Eleições 2010: Propaganda do DEM usa ilegalidades que condena no PT


Pode ser que não faça muito bem à saúde da candidatura de José Serra a associação de sua (dele) imagem com o DEM. Afinal, depois do mensalão do Panetone de Brasília, o partido derivado do velho e corroído PFL, é um exemplo de telhado de vidro. Arrasta agora os funcionários fantasmas do senador Efraim Moraes DEM, PB. — e a condenação a dois anos de prisão do ex-prefeito de Curitiba Cássio Taniguchi – DEM,SC. por apropriação indébita de dinheiro público.

Assim, fica cada vez mais encurtada a distância entre o recém condenado mensaleiro Delúbio Soares, e as antes impolutas vestais dos democratas, agora cevadas de companheiros corruptos.

O Editor


Propaganda do DEM reproduz cena de ato pró-Serra


O DEM começou a exibir as inserções televisivas a que tem direito. O partido reproduz a tática que levara a oposição a reclamar do PT no TSE.


Você leu?: ‘Soldados de Jesus’: neopentecostais armados atormentam as minorias religiosas do Brasil


A peça do DEM exala José Serra. Exibe uma cena do ato de lançamento da candidatura do presidenciável tucano, ocorrido em 10 de abril, em Brasília.

Serra não fala, mas a imagem dele aparece na propaganda ‘demo’. Na abertura, o locutor faz menção ao lema do candidato: “…Unido, o Brasil pode mais”.

Na sequência, um pedaço do discurso que Rodrigo Maia, presidente do DEM, pronunciou no ato pró-Serra:

“Gostaria de falar aqui em nome de milhões de jovens brasileiros. Temos a obrigação de devolver a eles a capacidade de ter fé num futuro melhor…”

Depois, uma ironia com o bordão de Lula: “…O futuro começa aqui e agora, mas com uma força poucas vezes vistas na história desse país”.

Atrás do orador, um painel que não deixa dúvidas quanto à natureza eleitoral da propaganda: “Serra, Serra, Serra…”[ad#Retangulo – Anuncios – Direita]

Nesta mesma quinta (20), o corregedor-geral do TSE, Aldir Passarinho, julgou reclamação do PT contra propaganda do DEM-SP.

Determinou a suspensão da publicidade. Tachou-a de campanha eleitoral disfarçada. Nela, o prefeito ‘demo’ Gilberto Kassab festeja Serra.

O PT prepara agora recurso contra a peça do DEM federal. Depois de usar o seu tempo de TV para trombetear Dilma, o petismo também mimetiza a oposição.

O partido de Lula guia-se pela Lei de Talião. Os advogados do PT terão de fazer hora-extra. Na quinta (27) da semana que vem, o DEM leva ao ar programa de dez minutos. Estará, de novo, impregnada de Serra.

Em junho, virão as inserções e os programas do PPS e do PSDB. Serra num. Serra noutro.

Sobrevirão as reclamações do PT. O TSE talvez imponha à oposição as mesmas multas que espetou no petismo. E a hipocrisia, pacificada, dará jucundas gargalhadas.

blog do Josias de Souza

Postado na categoria: Brasil, Comportamento, Direito, Política - Palavras chave: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Leia também:

Qual é o papel do Brasil na luta contra as mudanças climáticas?
Qual é o papel do Brasil na luta contra as mudanças climáticas?

COP25:o país chega sem o protagonismo que tinha

December 2, 2019, 1:32 pm
Amazônia:Geração ‘Greta’ da Amazônia luta por sobreviver antes de falar em mudança climática
Amazônia:Geração ‘Greta’ da Amazônia luta por sobreviver antes de falar em mudança climática

O rio na minha aldeia está muito triste. Quase tudo é lama, os peixes morreram.

November 27, 2019, 2:35 pm
Nordeste enfrenta seca intensa e 636 municípios estão em situação de emergência
Nordeste enfrenta seca intensa e 636 municípios estão em situação de emergência

Nordeste brasileiro enfrenta atualmente uma condição de seca intensa

December 2, 2019, 12:00 pm
Os impactos da liberação da cana na Amazônia e no Pantanal
Os impactos da liberação da cana na Amazônia e no Pantanal

O governo federal revogou, na semana passada, um decreto de 2009 que estabelecia o zoneamento agroecológico da cana-de-açúcar

November 14, 2019, 11:15 am
Mediocridade em um país de educação medíocre
Mediocridade em um país de educação medíocre

Certamente você não gosta de ser chamado de medíocre

November 14, 2019, 11:49 am
No desmatamento atual, Amazônia chega a 'ponto de não retorno' em até 30 anos
No desmatamento atual, Amazônia chega a 'ponto de não retorno' em até 30 anos

O desmatamento pode estar levando a Floresta Amazônica para uma situação na qual a floresta não consegue mais se regenerar diante das agressões provocadas pelo homem

November 23, 2019, 12:05 pm