Fatos & Fotos – 24/07/2021

A realidade, questão de tempo e lugar, haverá de esgarçar seus sonhos.

Embalando a noite deste sábado com Xuefei Yang – Cavatina


Boa noite.
Pecado Original
Álvaro de Campos/Fernando Pessoa

Ah, quem escreverá a história do que poderia ter sido?
Será essa, se alguém a escrever,
A verdadeira história da humanidade.

O que há é só o mundo verdadeiro, não é nós, só o mundo;
O que não há somos nós, e a verdade está aí.

Sou quem falhei ser.
Somos todos quem nos supusemos.
A nossa realidade é o que não conseguimos nunca.

Que é daquela nossa verdade — o sonho à janela da infância?
Que é daquela nossa certeza — o propósito a mesa de depois?

Medito, a cabeça curvada contra as mãos sobrepostas
Sobre o parapeito alto da janela de sacada,
Sentado de lado numa cadeira, depois de jantar.

Que é da minha realidade, que só tenho a vida?
Que é de mim, que sou só quem existo?

Quantos Césares fui!

Na alma, e com alguma verdade;
Na imaginação, e com alguma justiça;
Na inteligência, e com alguma razão —
Meu Deus! meu Deus! meu Deus!
Quantos Césares fui!
Quantos Césares fui!
Quantos Césares fui!

#blogdomesquita
#Arte #Digital: #José #Mesquita


Gustave Boulanger
(25 April 1824 – October 1888)
Hercules and Omphale


Embalando essa manhã de sábado GoGo Penguin – Hopopono 



No dia de hoje, mas em 1802, nascia Alexander Dumas, escritor francês e autor de Os Três Mosqueteiros. A partir de 1825, ele editou poemas e longas histórias e apresentou vaudeville em teatros de variedades.


Rupert Bunny,1864-1947
The Sun Bath. 1913
Bendigo Art Gallery, Australia


A saída da Ford do Brasil (levando no bagageiro R$20 bilhões em subsídios) traz à tona questões ignoradas por sucessivos governos que aceitam o atraso tecnológico das montadoras, e desprezam o aparecimento de uma cultura que já não idolatra o carro como antes.

Sob as bênçãos do Governo Temer o Brasil aprovou o novo regime automotivo (Rota 2030) que puxou o freio de mão dos incentivos para carros elétricos e híbridos. Renovamos os subsídios para a vanguarda do atraso. Motores a combustão estão com os dias contados em boa parte do mundo.

Nos Estados Unidos (país que idolatra o automóvel) o lobby do setor automotivo levou uma surra no Governo Obama/Biden. Em vez de receber subsídios em troca da manutenção dos empregos, as montadoras foram obrigadas a criar linhas de montagem de veículos híbridos e elétricos.

Bens de consumo individuais estão sendo progressivamente compartilhados. O compartilhamento de carros (carsharing) e bicicletas (bicicletas públicas) inspiram novos modelos de negócio no Brasil e no mundo.

Pesquisas de comportamento revelam que o carro vem deixando de ser o principal sonho de consumo dos jovens. A idealização do automóvel (pela propaganda) como símbolo de liberdade e autonomia não tem a mesma força do passado. O mundo está mudando.

São muitos os desafios do Brasil num mundo que investe em novas tecnologias no setor automotivo (elétrico/híbrido), no setor energético (decadência do petróleo) e em vários outros segmentos do mercado. Requalificar mão de obra em escala é mais útil que lamentar a saída da Ford.


A arquitetura do templo da Índia medieval. Templo dedicado ao senhor Vishnu, Javari Mandir em Khajuraho, Madhya Pradesh, Índia,
construído entre 975 e 1100 DC, sob o patrocínio da dinastia Chandela.


Foto do dia – Michael Gaida

Royalty free. A imagem é liberada livre de copyrights PixaBaby



Um político confiável. Ciro Noguiera, novo assecla, ops!, Ministro da Casa Civil. Bolsonaro desde criancinha.


Jean Baptiste Monnoyer(1636-1699)
Tulipes et Fleurs sd

Mais artigos

Meio Ambiente

O Brasil é um exemplo aberrante de tudo o que se pode fazer conta o meio ambiente. Se a ONU não reagir, agora na ida