Eleições 2010. Pesquisa Sensus/CNT mostra empate técnico entre Dilma Rousseff e José Serra

Pesquisa CNT/Sensus
1. Crescimento de Dilma confirma campanha, diz tucano.
2.
Empate técnico com Dilma à frente de Serra na espontânea
3.
Aprovação de Lula chega a 81,7%

[ad#Retangulo – Anuncios – Esquerda]O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), afirmou que o crescimento da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, possível candidata do PT à Presidência da República, na pesquisa CNT/Sensus divulgada ontem, confirma que a petista já está em campanha.

O levantamento mostra que Dilma encosta no governador de São Paulo, José Serra (PSDB), quando o nome de Ciro Gomes (PSB) aparece na disputa.

Neste cenário, Serra recebeu 33,2% das intenções de voto, seguido por Dilma, com 27,8%, e por Ciro, com 11,9%. Marina Silva (PV) aparece em quarto lugar, com 6,8% das intenções de votos. Os indecisos, brancos e nulos somam 20,4%.

“Estamos absolutamente tranquilos. É natural que a Dilma cresça pois ela já está em campanha. Só no meu Estado (Pernambuco) ela foi três vezes este ano”, afirmou.

Questionado sobre o fato de Serra também ter exposição na mídia, já que governa o Estado mais rico do País, Guerra disse que não há como comparar. “O Serra só fica em São Paulo, ele governa São Paulo e lá, ainda por cima, está chovendo muito”, afirmou.

Para o tucano, a pesquisa revela que o nome de Serra continua “sólido”. “O nome do Serra continua firme e houve até um crescimento em relação aos números anteriores”, disse.

Empate técnico com Dilma à frente de Serra na espontânea

A ministra Dilma Rousseff aparece ligeiramente na frente do governador José Serra na modalidade espontânea da pesquisa CNT/Sensus.

A ministra conta com 9,5% das intenções de voto, contra 9,3% de Serra. A situação se configura num empate técnico entre os dois possíveis candidatos devido à margem de erro de 3 pontos percentuais da pesquisa.

Na modalidade espontânea não há uma lista de candidatos à disposição do entrevistados. O Instituto Sensus somente pergunta em quem o eleitor votaria se as eleições fossem hoje.

Na lista, Lula, mesmo não podendo concorrer ao terceiro mandato, aparece em primeiro lugar com 18,7% das intenções de voto.

Aécio Neves (PSDB) está em quarto com 2,1%, depois aparece a senadora Marina Silva (PV), com 1,6% e por fim Ciro Gomes (PSB), com 1,2% das intenções de voto.

Aprovação de Lula chega a 81,7%

A 100ª rodada de pesquisa encomendada pela Confederação Nacional do Transporte ao Instituto Sensus (CNT/Sensus) revelou um leve crescimento na avaliação positiva do governo e na popularidade de Lula.

Na rodada anterior, divulgada em novembro, 78,9% dos brasileiros aprovaram o desempenho de Lula, considerando-o ótimo ou bom. Agora, a aprovação está em 81,7%.

O recorde de aprovação de Lula foi em janeiro do ano passado, quando ele alcançou 84%.

Cresceu também a avaliação positiva do governo. Em novembro, ela era de 70% (ótimo + bom). Agora é de 71,4%.

Dos entrevistados, 22% avaliaram o governo como regular. Em novembro foram 22,7%.

Outros 5,8% avaliaram o governo como negativo. Em novembro foram 6,2%.

A CNT/Sensus ouviu 2 mil pessoas em 136 municípios das cinco regiões brasileiras entre os dias 25 a 29 de janeiro de 2010. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais para cima ou para baixo.

ANA PAULA SCINOCCA/Estadão
siga o Blog do Mesquita no Twitter

Mais artigos

Byron – Poesia – 22/01/2022

Boa noite. Estâncias para Música Byron Alegria não há que o mundo dê, como a que tira. Quando, do pensamento de antes, a paixão expira