Mário Cesariny – Versos na tarde – 29/04/2014

Lembra-te
Mário Cesariny ¹

Lembra-te
que todos os momentos
que nos coroaram
todas as estradas
radiosas que abrimos
irão achando sem fim
seu ansioso lugar
seu botão de florir
o horizonte
e que dessa procura
extenuante e precisa
não teremos sinal
senão o de saber
que irá por onde fomos
um para o outro
vividos

¹ Mário Cesariny de Vasconcelos
* Lisboa, Portugal – 9 de Agosto de 1923 d.C
+ Lisboa, Portugal – 26 de Novembro de 2006 d.C


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Share the Post: