• mqt_for@hotmail.com
  • Brasil

Catador de papelão é eleito vereador em cidade baiana

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Josafá Eloy Ribeiro recebeu 929 votos em Cruz das Almas.
Primeiro projeto será de cooperativa de reciclagem, disse ele.

Mariana Oliveira Do G1

Clique na imagem para ampliar
O catador de papelão Josafá Eloy Ribeiro, eleito vereador em Cruz das Almas (BA)
Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

O catador de papelão Josafá Eloy Ribeiro, de 49 anos, vai experimentar uma mudança radical em sua rotina a partir de janeiro de 2009. Ele foi um dos 15 vereadores eleitos neste ano para a Câmara de Cruz das Almas, a cerca de 150 quilômetros de Salvador (BA).

Conhecido como Josafá Benção de Deus – nome usado na urna pelo candidato -, o catador foi eleito pelo PRP com 929 votos.

Ele anunciou que o primeiro projeto que apresentará na Câmara visa atender a um de seus principais desejos: instalar uma cooperativa de reciclagem na cidade.

Josafá disse ao G1 que não gastou nada na campanha. Afirmou ter recebido os “santinhos” do partido e arrecadado entre amigos o dinheiro para o pagamento do jingle de campanha.

“O povo que pediu [minha candidatura]. A maioria dos comerciantes achou que a população gostava de mim. (…) A minha campanha foi de boca, não teve carro de som, essas coisas”, contou o catador, que estudou até a 7ª série do ensino fundamental.

Josafá Eloy Ribeiro nasceu em Cruz das Almas e afirmou que aos 17 anos saiu de sua cidade natal para trabalhar como cozinheiro em São Paulo, onde morou por nove anos. Acabou ficando desempregado e voltou. Virou catador de papelão para poder sustentar a família.

“Comecei a catar latinha e papelão. Com o tempo, as pessoas começaram a guardar as coisas para mim. Comecei a poder pagar as coisas e cato papelão até hoje”, narrou.

O catador disse que ficou conhecido na cidade por distribuir balinhas para os moradores que guardavam garrafas PET e latinhas para ele.

Evangélico, afirmou que usará os ternos que veste para ir à igreja na estréia como vereador na Câmara.

“Eu tenho três ternos. Dá para chegar lá.” Ele disse que mesmo após começar a trabalhar na Câmara, não pretende deixar de recolher material reciclável pelas ruas da cidade.

José Mesquita

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em administração e bacharelando em Direito. Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. É diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo do Aero Clube do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association, Usa. É membro honorário da Academia Fortalezense de Letras.

Gostou? Deixe um comentário

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me