CNI reafirma compromisso com os trabalhadores

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Diante da nota publicada por esse blog, reproduzindo matéria publicada no Blog do Noblat, sobre problemas com funcionários terceirizados, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) esclarece que:

Os mensageiros citados na nota publicada no Blog do Noblat em 11 de novembro de 2010 são funcionários da empresa BSI do Brasil.

A empresa, de abrangência nacional, que tem sede em Brasília e filiais em 11 estados, foi contratada pela CNI por licitação, da qual participaram nove companhias do setor.

O contrato com a BSI, que prevê a prestação de serviços de mensageiros, foi assinado em 8 de março de 2007. Tal contrato vinha sendo cumprido satisfatoriamente de tal forma que teve aditivos anuais.

Lamentavelmente, no início desta semana, a CNI foi surpreendida com a notícia de que a BSI do Brasil não havia feito o pagamento dos salários de outubro dos funcionários alocados para prestação de serviços na entidade no quinto dia útil do mês subsequente, como está previsto no contrato.

Desde então, a CNI tentou buscar uma solução junto à contratada. A situação se agravou ainda mais nesta quinta-feira, 11 de novembro, quando, inesperadamente, a BSI pediu o rompimento unilateral do contrato que mantinha com a CNI.

Diante disso, a CNI garantirá ainda nesta sexta-feira, 12 de novembro, uma parte do salário atrasado aos copeiros e mensageiros. A outra parte será paga na próxima semana.

Além disso, está providenciando a contratação desses trabalhadores por intermédio de outros prestadores de serviços e tomando todas as providências necessárias para que os trabalhadores não sejam prejudicados.

Em meio a esta lastimável situação, a CNI reafirma seu compromisso com todos os trabalhadores porque considera que o talento humano é o maior patrimônio das empresas.

A indústria brasileira tem a convicção de que a valorização dos trabalhadores é decisiva para elevar a produtividade das empresas, garantir a competitividade do produto nacional e promover o bem-estar social.

José Mesquita

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em administração e bacharel em Direito. Pós-graduado em Direito Constitucional. Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. É diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo do Aero Clube do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association, Usa. É membro honorário da Academia Fortalezense de Letras.

Gostou? Deixe um comentário

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me