Marcel Proust – Mentimos para proteger o nosso prazer


Marcel Proust,Filosofia,Blog do MesquitaMentimos para Proteger o nosso Prazer
A mentira é essencial à humanidade. Nela desempenha porventura um papel tão importante como a procura do prazer, e de resto é comandada por essa mesma procura.

Mentimos para proteger o nosso prazer, ou a nossa honra se a divulgação do prazer for contrária à honra.

Mentimos ao longo de toda a nossa vida, até, e sobretudo, e talvez apenas, àqueles que nos amam.

Só estes, com efeito, nos fazem temer pelo nosso prazer e desejar a sua estima.


Você leu?: Voltaire – Amor comparado


Postado na categoria: Filosofia, Literatura -

Leia também:

Nietzsche - Conhecimento sem paixão seria castrar a inteligência
Nietzsche - Conhecimento sem paixão seria castrar a inteligência

Como investigadores do conhecimento, não sejamos ingratos

September 4, 2019, 6:55 pm
Yeats - E daí? - Poesia
Yeats - E daí? - Poesia

"Tudo está feito", disse ele quando velho

September 23, 2019, 6:18 pm
Voltaire - Amor comparado
Voltaire - Amor comparado

Queres ter uma ideia do amor, vê os pardais...

September 18, 2019, 8:00 pm
O Deus de Ezpinoza - O que é a filosofia
O Deus de Ezpinoza - O que é a filosofia

Já em seu Tratado Teológico Político, anterior à Ética

September 9, 2019, 11:55 am
Ezpinoza - A finalidade do Estado é a liberdade
Ezpinoza - A finalidade do Estado é a liberdade

Num Estado democrático, o que menos se tem a temer é o absurdo

September 7, 2019, 7:12 pm
Rousseau - Entendimento Apaixonado
Rousseau - Entendimento Apaixonado

O entendimento humano deve muito às paixões...

September 8, 2019, 7:45 pm