Reforma Protetstanto, igreja e Estado


O domínio absoluto da burguesia sobre o controle do poder do Estado, e da economia, começou quando a reforma protestante – Luthero e Calvin – desmontou o poder da Igreja Católica, reduzindo a quase nada a dominação eclesiástica-religiosa, e da vida. Convém lembrar que à essa época;
1. O Alto Clero: Nobres compravam cargos Interesse econômicos se sobrepunham aos religiosos;
2. Baixo Clero: Analfabetos, despreparados – chegavam a celebrar a missa fingindo que falavam em latim – e vida desregrada;
3. e, comum a todo o Clero: Negligência espiritual com o povo; desobediência ao celibato, e venda de indulgências e relíquias – Simonia.
Terreno fértil para a burguesia plantar e colher safra abundante.
O controle paralelo de um sistema de educação, caro, para a formação de lideranças burguesas e, principalmente na cooptação de ascendente classe média – então economicamente emergente – , acabando com o que Carlyle definiu como “the last of our heroisms”.
Weber, evidentemente, trata disso com uma competência de futurologista.
Ps. Muito ironicamente – em minha interpretação – Luthero escreveu: ” A Paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço”.

Postado na categoria: Economia, Religião - Palavras chave: ,

Leia também:

Desmatamento em Terras Indígenas sobe 65% e alcança maior cifra em 10 anos
Desmatamento em Terras Indígenas sobe 65% e alcança maior cifra em 10 anos

A área desmatada representa 4% da perda total

December 1, 2019, 12:00 pm
China e Bolsonaro transformam a carne em produto quase de luxo no Brasil
China e Bolsonaro transformam a carne em produto quase de luxo no Brasil

Os chineses lançaram mão do talão de cheques e ofereceram preços mais altos aos pecuaristas brasileiros

December 8, 2019, 12:58 pm
O “milagre chileno” se choca com a realidade
O “milagre chileno” se choca com a realidade

O Chile quer justiça social e a quer já,

November 20, 2019, 12:10 pm
O cálculo gelado de Donald Trump
O cálculo gelado de Donald Trump

Trump is a Tramp.The crazy has no limits

December 5, 2019, 11:15 am
Quem paga a conta do combate às mudanças climáticas?
Quem paga a conta do combate às mudanças climáticas?

COP25;“É inegável que existem movimentos por parte de grandes companhias para estabelecer compromissos junto a fornecedores e ampliar a rastreabilidade de suas cadeias produtivas”

December 8, 2019, 1:01 pm
O desafio da economia diante das mudanças climáticas
O desafio da economia diante das mudanças climáticas

Uma guinada rumo à economia verde

December 1, 2019, 11:37 am