Maria Carvalho – Versos na tarde

Não olhes
Maria J. Carvalho ¹

De voz silenciosa
os olhos tudo dizem..
Choram, gritam
cantam, murmuram
e para os ouvir
basta apenas ver…
São como uma janela,
indiscreta, para a alma
que tudo revela
mesmo sem querer…
Por isso, hoje,
não olhes para os meus
porque estão tristes…
Não olhes para eles
porque falam de mágoas
que não consigo esconder…

¹ Maria José de Carvalho
* São Paulo, SP. – 27 de junho de 1919 d.C

Intelectual bastante diversificada, pois se interessava por todo tipo de arte. Foi poeta, tradutora, atriz, diretora de teatro, pianista, cantora de câmara, professora de música e teatro, declamadora, falava vários idiomas, pesquisadora, crítica teatral, promovia eventos culturais e foi musa de diversos artistas. Formou-se em História pela Faculdade de Ciências e Letras da Universidade de São Paulo.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Share the Post: