Florbela Espanca – Onde anda a minha saudade

Não há amor neste mundo


Poema
Florbela EspancaFotografias,Colinm Mcdoo,Blog do Mesquita (1)

Bendita seja a desgraça,
Bendita a fatalidade,
Benditos sejam teus olhos
Onde anda a minha saudade

Não há amor neste mundo
Como o que eu sinto por ti,
Que me ofertou a desgraça
No momento em que te vi.

Fotografia de Colinm Mcdoo


Você pode se interessar também sobre:


Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: ,

Leia também:

Bibliotecas

Biblioteca Joanina - Coimbra, Portugal [caption id="attachment_115786" align="aligncenter" width="564"] Biblioteca Joanina[/caption]

January 28, 2018, 11:58 am
João Cabral de Melo Neto - Versos na tarde - 30/03/2018

O Cão Sem Plumas. João Cabral de Melo Neto A cidade é passada pelo rio como uma rua é passada por um cachorro; uma fruta por uma espada. O rio...

March 30, 2018, 2:55 pm
Gabriela Mistral - Versos na Tarde

A casa Gabriela Mistra ¹ A mesa, filho, está posta em brancura quieta de nata, e em quatro muros que mostram sua cor azul dando brilhos, a cerâmica. Este é...

June 17, 2010, 9:00 pm
Jung - Frase do dia - 02/07/2014

"Quem olha para fora, sonha; quem olha para dentro, desperta!" Carl Jung

July 2, 2014, 10:02 am
Filosofia - Étienne de La Boétie - Luz nas trevas.

Etienne de La Boétie * Perigot,França - 1530 d.C. + Perigot,França - 1563 d.C. Étienne de La Boétie nasceu em 1530, no Périgord, França, e faleceu jovem, em 1563. Em...

January 11, 2007, 10:42 am
Bethânia e as virgens ofendidas

Escritora portuguesa defende a importância do incentivo do MinC ao projeto de poesia da cantora na internet Inês Pedrosa ¹ – O Estado de S.Paulo Durante os breves dias que...

April 1, 2011, 10:05 am