Fatos & Fotos – 18/07/2021

Sua zona de conforto, questão de tempo e lugar, haverá de esgarçar seus sonhos.

Caroline Marcant,Dédale sd



Auguste Renoir,The Bathers, 1887


Itzchak Tarcay,Grace, sd


Após ser hostilizado por apoiadores de Bolsonaro, na Igreja da Paz em Fortaleza, padre deve entrar para programa de proteção.

O padre Lino Allegri, pároco de uma igreja em Fortaleza, foi ofendido aos gritos durante uma missa no dia 11 de julho por criticar Jair Bolsonaro.

Após ter sido hostilizado por um apoiador de Jair Bolsonaro, o padre Lino Allegri, de 82 anos, deve ingressar no Programa Estadual de Proteção aos Defensores e Defensoras de Direitos Humanos (PPDDH). A informações do Jornal Diário do Nordeste.

O padre foi agredido verbalmente duas vezes durante as missas celebradas em Fortaleza, no mês de julho. O pedido de inserção do padre no programa de proteção foi feito por membros do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos (CEDDH), da Defensoria Pública do Ceará (DPCE) e do Ministério Público do Estado (MPCE).

Uma das agressões ocorreram enquanto o pároco realizava um ato litúrgico na manhã do último domingo (11). A celebração era transmitida pela internet. O homem entra na Paróquia Nossa Senhora da Paz e começa a gritar com o padre iizendo que “este padre [Lino Allegri] transformou o altar em um palanque político”.

Uma das agressões ocorreram enquanto o pároco realizava um ato litúrgico na manhã do último domingo (11). A celebração era transmitida pela internet. O homem entra na Paróquia Nossa Senhora da Paz e começa a gritar com o padre dizendo que “este padre [Lino Allegri] transformou o altar em um palanque político”.

Uma semana antes, em 4 de julho, Lino foi ofendido por um grupo de pelo menos oito pessoas. As agressões verbais ocorreram logo que o padre começou a lamentar as mais de 500 mil mortes causadas pela pandemia de Covid-19 no Brasil.

“Espero que isso possa ajudar nessa proteção contra proteção que nós [da Paróquia Nossa Senhora da Paz] estamos recebendo. Elas são concretas”, disse o padre, em entrevista ao jornal cearense.


Henry Lerolle (1848 – 1929)
A Lady At Her Toilette,1877


A ‘vacina’ contra fake news testada por pesquisadores de Cambridge

GuettyImages

OMS definiu a pandemia de covid-19 como a “primeira da história em que a tecnologia e as redes sociais são usadas em escala massiva”

Quando você recebe a dose de uma vacina tradicional, inclusive algumas das feitas contra o novo coronavírus, as partículas de vírus atenuadas ou inativas presentes no imunizante desencadeiam uma resposta imunológica no organismo, de modo a treinar seu corpo a enfrentar a doença.
A mesma lógica pode valer do ponto de vista psicológico, contra outra “epidemia” atual — a de desinformação, manipulação de informações e disseminação de fake news.
Pesquisadores da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, estão testando o quanto pequenas doses preventivas e “atenuadas” de técnicas de desinformação podem nos inocular contra o ambiente de notícias falsas ou distorcidas na internet, particularmente em tempos de covid-19.
“(O objetivo) é criar uma espécie de resistência psicológica contra a persuasão, para que, no futuro, quando você estiver exposto à desinformação, ela seja menos convincente, porque você terá ‘anticorpos'”, explica à BBC News Brasil Jon Roozenbeek, pesquisador do Laboratório de Tomada de Decisões Sociais do Departamento de Psicologia da Universidade de Cambridge. “Em outras palavras, se você conhece as técnicas e os truques usados para enganar as pessoas ou persuadi-las, você terá menos probabilidade de cair neles.”


Ivan Shishkin
Study for the painting,
Chopping wood,1867


Embalando essa manhã de domingo O Grupo Corpo dança Parabelum


A entrevista de Gilmar Mendes me leva a lembrar: governo federal ficou encarregado das vacinas. Só! Estados e municípios cuidaram do distanciamento. Ou teríamos mais de milhão de mortos. E o governo Federal fez o que fez. Vacina virou um mercadão de larápios. Eis o desgoverno Bolsonaro.



Foto do dia – Fotografia de Michael Gaida

Royalty free. A imagem é liberada livre de copyrights PixaBaby


Henri Matisse (1869-1954),Nu nacré


Açougue doa ossos em Cuiabá. Fila de dezenas de famílias desesperadas.

Moradores de Cuiabá formaram fila na frente de um açougue do Bairro CPA 2, nesta semana, para pegar ossos doados pelo estabelecimento. Dezenas de famílias que estavam no local contaram que estão passando por dificuldades

Que tristeza essa notícia! E é apenas uma entre tantas que mostram o q o Br se tornou. E não seria diferente sem a pandemia. O projeto desde o golpe de 2016 é de destruição total, e funcionou. financeiras.


Meteorologistas ligam catástrofe na Alemanha à mudança climática

Cidades inteiras foram inundadas no oeste da Alemanha

Meteorologistas alemães afirmam ser possível que as chuvas torrenciais que deixaram um rastro de destruição na Alemanha sejam uma consequência do aquecimento global.

Ao menos 42 pessoas morreram até o momento. Os estados da Renânia do Norte-Vestfália e da Renânia-Palatinado foram os mais afetados.

Entre 50 e 70 pessoas eram dadas como desaparecidas na manhã desta quinta-feira (15/07) somente no pequeno município de Schuld, na Renânia-Palatinado, onde seis casas desabaram com a força das águas. As autoridades locais decretaram estado de catástrofe.

Estudiosos afirmam ser possível que as fortes chuvas que deixaram rastro de destruição e mataram dezenas sejam uma consequência do aquecimento do planeta. Precipitações são menos frequentes, porém mais fortes.

Maior evaporação

“Dois efeitos do aquecimento global influenciam a frequência com que ocorrem tais eventos extremos”, diz Peter Hoffmann, do Instituto para Pesquisa de Impacto Climático de Potsdam, na Alemanha. Ele explica que mais água evapora em temperaturas mais altas, e a atmosfera mais quente pode acumular mais umidade, o que favorece grandes quantidades de precipitação. Por outro lado, as condições meteorológicas persistem por mais tempo em uma região.


Giuseppe Castiglione
Ayusi brandissant sa lance
aneantit les rebelles,1755

Empereur Qianlong et son epouse,1736

Un pecher en fleurs et deux hirondelles, sd


A diplomacia de Biden para China é marcada por visão hostil à ascensão do país, em continuidade com Trump. Pontos interessantes também em como governo usa agenda anti-Pequim domesticamente-por exemplo, para promover política industrial.


A Vitamedic, uma das maiores produtoras de ivermectina, está por trás do grupo Médicos Pela Vida. Ela bancou os anúncios a favor do tratamento precoce. A venda do medicamento cresceu 1230% em 2020 em relação ao ano anterior.


Franz von Stuck – Dancers,1896


Uma horta que muda vidas

A maior horta urbana da América Latina fica em Manguinhos, no Rio de Janeiro. Projeto comunitário transformou a paisagem da favela e a vida de quem nele trabalha ou recebe os alimentos ali colhidos.

Na horta comunitária de Manguinhos trabalham 22 pessoas, sendo 14 mulheres e oito homens. Rose Rodrigues e Roberto Nascimento colhem rúcula, coentro, repolho, espinafre e berinjela nos canteiros, amarram as folhas e as colocam num carrinho de mão. Os dois percorrem então a favela de Manguinhos, na zona norte do Rio de Janeiro, para distribuir aos moradores a colheita da horta comunitária, como fazem todas as quartas-feiras pela manhã.

Empurram seus carrinhos por ruas estreitas, cruzam praças, passam por campos de futebol e lojas. E gritam: “Doação da horta comunitária! Comida saudável!” Transeuntes param para apanhar salada e verduras, mas muitos parecem um pouco tímidos. “O povo é humilde, tem vergonha de ganhar coisas de graça”, explica Rose Rodrigues, ela própria de Manguinhos.

“Mas também há muitos que não gostam de alface e espinafre”, diz Roberto Nascimento. “Eles preferem comer batata frita e beber coca-cola.”

Um oásis no meio do deserto
Cerca de 40 mil pessoas vivem em Manguinhos, uma das maiores favelas do Rio de Janeiro. Muitos dos becos daqui são úmidos e cobertos de fezes de cachorros, e em vários pontos é possível ver bocas de fumo do Comando Vermelho. Assim que se entra na favela, passa-se por barricadas feitas de velhos trilhos de ferroviais cimentados, erguidas pelos traficantes.

Isso faz com que a surpresa seja ainda maior para quem chega à horta comunitária de Manguinhos, onde Rose Rodrigues e Roberto Nascimento trabalham. É como um oásis em tons verdes brilhantes no meio de um deserto feito de concreto, cimento e tijolos. Uma névoa paira sobre os canteiros debaixo do sol quente.

A horta comunitária de Manguinhos é considerada a maior horta urbana da América Latina. Ela existe desde 2013 e se estende por dois terrenos compridos, que têm o tamanho de quatro campos de futebol e ficam bem embaixo de um fio de alta tensão.


O voto evangélico e o STF

André Mendonça indicado por Bolsonaro para vaga aberta no STF com a aposentadoria de Marco Aurélio Melo. Religião não pode ser critério para ocupação de nenhuma função pública.


A viagem daquele bando de vagabundos pra Israel deveria estar na pauta do TCU. Mas aqui é Southern Banânia. Não dá pra esquecer.


Na quinta-feira (15), o Google removeu o canal bolsonarista Terça Livre do YouTube após decisão favorável da Justiça brasileira. A página havia sido suspensa em fevereiro, mas seu criador, Allan dos Santos, conseguiu mantê-la por meio de liminar. Agora, ela volta a ser censurada


Autor não identificado


Do neoliberalismo ao New Deal Verde

É fundamental resgatar o papel do Estado na implementação de uma política de desenvolvimento sustentável baseada nos princípios de uma economia verde, de um New Deal Verde.

O presidente Joe Biden ignorou o neoliberalismo ao propor investimento estatal na infraestrutura e tecnologia da ordem de 2,3 trilhões de dólares, equivalente a um pouco mais do PIB brasileiro. Esse investimento vai diminuir por pressão contrária dos Republicanos, mas, mesmo assim, recupera a tradição econômica de Roosevelt após a crise de 1929 bem como a do importante legado teórico de Keynes.

Essa decisão de Biden foi surpreendente e mostrou o esgotamento da doutrina neoliberal dominante que finge ignorar a necessidade das intervenções governamentais para a sobrevivência do capitalismo de “mercado livre”. O princípio básico da economia neoliberal é que o capitalismo de livre mercado é a única estrutura eficaz para proporcionar bem-estar econômico geral. Nessa visão, apenas os mercados livres podem aumentar a produtividade e os padrões de vida, além de proporcionar liberdade individual e resultados sociais justos. Grandes gastos do governo e regulamentações pesadas seriam menos eficazes.


Bandeja de ovos:R$20,00
Bucho de boi:R$25,00
Pé de galinha:R$10,00
Gás:R$105,00
Feijão:R$10,00
Gasolina:R$6,30
Só Avisando.


Promoção de farelo de arroz. Pé de frango. Alimentos vencidos para pobres. Bandeira vermelha da luz passando por reajuste. Diesel e gasolina com preço nas alturas. Tem que ser muito idiota para achar que Bolsonaro foi enviado por Deus, só se foi como praga para ensinar essa gente a votar.


Hoje, no Discovery Xepa, o chef Pierre Lasqué vai preparar a deliciosa receita de pied de poulet avec riz cassé au vin périmé.
Ps. Merci au gran chef FDP Paulo Guedes.

José Mesquita

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e designer gráfico e digital.

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me