Reflexão.

Para os eco chatos, ongueiros, beneméritos de botiquim e revolucionários de “boutique, que acreditam possuir o monopólio dos bons sentimentos.
Na verdade, eles padecem do velho paradoxo da Revolução Francesa, que promoveu os direitos humanos em casa, mas manteve a escravidão nas colônias.
Share the Post:

Artigos relacionados

Anistia nunca mais

A História do Brasil está intoxicada por sucessivas anistias e conciliações. Como sequela impera a certeza da impunidade. O desprezo

Ler mais