Democracia em “excesso” no DEM


É realmente exemplar o furor “democrático” dos “democratas” do DEM.

Aliás, continuo achando que é pura gozação batizar de Democratas um partido sucessor do PFL, que tem em suas fileiras “democratas” do porte de José Agripino e Marco Maciel.

Pois, colocando em prática tanta “democracia”, é que o presidente do DEM, Rodrigo Maia, reúne os “democratas” em seu próprio gabinete para, “democraticamente”, articularem ações que possam influir na convenção dos “democratas”. A intenção é levar o DEM a apoiar o candidato de outro partido, no caso Alckmin que é do PSDB, em detrimento da candidatura de Gilberto Kassab, que é do DEM.

O “butim” é a Prefeitura de São Paulo.

Argh!

Postado na categoria: Política - Palavras chave: , , , , , , , ,