Fatos & Fotos – 03/12/2020

Da série “Assim caminha a humanidade” ou “Assim é se lhe parece ser”.
Cultura, educação, tecnologia, liberalismo e consumo

 


O pessimismo, no Brasil, é uma ciência exata.


O Pazzuelo é especialista em logística pq tudo ele responde: ”é lógico, presidente”


Ah!, que saudades sinto do sensato, elegante e culto vice-presidente José Alencar, quando ouço o general Mourão se manifestar!


Ferrari F1 – Dino 156 – 1957


Só observando as desculpas e as teorias que não se sustentam com um assopro de realidade e pensando no que o meu avô falava: “Se não está dando certo,é porque está fazendo errado”


Prezada, não estou a venda. A não ser que sejas empreiteira. Desenho?


Sérgio Moro saiu da vida pública para a privada. Ele ganha, South Bananânia e os bananosos também.

A Alvarez & Marsal, empresa de consultoria da qual Sergio Moro acaba de se tornar sócio-diretor, já faturou R$ 17,6 milhões com o processo de recuperação judicial do grupo Odebrecht. O conglomerado de empresas recorreu à Justiça para tentar renegociar suas dívidas e escapar da falência depois de ter sido investigado pela Operação Lava Jato, em cujos processos Moro foi juiz.
A empresa, com sede nos Estados Unidos, foi nomeada em junho do ano passado pela Justiça de São Paulo como administradora-judicial no processo de recuperação da Odebrecht. Pelo serviço, tem direito a receber honorários, que hoje chegam a R$ 1,1 milhão por mês


Foto do dia – Jungjin Lee, 2010


Criciúma foi só um ensaio que começou com aquele tiro contra um acampamento de idólatras do Lula – há gosto pra tudo – em 28 de abril de 2018, em Curitiba.


O STF de Fux, Barroso, Cármen Lucia e Fachin deve ter achado normal o trambique do Sérgio Moro, né?


Paul Gauguin,Chemin dans la forêt,1873
Óleo sobre tela,60,96X86,36cm


“De todos os homens maus, os homens maus religiosos são os piores” C.S.Lewis

Uma lista deles: Marco Feliciano – Silas Malafaia – RR Soares – Pastor Valdemiro – Eduardo Cunha – Marcelo Crivella – Edir Macedo.
O cristianismo infelizmente está repleto de homens que servem a mamom, não ao Deus.


A pintura de Wook-kyung Choi II


Desembargadora que atacou Marielle Franco vai integrar órgão que julgará denúncia contra Flávio Bolsonaro por peculato – que a mídia canalha – nomina de “rachadinhas”, organização criminosa e lavagem de dinheiro. No que toda essa pantomima resultará? Nada!
Afinal, “Corvus oculum corvi non eruit.


Mikhail Gubin – Escultura


O regime do Chaves/Maduro sempre foi o ideal a ser perseguido por este terrorista expulso das FFAA. A “Lista de Detratores” elaborada pelo governo josta do Furúnculo que inferniza o Brasil, lembra listas elaboradas por regimes da Alemanha Oriental, China e Arábia Saudita. Inacreditável que isso exista no Brasil em 2021, e a porcaria dos lambe-botas e do “gado” continuem na idolatria. Não esqueçam do Niemöller, o Martin “Um dia vieram e levaram meu vizinho[…]


Pintura de Henri Moret
“Rocks at Goulphar”

Fatos & Fotos – 02/12/2020

O STF de Fux, Barroso, Cármen Lucia e Fachin deve ter achado normal o trambique do Sérgio Moro, né?


Pintura de Paul Gauguin


Desembargadora que atacou Marielle Franco vai integrar órgão que julgará denúncia contra Flávio Bolsonaro por peculato – que a mídia canalha – nomina de “rachadinhas”, organização criminosa e lavagem de dinheiro. No que toda essa pantomima resultará? Nada! Afinal, “Corvus oculum corvi non eruit.”


“De todos os homens maus, os homens maus religiosos são os piores” C.S.Lewis
Uma lista deles: Marco Feliciano – Silas Malafaia – RR Soares – Pastor Valdemiro – Eduardo Cunha – Marcelo Crivella – Edir Macedo.
O cristianismo infelizmente está repleto de homens que servem a mamom, não ao Deus.


“O ex-juiz afirmou que não atuará em casos em que houver conflito de interesse” Pense num marreco cínico.
O que faz a empresa que contratou Moro e tem entre clientes a Odebrecht. A empresa de consultoria norte-americana Alvarez & Marsal anunciou que o ex-juiz federal e ex-ministro Sergio Moro assumirá o cargo de sócio-diretor a empresa no Brasil. A empresa tem entre seus clientes a construtora Odebrecht e outras companhias investigadas na operação Lava Jato.


Deputados pedirão que declarações de Eduardo Bolsonaro contra a China sejam incluídas em CPMI das fake news.

Deputados federais estão se mobilizando para solicitar que notícias falsas que tenham potencial de comprometer o relacionamento do Brasil com países estrangeiros sejam alvos de investigação da CPMI das fake news. A ideia é apresentar um requerimento pedindo que a disseminação de mensagens como as que associam a China à Covid-19 e alimentam teses de fraudes nas eleições dos EUA sejam apuradas, além de mentiras sobre vacinas. O alvo é claro. Com a iniciativa, os deputados miram o filho 03 de Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que nesta semana deflagrou mais uma crise diplomática com o país asiático ao escrever um post sobre a tecnologia 5G. Eduardo cita uma suposta “espionagem da China”. Em resposta, a Embaixada do país asiático emitiu um comunicado em que pede o abandono da retórica americana para evitar “consequências negativas”. “GABINETE DO ÓDIO”– Os parlamentares querem saber se o filho do presidente e assessores do Palácio do Planalto que integram o chamado “gabinete do ódio” – já na mira da CPMI – estão envolvidos com a disseminação dessas fake news e insultos. A CPMI, porém, segue suspensa por causa da pandemia. As medidas não se limitam ao Congresso. O grupo de parlamentares também pedirá formalmente ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes que o tema seja incluído no inquérito das fake news. Essa é mais uma investida de deputados contra Eduardo Bolsonaro. Os parlamentares já solicitaram ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que paute o afastamento do filho 03 da presidência da Comissão de Relações Exteriores da Casa.


Foto do dia
Fotografia de Klizio


A pintura de Michael Carson


O discurso pleno do “empreendedorismo” e da “meritocracia”: Alheios à crise, gurus do sucesso pedem fim de ‘vitimismo’ e ‘coitadismo’. Sinceramente, não sei se é ignorância e não conhecer as estruturas da sociedade capitalista, ou se é canalhice.


Pintura de Montserrat Gudiol Corominas


Monalisas

Fatos & Fotos – 01/12/2020

Ach so! Um pouco de jazz no idioma de Goethe: Max Raabe e a Palast Orchester e Namika interpretam “Küssen kann man nicht alleine”


Jair Bolsonaro e a Vacina para a Covid
por Miguel Paiva


Tango para encantar el mediodía del martes

 


Pintura de Frank Benson,1895


Na versão moderna do autoritarismo – na qual os governantes não rasgam a Constituições nem dão Golpes de Estado Clássicos -, não é necessário censurar a internet (às claras, mas economicamente).

Nas democracias “liberais” – que incongruência a combinação de democracia com liberalismo – segundo à verborragia caudilhesca do primeiro-ministro Viktor Orbán, basta inundar as redes sociais e os grupos de WhatsApp com a versão dos fatos que se quer emplacar, para que ela se torne verdade – e abafe as outras narrativas, inclusive e sobretudo as reais.
A massa foi engolida pelo Whatsapp e as crenças #religiosas de todos os credos.
Se deixarmos os dois continuarem a definir a pauta sociopolítica, o atoleiro só aumentará.
Só combatendo fakenews com fakenews, golpes baixos com golpes mais baixos ainda, e sendo tão canalhas quanto, poderemos combater em condições iguais. Caso contrário, a tragédia se repetirá em 2022, pois o jogo jogado é sujo. Ou então, que saiamos da luta e nos conformemos de vez com a vassalagem. A métrica da moral e da ética não existe em Southern Banânia.


A Cerâmica de Jeremy Randall



O “Olho do Grande Irmão!” Orwell foi um profeta. Relatório do governo(?) separa em grupos 81 jornalistas e influenciadores.

George Orwell,Literatura1984,Blog do mesquita

Abwehr Stasi DI G2 Gestapo BND SIS Mussolini Pinochet Chávez Maduro Filinto Müller Hitler FidelCastro MaoTseTung Stalin CIA KGB Mossad NSA NRO NGA MI5 MI6 Deuxième Bureau Shin Bet Pinkerton Kroll Control Risks Montax Serasa Experian Equifax Serinews Dun & Bradstreet S.B.I.P. SVR FSB Sfici SNI GSI DGSE GRU SVR não dão nem pro começo com o governo(?) do Furúnculo de South Banânia.

Relatório do governo separa em grupos 81 jornalistas e influenciadores.Produzido por agência contratada pelo governo federal, “mapa” classifica influenciadores como “detratores”, “neutros informativos” e “favoráveis”. E isso é o que se sabe.


As ilustrações luminosas de Tang Yau Hoong


Cockpit do Concorde


Foto do dia
Fotografia de Roberto Pazzi


Não falha nunca.

Sempre antes da bomba estourar, os Bolsonaros jogam aquela cortina de fumaça pra desviar a pauta principal. Agora foi uma treta totalmente aleatória com a China, provavelmente pra desviar dessa notícia que o Queiroz “abriu o bico” sobre os roubos de dinheiro público – peculato, vergonhosamente tratado pela mídia como “rachadinha” – pelo Flávio Bolsonaro.


Racismo não é opinião.

Na Alemanha, homem insulta colega negro com sons de macaco e é demitido. Ele vai à Justiça contra a demissão por entender que está coberto pela liberdade de expressão. Perdeu em todas as instâncias, inclusive na última, o Tribunal Constitucional Federal – o STF alemão.


O Cramunhão psicopata não quer saber do sofrimento alheio, não se compadece com problemas que não sejam seus. Não está nem aí para gente em situação de rua, queimada na Amazônia, tartaruga engasgada com petróleo ou criança que morre de bala perdida.]


Da série:”15 razões para preferir jogar golfe”


A massa foi engolida pelo Whatsapp e as crenças religiosas de todos os credos.
Se deixarmos os dois continuarem a definir a pauta sociopolítica, o atoleiro só aumentará.
Só combatendo fakenews com fake news, golpes baixos com golpes mais baixos ainda, e sendo tão canalhas quanto, poderemos combater em condições iguais. Caso contrário, a tragédia se repetirá em 2022, pois o jogo jogado é sujo. Ou então, que saiamos da luta e nos conformemos de vez com a vassalagem. A métrica da moral e da ética não existe em Southern Banânia.


Ode à Melancolia
Yeats

I

Não, não vás ao Letes, nem retorças as raízes
Em feixes do acônito para forjar o vinho venenoso;
Nem deixes tua pálida fronte ser beijada
Pela beladona, uva, rubi de Prosérpina;
Não faças teu rosário com as bagas dos teixos,
Nem deixes o besouro, ou a mariposa da morte
Ser tua lúgubre Psique, nem a coruja de penas macias
Ser parceira dos mistérios da tua dor;
Sombra a sombra letárgica virá,
E afogará a angústia desperta da alma.

II

Mas quando o ataque da melancolia cair
Súbito do céu qual nuvem em pranto,
Que revigora as flores cabisbaixas,
E vela a verde colina na mortalha de Abril;
Farta então a dor na rosa da manhã,
Ou no arco-íris da onda salgada na areia,
Ou na abundância das peônias globulares;
Ou se tua amada demonstrar ira intensa,
Ata-lhe a mão suave, e a deixa delirar,
E nutra-te fundo, fundo nos teus olhos ímpares

III

Ela mora com a Beleza – Beleza que fenecerá;
E com a Alegria, cuja mão nos lábios sempre
Se despede; junto ao doloroso prazer,
Virando Veneno enquanto a boca-abelha sorve.
Sim, e no próprio templo do deleite
A velada melancolia tem seu santuário supremo,
Embora apenas o vislumbre aquele cuja língua audaz
Estala no céu da boca a uva da Alegria;
Sua alma provará a tristeza de teu poder,
E penderá em meio a seus nebulosos trofeus.

Fatos & Fotos – 25/11/2020

“Foi mais do que vencer um time. Derrotamos um país.

Dissemos que o esporte nada tinha a ver com as Malvinas, mas sabíamos que, na guerra, morreram muitos argentinos, baleados como pássaros. Aquilo era a vingança.”
Maradona sobre a vitória contra a Inglaterra na copa de 86.



Como sempre, a realidade vai na direção oposta do que diz o Paulo Guedes – Farsa:”É inequívoco que economia está subindo e pandemia ‘descendo’”.
Realidade – a doença (Covid) se expande e a economia vai pra baixo.


Sabem quando as manifestações violentas ganham fôlego em uma sociedade? Quando as pacíficas não fazem nenhuma diferença.


Tom Jobim continua tendo razão “O Brasil não é para amdores”
Um sujeito que ganha R$1.045,00 por mês pede a privatização do SUS. Pra onde eu mando um cara desse?
É do Carvalho! Né não?


É esperar muito que nós brasileiros, sempre curvados aos EUA, saibamos o tamanho de Maradona, do que é a Latinoamérica e tudo o que ela representa para os povos do nosso continente.


Precisamos incentivar o Dudu Bananinha a falar mais sobre a China e Biden. O cara é tão idiota que vai provocar a queda do pai boçal, muito antes do Rodrigo Maia tirar o bundão da cadeira e abrir o processo de impeachment do mentecapto. A relação do Brasil com seus três principais parceiros comerciais é a seguinte: perdeu seu maior aliado (Trump) e não tem contato com o novo presidente dos EUA (Biden), nunca se encontrou com o presidente da Argentina (Fernandez) e agora abriu uma crise com a China.


Foto do dia – Índia
Roberto Pazzi – Three Dors


Racismo não é opinião

Na Alemanha, homem insulta colega negro com sons de macaco e é demitido. Ele vai à Justiça contra a demissão por entender que está coberto pela liberdade de expressão. Perdeu em todas as instâncias, inclusive na última, o Tribunal Constitucional Federal – o STF alemão.


Senado convoca Pazuello a explicar não uso de milhões de testes para Covid-19

Comissão também busca explicações sobre encontros do ministro com laboratórios que desenvolvem vacinas contra o coronavírus.
folha.uol.com.br

Design – Aldravas e puxadores


O psicopata não quer saber do sofrimento alheio, não se compadece com problemas que não sejam seus. Não está nem aí para gente em situação de rua, queimada na Amazônia, tartaruga engasgada com petróleo ou #criança que morre de bala perdida.


 

Fatos & Fotos – 24/11/2020


Foto do dia – juzaphoto.com


Pintura de Cathy Hegman


Quando escrevo que Bolsonaro e os filhos são bandidos, sou agraciado com adjetivos calorosos dsa gentalha.

Alguns podem até achar que sou exagerado. Agora o Ministério Público divulgou os números da rachadinha do Flávio Bolsonaro na #Alerj: 1.803 crimes de peculato, 263 atos de lavagem de dinheiro, 12 funcionários fantasmas, 17 denunciados, R$ 6 milhões roubados. É exagero?


Arquitetura – Portas e Janelas
Casa Bartló, Espanha


Bolsonaro diz que é daltônico; para ele, todos tem a mesma cor.

Não. Seu daltonismo é mais profundo. Bolsonaro não enxerga a diferença. Nem as afirmativas, nem as discriminatórias, tampouco as desigualdades sociais. É a farsa da meritocracia neoliberal, outro biombo do racismo.


ArtesGráficas ExLibris


Fotografia de André Kertész
Budapete,1914

Fatos & Fotos do dia 23/11/2020

Pintura de Anne Magill


Sabem quando as manifestações violentas ganham fôlego em uma sociedade? Quando as pacíficas não fazem nenhuma diferença.


Quase todo dia alguém me escreve dizendo que “vota em qualquer um para tirar o Bolsonaro do poder.” Essa é a narrativa que está sendo construída desde já e que só favorece a direita. Não sei por que tem gente de esquerda caindo nessa armadilha.


Doria diz que “eleição do Bolsonaro foi um grande erro para o Brasil”

Em entrevista ao Estadão, o governador de São Paulo, João Doria, do PSDB, que em 2018 apoiou Jair Bolsonaro, reconheceu que tal posicionamento foi um equívoco.

“A eleição de Jair Bolsonaro foi um grande erro para o Brasil. Eu não mantenho o meu compromisso diante de um equívoco tão grande. O Bolsonaro prometeu um país liberal, economia globalizada e combate à corrupção. E não fez.”

Doria também disse que não irá disputar a reeleição ao governo estadual em 2022 e defendeu uma frente ampla com a centro-esquerda para derrotar Jair Bolsonaro. “Eu, por ser contra a reeleição, vou manter a minha coerência. Não vou disputar a reeleição”, afirmou.

PS: Em São Paulo, ele pegou carona no erro Bolsonaro, ao criar o BolsoDoria. Não fosse essa onda, não teríamos hoje nem Doria governador nem Bolsonaro no Planalto.


Foto do dia – Costa do Marfim, África
Fotografia de Brendon Van Son


Quando tudo for privatizado, o povo será privado de tudo e o Amapá é prova disso.

Esse título parece apenas um impactante slogan visto em cartazes nas mais diversas manifestações pela América Latina. Antes fosse. O Estado transforma sua responsabilidade em mercadoria e entrega serviços essenciais à iniciativa privada.


A pintura de Lidia Wylangowska


A família do Davi Alcolumbre, #presidente do Senado é do Amapá. Alguém sabe se eles estão sem energia há 21 dias?


A taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid na rede SUS do Rio de Janeiro chega a 92%, o mesmo índice do mês de maio.

Só que agora está tudo aberto e nem sequer máscaras estão sendo utilizadas em locais públicos.
O “novo normal” é se lixar para as mortes que podem ser evitadas.


Bicicleta Yamaha Concept


Fatos & Fotos do dia 22/11/2020

Árvores amazônicas estão vivendo menos, diz estudo.Amazônia,Brasil,Blog do Mesquita

Pesquisadores constatam círculo vicioso na região, impulsionado pelo aquecimento global, que estaria privilegiando árvores que morrem mais jovens. Quanto mais cedo elas desaparecem, menor o papel na absorção de carbono.


Quando um excremento não tem vergonha na cara, ele faz esse tipo de coisa.


Pintura de Yuki Kodaira


“Cês” querem entender o tamanho do buraco onde nos enfiaram?
O vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, ainda se refere às pessoas negras como “pessoas de cor”


Foto do dia – Gary Hoffman


Postado por Louis Hamilton na conta dele no Twitter. Um campeão muito além das pistas.


O vice-presidente errou ao afirmar que não há racismo no Brasil. Se João Alberto fosse ariano, certamente o espancamento não teria ido até a morte, pode-se supor.

O que Mourão deveria dizer é que no Brasil há menos racismo embora a imensa maioria da população tem “um pé na senzala”, como se definiu o moreno Fernando Henrique Cardoso, que não é racista e inclusive tem um filho adulterino com uma bela negra, que trabalhava em sua casa como doméstica. Jamais reconheceu o filho, mas garantiu o sustento dele, deu dois pequenos apartamentos à mãe e empregos ao dois, que trabalham no Senado. O próprio Mourão também tem um pé na senzala, nota-se à primeira vista.

Mas nada disso justifica a morte do freguês do Carrefour.

Aqui no Brasil há racismo, sim. O que falta é civilização, que também falta ao mundo inteiro. É como dizia o historiador britânico Kenneth Clark: “Civilização? Sei bem o que é, mas nunca encontrei nenhuma. Se algum dia encontrar, saberei reconhecê-la”.

Por fim, a melhor maneira de os franceses do Carrefour se livrarem do problema é fazer racismo ao contrário e só contratar negros para os serviços de segurança. É muito triste chegar a essa conclusão num país que acha não ser racista.


O esgoto que abriga a imprensa brasileira é um espanto.

João Alberto não “morreu”, seus jornalistas de “zerda!”
Ele FOI MORTO – não gosto de usar textos em caixa alta, contudo, muitas vezes é inevitável.
Quando o jornalismo opta por uma conjugação verbal, em detrimento de outra, escolhe como contar a história conforme a ótica do dono do órgão de imprensa, ou, na maioria das vezes é puro mau caratismo servil, do autor do texto. O que andam ensinando nos cursos de jornalismo, ou o que estão colocando na água que eles bebem?


Sorte dos racistas e negacionistas – alô Mourão! – é que os negros somente querem igualdade, pois se quisessem vingança, a história seria outra.


Agenda ambiental de Biden deve aumentar importânciageopolítica da América do Sul.

Meta de zerar emissões nos EUA até 2050 deve impulsionar interesse nas reservas de Argentina, Bolívia e Chile de lítio, usado em baterias, e em energias renováveis do Brasil.


No Brasil, protestar contra um assassinato, racista e brutal, quebrando vidraças do supermercado Carrefour responsável por essa barbárie, é “vandalismo”.

Mas matar um negro à cada vinte e três minutos é “abordagem exagerada”. O excretíssimo governador – não cito o nome do indigente mental por salvaguardas jurídicas – e que urra tal absurdo, entre uma garfada e outra de alfafa estragada, não merece atenuantes nessa loucura fascista compartilhada “pelaszelites” que têm apartamento financiado em 30 anos, “carrão” pendurado na financeira, salário de R$10mil e pensa que é rica.


“Não existe racismo no Brasil”. General  Hamilton  Mourão. Racismo existe sim, general. O que não existe no Brasil é governo.
O que pensar de um cidadão desse tipo que excreta uma aberração dessa e que chama negros de “pessoas de cor?”
Reafirmo: é urgente que as FFAA reavaliem os critérios usados para promover o acesso de oficiais ao generalato.


Essa pustema é o homofóbico protoditador da Rússia, o ultra escroto Vladimir Putin, que, agora após a derrota do ultraextremista Donald “The Tramp” Trump é o novo parça do Verme que infesta a Taba dos Tapuias. Que falta faz o meteoro.
Ps1. Essa ilustração aí do genocida da ex(?)- KGB, está proibida de ser publicada na Rússia.

Fatos & Fotos do dia 16/11/2020

 


Representatividade finalmente! Um dia e uma vida para celebrar para sempre. Esta capa da Vogue é uma potência em todos os sentidos.



O que a pequena mídia – incompreensivelmente chamada de “grande” – excretou pela cloaca dos seus (deles) medalhões – sempre que falo em medalhões, não lembro do filé, manjar, mas do conto do Machado, o de Assis, Teoria do Medalhão – é prova inequívoca de que capim alimenta mas não ilumina.

Direita; esquerda; direita socialista; esquerda radical; centro; centro direita; centro esquerda; mais à direita; mais à esquerda; socialista; comunista…. Hahaha; só existem dois tipos de políticos: o canalha e o mais canalha. Inacreditável como os parcos neurônios dessa “canaida” são pródigos em banalidades. Do mal! (“Aput” Hannah Arendt). Esses “formadores de opinião”(hahaha) propagam a “lógica estagnada a serviço do sistema”. Com a delicadeza de um coice de mula.
Xilogravura de Goeldi.


O saldo é trágico; oligarquias, abuso do poder econômico, corrupção com a verba púbica e associação a mídia para proteção do conjunto.


Grafiti de Banksy


A incompetência do TSE provou que a austeridade e corte de gasto em serviço essencial e crítico é um completo desastre. Cortar supercomputadores dos TREs e concentrar tudo no TSE “fritou” o servidor.
O discurso neoliberal apoiado pela mídia oportunista e entreguista provoca esse estrago.
Para que você chegue até seu destino, o DNS conta com três principais recursos: servidores de nomes, arquivos de zona e registros. Os servidores de nomes abrangem o arquivo de zona, que, por sua vez, abrange os registros. Os registros referem-se à parte do DNS que indica, através dos endereços IP, em que lugar o site está ou de onde você recebe seus dados. No entanto, se os servidores de nomes não estiverem configurados adequadamente, os registros não funcionarão. Simple$ a$$sim.
Desenho?


Mas essas pessoas todas que usaram a peneira eltrônica, ops!, urnas, para eleger essa “canaiada toda”, acreditam mesmo que não veremos mais, graças a esses entes milagrosos, seres humanos revirando o lixo, e disputando com urubús, para ter o que comer? Juram? É isso mesmo?

“Não é a pornografia que é obscena, é a fome que é obscena.”
JOSÉ SARAMAGO


Foto do dia – Henri Cartier Bresson


Representa bancos e empresários e se acha de centro. Para o povo, só assistencialismo barato.

‘Estou pronto’, diz Luciano Huck a empresários sobre disputar a Presidência em 2022

Depois do Bolsonaro qualquer aventureiro passou a se achar em condições de presidir o Brasil. Que desgraça!


A pintura de Anne Magill


Cadê o ECA?


Arquitetura & Design
Baheiros


Oportunistas tipo Moro e Huck vem falando contra o discurso de ódio. A moderação depois da derrota de Trump vai ser a nova moeda política. Daqui a pouco é o Bolsonaro trocando o sinal da arminha por um sinal de paz e amor. Quem aplaude cínico é otário.

Fatos & Fotos do dia 15/11/2020

“Gastos com apagão no Amapá serão divididos na conta de luz de todos os consumidores”, decide ministério.
Você que apoia a privatização vai ter que ajudar a pagar o prejuízo da empresa privada. Entendeu? Ou vai querer que desenhe?


Design – Aldravas


A cerâmica lúdica de Sarah Saunders


Brasil da série:”a vida como não deveria ser, ou a fome não espera, ou saudações efusivas aos que votaram acreditando que um dia isso mude.”
São Paulo, Brasil; a cidade mais rica da América Latina.



Para ser eleito a qualquer cargo político, é necessário abrir mão de escrúpulos básicos e de princípios éticos fundamentais. Independente de qualquer ideologia, esse fato, em qualquer tempo e lugar – Hesíodo(séc.VIII a.C), no poema Teogonia, já falava (Hesíodo foi um poeta esencialmente oral) sobre isso. Ele olhava a realidade de fora do mundo encantado prometido pelos governantes – eleição alguma haverá de modificar. Ir às urnas, e por obrigação, o que é uma aberração e, descabida agressão à democracia, é mero exercício de enxugar gelo, ou como escreveu Drummond, o Carlos de Andrade:”Uma eleição é feita para corrigir o erro da eleição anterior, mesmo que o agrave.”


Pintura de Lotte Laserstein


A segunda onda atingiu o mundo já. A Áustria se junta a outros países e já declara lockdown.

O Brasil é o único país que está pior preparado para a segunda onda do que estava para a primeira.
Claro que isto por obra do Mefistofele.

Foto do dia – Peter Bartlett


Grafite de Marina Yagoda


Steapunk XX

O movimento steampunk, misto de ficção científica e arte, foi adotado por artistas no anos 80 e, para alguns, a partir da “atmosfera” do magnífico “Blade Runner”.
Muito dos objetos desembocaram em peças que adornaram filmes como Mad Max e, mais sofisticadamente elaborados, na série Guerra nas Estrelas.


Da série “Monalisas” LVII