T.S.Eliot – Poesia – Poemas – Versos na tarde – 14/05/2017


Gerontion’s – Parte II
T.S.Eliot¹

Após tanto saber, que perdão? Suponha agora
Que a história engendra muitos e ardilosos labirintos,
estratégicos
Corredores e saídas, que ela seduz com sussurrantes ambições,
Aliciando-nos com vaidades. Suponha agora
Que ela somente algo nos dá enquanto estamos distraídos
E, ao fazê-lo, com tal balbúrdia e controvérsia o oferta
Que a oferenda esfaima o esfomeado. E dá tarde demais
Aquilo em que já não confias, se é que nisto ainda confiavas,
Uma recordação apenas, uma paixão revisitada. E dá cedo
demais
A frágeis mãos. O que pensado foi pode ser dispensado
Até que a rejeição faça medrar o medo. Suponha
Que nem medo nem audácia aqui nos salvem. Nosso heroísmo
Apadrinha vícios postiços. Nossos cínicos delitos
Impõem-nos altas virtudes. Estas lágrimas germinam
De uma árvore em que a ira frutifica.

Tradução Ivan Junqueira

1 Thomas Stearns Eliot
* Nuneaton, Reino Unido – 22 de novembro de 1819
+ Chelsea, Londres, Reino Unido – 22 de dezembro de 1880
[ad name=”Retangulo – Anuncios – Duplo”]

Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , , , ,

Leia também:

Karl Popper - Estado e Tirania - Filosofia
Karl Popper - Estado e Tirania - Filosofia

Mesmo se o Estado defende os seus cidadãos

October 4, 2019, 7:25 pm
Otacílio Colares - Unicamente - Poesia
Otacílio Colares - Unicamente - Poesia

Amor, desperta... Há um luar, lá fora

October 2, 2019, 6:30 pm
Theodor Adorno - Falar Sempre, Pensar Nunca - Filosofia
Theodor Adorno - Falar Sempre, Pensar Nunca - Filosofia

O esclarecimento já pronto transforma a reflexão espontânea

October 12, 2019, 7:32 pm
Schopenhauer - Boa e má literatura
Schopenhauer - Boa e má literatura

O que acontece na literatura não é diferente do que acontece na vida

September 20, 2019, 7:24 pm
Hilda Hist - E por que haverias de querer - Poesia
Hilda Hist - E por que haverias de querer - Poesia

Mas não menti gozo prazer lascívia

October 7, 2019, 6:00 pm
Hannah Arendt - Bondade e sabedoria devem ser inocentes
Hannah Arendt - Bondade e sabedoria devem ser inocentes

Filosofia:O amor à sabedoria e o amor à bondade

October 7, 2019, 6:16 pm