Pro dia nascer melhor – 05/05/06

Palmas para ela.

No momento em que cada vez mais as nulidades ganham os holofotes, e os medíocres pululam na midia, destaque para a
Procuradora da República Janice Ascari.

Graças ao Ministério Público e ao trabalho incessante da procuradora, foram exemplares as sentenças aplicadas aos “lalaus” do TRT de São Paulo.
Veja:

Nicolau dos Santos Neto, presidente do TRT de São Paulo à época dos desvios: 26,5 anos de prisão, mais R$ 1,2 milhão de multa.
Crimes: peculato, estelionato e corrupção passiva. Em função da demora no julgamento do processo, houve prescrição do crime de formação de quadrilha;

Luiz Estevão, ex-senador e dono do Grupo OK: 31 anos de prisão, mais multa de R$ 3,15 milhões.
Crimes: peculato, estelionato, corrupção ativa, formação de quadrilha e falsidade ideológica;


Fábio Monteiro de Barros, sócio da Construtora Incal: 31 anos de xadrez, mais multa de R$ 2,7 milhões.
Crimes: peculato, estelionato, corrupção ativa, formação de quadrilha e falsidade ideológica;

José Eduardo Ferraz, sócio da Construtora Incal: 27,8 anos de cárcere, mais multa de R$ 1,2 milhão.
Crimes: peculato, estelionato, corrupção passiva, formação de quadrilha e falsidade ideológica.

Share the Post:

Artigos relacionados

Anistia nunca mais

A História do Brasil está intoxicada por sucessivas anistias e conciliações. Como sequela impera a certeza da impunidade. O desprezo

Ler mais