Neide Archanjo – Já não há cíclopes

...nem criaturas dormindo de olho aberto


Já não há cíclopes
Neide ArchanjoFotografia,Concept,Blog do Mesquita

Já não há cíclopes
nem criaturas
dormindo de olho aberto
naufragando os ventos.
Agora passo.
Foi o amor
que me suspendeu
erguendo escadas
entre o abismo e o céu.

Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: ,

Leia também:

Artur Eduardo Benevides - Soneto de indagação
Artur Eduardo Benevides - Soneto de indagação

Será tarde, Senhora, será tarde?

September 27, 2019, 6:14 pm
Petrarca - Fragmento do "Canzoniere"
Petrarca - Fragmento do "Canzoniere"

Soneto Fragmento do "Canzoniere" Petrarca ¹ Bendito o dia e o mês, o ano e a estação, e o tempo e a hora e o ponto e o bel país,...

September 29, 2019, 7:10 pm
Joaquim Pessoa - As tuas lágrimas
Joaquim Pessoa - As tuas lágrimas

As tuas lágrimas As tuas lágrimas respiram e florescem, o lugar onde te sentas é o rio que corre em sobressalto por dentro de uma árvore, seiva renovada que transporta...

October 6, 2019, 6:50 pm
O Deus de Schopenhauer
O Deus de Schopenhauer

Quando, elevando-se pela força da inteligência, se renuncia a considerar

October 7, 2019, 11:00 am
Socialismo e Natureza Humana
Socialismo e Natureza Humana

Quem se propõe a defender o socialismo nas primeiras décadas

October 5, 2019, 11:00 am
John Locke - Como a justiça dá a todo homem um título
John Locke - Como a justiça dá a todo homem um título

A caridade dá a todo homem um título à totalidade...

October 13, 2019, 7:05 pm