Amadeu Thiago de Mello – Poesia – 20/04/24

Boa noite
A terceira asa
Thiago de Mello¹

Trago uma esperança nova.
Tão nova como a primeira
luz que marca o amanhecer
da vida de cada homem.

Trago a sabedoria
das cores que dançam no ar,
mas que se reúnem,
cada qual no seu lugar,
quando é preciso fazer um arco-íris.

Trago a lição interminável
que dois amantes ensinam
quando se abraçam cantando
para a invenção do milagre.

Trago o milagre da vida
que lateja neste instante
no coração de uma criança
que acaba de nascer.

Chego no rastro de um pássaro
que atravessa a luz atlântica
com sua terceira asa
feita de canto e poesia,
que no tempo inventa o rumo
estrelado da utopia.

¹ Amadeu Thiago de Mello
* Barreirinha, AM – 30 Maio 1926

Share the Post:

Artigos relacionados

Os bolsonarista na prisão

LEMBREM-SE DOS ENCARCERADOS “Cela apertada com 3 pessoas” “Banhos frios” “Banheiro comunitário” “Banhos de sol entediantes.” Lindo ver gadonaristas se

Ler mais