos sociais e das entidades não governamentais será possível superar os obstáculos que ainda impedem que os blogs em sua função transformadora cheguem a qualquer hora à maioria das pessoas neste Estado.

Fora das nossas fronteiras já estamos sensibilizando simpatias e apoios à causa revolucionária, transformadora. A ferramenta eficaz nesse campo tem sido os blogs.

O blog é hoje a mídia que inspira maior confiança porque resulta da ação de pessoas que, bem intencionadas, não querem perder sua inocência, recusando-se à cumplicidade com os que conspurcam contra princípios morais e éticos, negando os fundamentos da República, impedindo os avanços da Democracia.

Nos blogs você confia. Pode discordar ou não, mas confia quando quer fazer um juízo de valor. O blogueiro é, por assim dizer, em regra, pessoa de pensamento independente.

(Tem as exceções, é verdade, naqueles que sendo empregados fazem de tudo, e ate se tornam craques em mentira, para não perderem o emprego.)

Mas no geral o blogueiro é um ser inocente, patriota, cidadão que, como a maioria do Povo, sonha por uma sociedade mais justa e progressista. Não usa disfarces e assume, corajosamente, em suas tendências.

Na língua portuguesa há a palavra – subversão, por conta da qual muita gente penou, inclusive eu, sob a ditadura militar ao ser tachado de subversivo.

Segundo o Dicionário Houaiss, subversivo é aquele que prega ou executa atos visando à transformação ou derrubada da ordem estabelecida.

O que nós pregamos e o que queremos?

Queremos derrubar pelos meios pacíficos disponíveis o anacronismo político que por décadas seguidas nos impõem o atraso social e econômico através de modelos arcaicos de administração.

Neste contexto, somos, sim, subversivos. Neste contexto, o blog é um indispensável instrumento à luta subversiva!

Vamos acelerar a subversão.
por Edson Vidigal
(Palestra no II Encontro dos Blogueiros do Maranhão, em Pinheiros.

Tópicos do dia – 13/01/2012

08:53:47
Michelle Obama lança conta no Twitter
A primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, se cadastrou no Twitter nesta quinta (12). O perfil será gerido pelos funcionários da campanha de reeleição do presidente Barack Obama, explicou a própria equipe no microblog. Em menos de quatro horas, Michelle já tinha 75 seguidores. A chegada dela à rede social, no entanto, virou motivo de piada entre usuários do Twitter.
“Olá a todos e obrigada pela calorosa recepção. Estou ansiosa para entrar em contato com vocês por aqui”, escreveu ela em seu primeiro post autoral. Como o objetivo da conta é aumentar o contato com simpatizantes e possíveis eleitores do presidente Obama, os posts assinados pela primeira-dama terão no final a assinatura “mo” (de Michelle Obama”).

10:37:17
O Brasil e o problema da imigração haitiana.
Mandem Caetano e Gil resolverem. Foram eles que cantaram “o Haiti é aqui”!

10:48:43
Dra. Lúcia, “o pavio mais curto” da sexologia, atendendo ouvinte em seu programa de rádio:
Ouvinte: – Bom dia Dra. Lúcia! Aqui é a Geisy e eu queria saber porque a fantasia dos homens é transar com nossa melhor amiga?
Drª.Lúcia: – Nada disso! A fantasia deles é transar com sua irmã mais nova, ou a mais velha, ou a do meio, ou a sua prima. A melhor amiga também, ou qualquer outra amiga…

11:01:18
Drogas, Cracolandia, Defensoria Pública e o direito de ir e vir
Parafraseando o Bardo da Albion: há algo de torto – ou gauche, como disse Drummond – na Taba dos Tupiniquins!
Senão, olhem essa:
Defensores Públicos, nobre atividade – são membros do Ministério Público, pagos com o dinheiro do povo, para fazer a defesa judicial dos que não podem pagar advogados – decidiram intervir na atuação do Estado na Cracolândia, em São Paulo, para garantir o “direito de ir e vir dos viciados”!

11:30:22
O ministro Bezerra, seu filho, seu tio, seu irmão, o sogro do seu filho e o tio da mulher do filho…
Por Luciana Marques, na VEJA Online:
“Quem ama cuida” diz o ditado popular, que poderia ter sido inspirado no ‘amoroso’ ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. Ao assumir a pasta, ele não se esqueceu dos mais próximos. Pensou no filho, no tio, no irmão, no sogro do filho e até no tio da mulher do filho. Juntos, os personagens quase completam um álbum de família. Entre as acusações que pesam contra Bezerra estão o nepotismo, já que diversos parentes do ministro ocupam cargos públicos. O titular da Integração também é acusado de favorecer o filho, que é deputado federal, na liberação de recursos alocados por meio de emendas parlamentares.

O artigo 37 da Constituição Federal de 1988 elenca os princípios que devem nortear a administração pública: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. Uma súmula aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2008 proíbe a contratação de parentes de autoridades para cargos de confiança, de comissão e de função gratificada no serviço público.

Comissão de Ética
As regras de conduta estabelecidas pela Comissão de Ética Pública da Presidência também desautorizam o nepotismo: “Em nenhuma hipótese pode o agente público nomear, indicar ou influenciar, direta ou indiretamente, em entidade pública ou em entidade privada com a qual mantenha relação institucional, direta ou indiretamente, na contratação de parente consanguíneo ou por afinidade, até o quarto grau, ou de pessoa com a qual mantenha laços de compadrio, para emprego ou função, pública ou privada”.

Embora negue que sua atuação vá de encontro às normas citadas, Bezerra cedo ou tarde terá de se explicar. A Comissão de Ética Pública da Presidência tem o poder de avaliar cada caso. Espera-se que na próxima reunião do grupo, marcada para o dia 13 de fevereiro, o assunto não seja ignorado. A conferir.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Tuitar e blogar viram verbetes no Dicionário Aurélio

Aurélio ganha nova versão com verbos como ‘tuitar’ e ‘blogar’

Edição inclui ainda verbetes como ‘blue tooth, ‘nerd’, ‘e-book’ e ‘tablets’.

Dicionário ‘aportuguesa’ palavras como ‘bandeide’.

No ano do seu centenário, Aurélio Buarque de Hollanda ganha uma edição mais ‘tecnológica’ do dicionário que popularizou seu nome entre os brasileiros. Entre os novos verbetes, palavras do mundo digital como ‘e-book’, ‘tablets’, ‘pop-up’.

A língua portuguesa ganhou ainda novos verbos, como ‘tuitar’ e ‘blogar’, além de substantivos como ‘fotolog’, ‘blue tooth’, ‘blu-ray disc’ e ‘blu-ray player’. Com as mudanças, a edição chega ao mercado 6% maior do que a anterior. Segundo a editora são mais três mil palavras da escrita contemporânea.

Ricardão no Aurélio

E por escrita contemporânea leia-se expressões e palavras que já estão na boca do povo, mas não haviam encontrado ainda um lugar nos livros, como ‘ricardão, ‘ sex shop’, ‘botox’, ‘balada’, ‘nerd’, ‘test drive’, ‘bullying’ e ‘chef’.

Os ecológicos também ganharam espaço com ‘ecotáxi’, ‘ecobag’ e ‘ecojoia’. ‘Flex’, ‘chororô’, ‘chocólatra’ e ‘pré-sal’ são outras palavras que foram adicionadas ao dicionário. E ‘band-aid’ foi ‘aportuguesado’ para ‘bandeide’.

Baixatudo: download do Aurélio para iPhone

G1

Tavi Gevinson – Blogueira de 13 anos vira atração na semana de moda de NY

Blogueira-Tavi-Gevinson-ao-lado-do-designer-Yohji-Yamamoto-no-dia-13-de-setembro-semana-de-moda-de-Nova-York-Foto

Jovem que escreve sobre moda sentou-se na primeira fileira dos desfiles.
Para isso, ela teve de faltar nas aulas. Seu pai a acompanhou no evento.

Durante a semana de moda de Nova York, realizada neste mês, uma blogueira de 13 anos dividiu atenção com as estampas florais, as botas, Victoria Beckham e até Madonna. A responsável por todo esse alvoroço foi Tavi Gevinson, descrita em seu próprio blog como “uma pequena babaca de 13 anos, que fica em casa o dia todo, com jaquetas estranhas e lindos chapéus”.

Além de aparecer em diversas publicações, a jovem de Chicago tirou fotos de celebridades, apareceu ao lado de muitas delas e também ocupou a primeira fileira de desfiles disputados em Nova York. Atrás dela, conta o “Guardian”, sentaram-se muitas celebridades e editores de revistas de moda.

A publicação britânica conta que, no início, houve desconfianças sobre a autoria do conteúdo postado no blog: isso porque as informações tinham ares profissionais, assim como as análises de revistas. A jovem também postava suas próprias combinações, que pareciam bastante ousadas para alguém de sua idade.

[ad#Retangulo – Anuncios – Esquerda]A confirmação de que Tavi é a autora do blog veio em dezembro do ano passado, oito meses após a criação da página. Isso aconteceu quando a jovem foi procurada por Kate and Laura Mulleavy, as irmãs responsáveis pela marca Rodarte, que conheceram Tavi pessoalmente. Desde então, a blogueira tornou-se musa das irmãs e dos fãs de moda. “Ela faz com que a gente pense de uma forma diferente”, disse Kate, segundo o “Guardian”.

Para participar da semana de moda de Nova York, Tavi faltou na escola durante uma semana. Seu pai, que é professor, acompanhou a filha no evento e esperou do lado de fora das salas de desfiles. “Estou muito surpresa pela forma rápida como as coisas aconteceram”, disse a jovem. Segundo Tavis, apenas alguns colegas de classe entendem a maneira como ela se veste.

Veja mais sobre Tavi Gevinson em Moda com Estilo

Sarney dobra salário de acessor que é autor de blog

Conforme eu já havia comentado em posts anteriores, o censor chefe José Sarney mantém uma tropa de choque para atuar a seus (dele) favor. É um direito de expressão que ele cerceia a outros, como no caso da censura ao Estado de São Paulo que já vigora a quase 2 meses.

O editor

Sarney dobra salário de assessor blogueiro

Depois de se referir aos senadores que faziam oposição a Sarney como ‘patetas’ e ‘vermes golpistas’, assessor, que tinha salário de R$ 3,4 mil, recebeu aumento e agora vai ganhar R$ 7,4 mil

No auge da crise do Senado, o blogueiro Said Dib se referia aos senadores que faziam oposição ao presidente José Sarney (PMDB-AP) como “patetas” e “vermes golpistas”. Na época, ele era assessor de Sarney na Presidência da Casa com salário de R$ 3,4 mil. Passada a turbulência, com Sarney livre dos processos por quebra de decoro no Conselho de Ética, Dib teve seu salário mais do que duplicado: um despacho de Sarney, publicado ontem, elevou o salário do blogueiro para R$ 7,4 mil.

Dib, que se diz “assessor de imprensa de Sarney”, classifica, em seu blog pessoal na internet, parlamentares como Arthur Virgílio (PSDB-AM) e José Nery (PSDB-PA) de “vermes golpistas”. Na última quarta-feira, 16, repetiu as acusações. “Quero que eles me processem. São vermes porque estão contra a instituição Senado”. No blog, ele chama o senador Renato Casagrande (PSB-ES) de “pateta”. “É uma pateta mesmo, oportunista”, afirmou.

[ad#Retangulo – Anuncios – Esquerda]A estratégia de Sarney para promover Barbosa foi transferi-lo da Presidência do Senado para o Órgão Central de Execução e Coordenação, vinculado à Diretoria-Geral. É um setor que abrigou – por meio de atos secretos – apadrinhados de senadores e do ex-diretor-geral Agaciel Maia.

Dib é funcionário da Presidência do Senado desde 1º de fevereiro de 2003, quando Sarney assumiu o comando da Casa pela segunda vez. Segundo os registros eletrônicos do sistema de publicação, ele sempre foi lotado na presidência, inclusive no período de outros presidentes, como Renan Calheiros (PMDB-AL) e Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN).

Segundo funcionários, Dib nunca apareceu para trabalhar na presidência e, se mantiver as tarefas que vem exercendo a serviço de Sarney, não deve cumprir expediente na diretoria-geral. Além do blog pessoal, Dib cuida do site Amapá no Congresso, produzido diretamente do gabinete do Sarney com o objetivo de divulgar as atividades parlamentares do senador.

O servidor nega que a promoção salarial tenha ligação com a defesa ferrenha que vem fazendo do patrão. Ele considera baixo o salário que recebia até hoje, de R$ 3,4 mil. “Até quem vive de entregar coisas no Senado ganha isso”, disse. Na opinião dele, os ataques aos senadores não conflitam com seu cargo de funcionário da Casa. “Sou um cidadão, é algo particular, para me manifestar. O presidente Sarney é inocente de tudo.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Twitter – empresas de mídia tentam descobrir como ganhar dinheiro com o microblog

O assunto “Twitter” foi o tema principal das discussões no evento anual de mídia e tecnologia nos Estados Unidos, que reune os principais executivos das áreas de comunicações. O diretor-executivo do Twitter, Evan Williams, foi o mais assediado quando chegou para participar da 27ª conferência de mídia e tecnologia de Sun Valley na California.

Atual fenômeno da internet, o serviço de microblog Twitter ainda gera desconfiança entre os principais executivos de mídia. Reunidos desde quarta-feira (8) na 27ª conferência anual de mídia e tecnologia de Sun Valley, nos EUA, os chefões do setor de comunicação tentam descobrir como ganhar dinheiro com o serviço de mensagens on-line.

Dois participantes do painel dedicado exclusivamente ao Twitter, realizado nesta quinta-feira (9), o veterano executivo Barry Diller e o magnata da TV a cabo John Malone reiteraram seu ceticismo sobre o potencial lucrativo do serviço de microblog.

“Acho que é um grande serviço. Só não acho que é um meio de propaganda natural”, disse Diller, que lidera o conglomerado de negócios on-line InterActiveCorp.

Malone, presidente da Liberty Media Corp, também acredita Twitter será bastante pressionado para vender publicidade no seu serviço de mensagens, sem prejudicar os usuários. E a melhor aposta do Twitter, segundo Malone, provavelmente é simplesmente fazer com que as pessoas fiquem tão viciadas no serviço que aceitem a pagar por ele.

É uma ideia que o YouTube, o serviço líder de vídeo na internet, talvez queira tentar. Malone disse que o bilionário investidor Warren Buffett confidenciou que ele gosta tanto de acessar o YouTube que estaria disposto a pagar US$ 5 por uma assinatura mensal do serviço.

Mas embora o YouTube esteja mais popular do que nunca, ainda não está ganhando dinheiro quase três anos depois de ter sido comprado pelo Google por US$ 1,76 bilhão.

Conversas

Os co-fundadores do Twitter, Evan Williams e Biz Stone, ainda não revelaram o seu modelo comercial, mas têm indicado que publicidade não está no alto de sua lista de prioridades. Por sua vez, a dupla tem sugerido que poderia cobrar taxas de empresas interessadas em mineração de dados sobre as preferências dos consumidores usuários do Twitter.

“É sempre bom ter atenção. Eu não sei se tem sido dada tanta atenção assim ao Twitter. Eu não tenho notado isso. Estou aqui apenas para aprender e encontrar amigos”, disse Williams, nesta quinta, que afirmou estar na conferência para discutir possíveis acordos com outros participantes do evento, mas não quis dizer quem.

Entre os participantes da 27ª conferência anual de mídia e tecnologia de Sun Valley estão Bill Gates (Microsoft), Eric Schmidt (Google), Robert Iger (Disney), Mark Zuckerberg (Facebook) e Rupert Murdoch (News Corp) – que disse na quarta que não está interessado em comprar o Twitter.

G1

Sites pornôs perdem em popularidade para as redes sociais no Reino Unido

Um dos principais axiomas da grande rede – “The internet is for porn” – precisa ser revisto. A sentença voltou a ter sua força abalada com a divulgação de uma pesquisa feita pelo instituto Hitwise, confirmando que as redes sociais ultrapassaram os sites pornôs em popularidade no Reino Unido.

A troca de posição entre as duas categorias aconteceu em outubro do ano passado e vem se mantendo desde então. Um mês antes, no entanto, o pesquisador Bill Tancer, que analisou os hábitos de buscas de mais de 10 milhões de usuários da internet, já havia afirmado que adolescentes conectados à internet têm mais interesse em redes sociais do que em sites de pornografia.

Segundo um post de Robin Goad, diretor da Hitwise, dados da pesquisa foram utilizados em uma matéria da BBC que discutia as tendências de visitação de determinados sites durante os diferentes dias da semana.

Goad aproveita o blog para analisar outros números revelados pela pesquisa que ajudam a explicar a mudança no ranking internético. Se por um lado os sites adultos são muito mais populares entre os homens, as mulheres são quase 55% das visitantes nas redes sociais.

O pesquisador afirma ainda que nos EUA as redes sociais ultrapassaram os sites adultos em 2007, mas desde então as duas categorias se alternam sem definição clara de um vencedor.

Outro artigo, publicado pelo eMarketer, mostra que a porcentagem de internautas adultos que têm perfil em alguma rede social mais que quadruplicou desde 2005, de 8% para 35%, de acordo com um estudo da Pew Internet & American Life Project.

Segundo a pesquisa, 3/4 dos internautas entre 18 e 24 anos utilizam esse tipo de site, contra apenas 7% entre os que têm mais de 65 anos. Em setembro de 2008, 70,2% dos usuários de internet nos EUA com mais de 15 anos visitaram alguma rede social, aponta estudo da comScore World Metrix.

Do Globo

Blog – Vovô blogueiro tem 92 anos

Aos 92 anos, Kirk Douglas é o ator, escritor e também blogueiro
Aos 92 anos, Kirk Douglas é o ator, escritor e também blogueiro

Kirk Douglas costumava brilhar em filmes em preto e branco na década de 40. Hoje, quase meio século depois, passa parte de seu tempo digitando em seu blog e perfil no MySpace.

O ator, que protagonizou clássicos como “20 Mil Léguas Submarinas” e “Spartacus”, completou 92 anos semana passada e se tornou oficialmente o blogger mais velho da rede social.

Pai do também ator Michael Douglas, astro de “Um Dia de Fúria”, Kirk começou a postar em março do ano passado, quando começou a divulgar seu livro de memórias “Let´s Face It“.

Os assuntos diferem das temáticas joviais que dominam a rede social, mais voltada a relacionamentos, celebridades e música. Entre seus escritos, é possível encontrar comentários sobre eleições, políticos, ocupações territoriais e outras idéias um tanto polêmicas, como a defesa da tese de que a America bilíngüe seria uma coisa ruim.

Com tanta experiência, ele cultiva seus mais de 4400 amigos no perfil e tenta difundir seus conhecimentos no formato que a web aceita: em pequenas doses. Em quase cem anos de vida, o que mais faltaria conhecer?

O próprio responde em sua descrição de perfil: “Angelina Jolie, quando ela voltar do Vietnam e minha mulher deixar”.

da info