Cesare Pavese – A nossa arte

A arte de mergulhar fulminante e profundamente na dor


Filosofia,Literatura,Cesare Pavese,Blog do Mesquita,FilosofiaA Nossa Arte
A arte de desenvolver os pequenos motivos para nos decidirmos a realizar as grandes ações que nos são necessárias.

A arte de nunca nos deixarmos desencorajar pelas reações dos outros, recordando que o valor de um sentimento é juízo nosso, pois seremos nós a senti-lo e não os que assistem

A arte de mentir a nós próprios, sabendo que estamos a mentir.

A arte de encarar as pessoas de frente, incluindo nós próprios, como se fossem personagens de uma novela nossa. A arte de recordar sempre que, não tendo nós qualquer importância e não tendo também os outros qualquer espécie de importância, nós temos mais importância que qualquer outro, simplesmente porque somos nós.

A arte de considerar a mulher como um pedaço de pão: problema de astúcia. A arte de mergulhar fulminante e profundamente na dor, para vir novamente à tona graças a um golpe de rins. A arte de nos substituirmos a qualquer um, e de saber, portanto, que cada pessoa se interessa apenas por si própria. A arte de atribuir qualquer dos nossos gestos a outrem, para verificarmos imediatamente se é sensato.
A arte de viver sem a arte.
A arte de estar só.


Você leu?: Michel de Montaigne – Suporte real para a emoção


Cesare Pavese

Postado na categoria: Filosofia, Literatura -

Leia também:

Voltaire - Amor comparado
Voltaire - Amor comparado

Queres ter uma ideia do amor, vê os pardais...

September 18, 2019, 8:00 pm
Freud - A avaliação de uma civilização
Freud - A avaliação de uma civilização

Quando já se viveu por muito tempo numa civilização

August 27, 2019, 7:01 pm
Marcus Cícero - Os limites da amizade
Marcus Cícero - Os limites da amizade

Eis aqui os limites nos quais creio poder encerrar a amizade

September 1, 2019, 7:30 pm
Nietzsche - Conhecimento sem paixão seria castrar a inteligência
Nietzsche - Conhecimento sem paixão seria castrar a inteligência

Como investigadores do conhecimento, não sejamos ingratos

September 4, 2019, 6:55 pm
Michel de Montaigne - Suporte real para a emoção
Michel de Montaigne - Suporte real para a emoção

...se o golpe falhar e ele for ao vento.

September 22, 2019, 8:00 pm
Rousseau - O ciclo do progresso
Rousseau - O ciclo do progresso

Da sociedade e do luxo que ela engendra, nascem as artes liberais

August 28, 2019, 8:42 pm