Bolsonaro: o capacho dos USA


Em reunião no Rio, Bolsonaro bate continência para assessor de segurança dos EUA
Brasil,John Bolton,Bolsonaro,USA,Política InternacionalPresidente eleito recebeu John Bolton em sua casa no Rio de Janeiro; norte-americano é principal assessor para política externa de Donald Trump

O presidente eleito Jair Bolsonaro prestou continência para o assessor de segurança nacional dos Estados Unidos, John Bolton, ao recebê-lo para uma reunião nesta quinta-feira (29/11).

Bolton se reuniu com Bolsonaro no Rio de Janeiro, na casa do presidente eleito, antes de seguir para o encontro do G20, que irá acontecer nesta sexta-feira e sábado em Buenos Aires, na Argentina.

Em sua conta no Twitter, o norte-americano afirmou que apreciou a discussão com o presidente eleito e o convidou para visitar os EUA. “Apreciei a discussão ampla e muito produtiva com o presidente eleito do Brasil Bolsonaro e sua equipe de segurança nacional”, escreveu Bolton.

O norte-americano ainda estendeu um “convite do presidente Trump para Jair Bolsonaro visitar os EUA”, dizendo que Washington está ansiosa “para uma parceria dinâmica com o Brasil”.


Você pode se interessar também sobre: Políticos porcos nunca pagam o pato


Bolton é um dos principais conselheiros do presidente Donald Trump para política externa e possui posição ofensiva em relação aos governos da Venezuela, Cuba e Nicarágua, países que chama como “troica da tirania”.

Estavam presentes no encontro três futuros ministros de Bolsonaro. Ernesto Araújo, das Relações Exteriores, Fernando Azevedo e Silva, da Defesa, e Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional.

Após a reunião, o presidente eleito escreveu em sua conta no Twitter que o encontro foi “muito producente” e destacou a presença de seus futuros ministros.

“Uma muito producente e grata reunião com o Conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton”, afirmou Bolsonaro.

Venezuela e embaixada em Israel

Após evento na Vila Militar nesta quinta-feira (29/11), o presidente eleito afirmou que durante a conversa com o assessor de Trump foram discutidos temas como a situação política da Venezuela e a possível transferência da embaixada brasileira em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

“Venezuela é uma questão que vem lá de trás, temos de buscar soluções. Pela cláusula democrática a Venezuela sequer poderia entrar no Mercosul. Medidas precisam ser tomadas”, disse Bolsonaro.

O presidente eleito ainda afirmou que “vai ser difícil tirar a Venezuela dessa situação” e que o Brasil ira fazer “o possível pelas vias legais e pacíficas para resolver esse problema”.

Segundo Bolsonaro, a conversa com Bolton também passou pela mudança da embaixada brasileira em Israel.

“Essa possibilidade existe. Jerusalém tem duas partes. Uma parte não está em litígio. A embaixada [norte] americana está nessa parte”, disse.

Ainda de acordo com o mandatário eleito, “terrorismo não entrou na conversa. Mas a questão das barreiras, das taxas alfandegárias, as dificuldades de se fazer negócio aqui”.

“Transmiti a ele, junto com a equipe econômica, no sentido de facilitar o comércio com os Estados Unidos e o mundo tudo sem prejudicar a nossa economia”, disse Bolsonaro.

Continência à bandeira norte-americana

Durante pré-campanha, ainda em 2017, Bolsonaro chegou a bater continência à bandeira dos EUA em um comício que realizou para brasileiros que vivem no Estado norte-americano da Flórida.

O presidente eleito também fez o gesto em outras ocasiões, como quando encontrou, em 2017, o então juiz Sérgio Moro, hoje escolhido como ministro da Justiça, e durante reunião com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, após as eleições.

Postado na categoria: Brasil, Política Internacional - Palavras chave: , , , , ,

Leia também:

Olga Savary - Versos na tarde - 03/10/2014

Ar Olga Savary ¹ É da liberdade destes ventos que me faço. Pássaro-meu corpo (máquina de viver), bebe o mel feroz do ar nunca o sossego. ¹ Olga Savary *...

October 3, 2014, 9:00 pm
Ameaça de tirar Facebook do ar revela conflito entre lei e força de redes sociais

A determinação de um juiz de São Paulo de que o Facebook tirasse do ar posts ofensivos sob pena de que, em caso de descumprimento, todo o site fosse retirado...

October 6, 2013, 12:13 pm
Brasil da série "Só dói quando eu rio"
Brasil da série "Só dói quando eu rio"

December 3, 2018, 7:46 pm
Lei da ficha limpa e a indignação leiga

Conforme o mais primário conhecedor da Constituição Federal sabia, a Lei da Ficha Limpa teve a retroatividade considerada inconstitucional. Mesmo "que a revolta achista" da população seja de indignação, o...

March 26, 2011, 10:10 am
Pro dia nascer melhor - 17/11/2009

Clayton - Jornal O Povo, Fortaleza

November 17, 2009, 10:00 am
Ex-mulher é para sempre: Mariane acusa Arruda de corrupção e teme suicídio dele

Quem quiser entrar na política e pretenda fazer parte do bloco da maracutaia, deveria fazer voto de celibato. Virar um asceta. Político de rabo preso não deveria casar. E se...

December 5, 2009, 11:23 am