Tópicos do dia – 27/10/2011

08:51:08
O Bardo da Stratford continua atual! Confiram:
“Ah, se as propriedades, títulos e cargos
Não fossem frutos da corrupção!
E se as altas honrarias
se adquirissem só pelo mérito de quem as detém!
Quantos, então, não estariam hoje melhor dos que estão?
Quantos, que comandam,
não estariam entre os comandados?”
William Shakespeare
* Stratford-Avon, Inglaterra – 23 Abril 1564 d.C.
+ Londres, Inglaterra – 23 Abril 1616 d.C.

09:57:20
China: viva o capital e não se fala em ditadura.

A China vai intensificar o controle sobre mídias sociais e microblogs, afirmou o Partido Comunista em um documento que marca a maior reação do governo até agora ao explosivo crescimento dos microblogs no país. Pequim decidiu reforçar o controle sobre a internet e promover conteúdo aceitável para o padrão do Partido Comunista conforme um comunicado publicado no Diário do Povo nesta quarta-feira.

10:18:42
Velozes e gozadores!

Biografia não autorizada de Bernie Ecclestone, o “capo” da Fórmula 1, terá o angelical título de “Não sou um anjo”. A autoria é do britânico Tom Bower.

10:24:19
Ainda há juízes em Berlim *

O juiz Gustavo Menezes, do Rio, condenou a americana Continental Airlines a indenizar em R$ 25 mil a passageira Fabíola Fantinato.
Em 2010, Fabíola foi algemada por agentes gringos em pleno voo 128 (Houston-Rio) após se desentender com comissárias.
* Procurem na Wikipedia, os que não sabem, a origem da expressão.

11:07:42
Dicas da “rede”.

No site “Dicas de Brasília” é fácil localizar telefones de políticos e autoridades governamentais.
Tem telefones e até nomes de secretárias.
http://www.dicasdebrasilia.com.br/


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Fórmula Um: FIA perdeu a vergonha na cara

Ficou bem claro.

O doce internauta se lembra do que eu disse?

Se Alonso não for punido, nada feito.

Pois então.

O veredito que deu um tapinha na mão da Renault (que também fornece motores para a Red Bull) e aliviou para o lado do espanhol mostrou claramente que esta presidência da FIA não está interessada em impor um parâmetro ético ao esporte a motor.

Disse o jornal espanhol “El País” agora há pouco: “Excluir a un grande como Renault acarrearía consecuencias nefastas para el circo de Bernie Ecclestone, que parece haber perdido ya casi toda la credibilidad (…) El daño que la decisión ha provocado en la imagen de la FIA, de la fórmula uno y de Renault están aún por determinar”.

E o pior é que Ari Vatanen tem poucas chances de ser eleito como o próximo presidente da entidade. Mais provável que os delegados das entidades automobilísticas nacionais, em vez de votar pela renovação, optem por Jean Todt, representante da continuidade dessa bandalheira que aí está.

Comércio

“A F-1 não é puramente um esporte, é entretenimento. E este empreendimento (o JKSP, que promoveria o GP da Índia) é uma iniciativa comercial. A corrida de F-1 proposta não satisfaz as condições cujo foco é o empenho em se distinguir em uma competição, mantendo em vista todo o movimento do esporte das Olimpíadas para baixo.”

Com esta declaração, o ministro dos Esportes da Índia, M.S. Gill, recusou há coisa de um ano a proposta de usar US$ 36,5 milhões do contribuinte para a organização do GP de F-1 em seu país.

Por mais que o retorno de uma corrida de F-1 seja tentador, alguém agora ousa discordar do senhor Gill?

blog da Barbara Gancia