Banco do Brics investirá US$ 300 milhões na Rússia


BRICS,Brasil,Índia,China,Rússia,África do Sul,Economia,Blog do mesquita
No final de 2019, o Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) emitirá as primeiras obrigações em rublos, em um valor em torno de 15 a 20 bilhões de rublos (US$ 230 a US$ 300 milhões), segundo uma fonte do jornal russo Izvêstia no banco.
Valor será destinado ao desenvolvimento de novos projetos de infraestrutura e proteção do meio ambiente.

O Banco Central da Rússia confirmou a informação, e poderá investir os recursos recebidos na construção de novos portos e estradas, bem como em projetos de proteção do meio ambiente e energia verde no território russo.

No entanto, segundo os economistas, o NBD não conseguirá atrair o dinheiro facilmente, já que as taxas de seus títulos estarão abaixo do mercado.

Brics contra o dólar

O NBD decidiu emitir títulos em rublos e começou a preparar o registro do programa de títulos cambiais na Rússia no âmbito da estratégia aprovada pelo Conselho de Administração do Banco, segundo o jornal Izvêstia.


Você pode se interessar também sobre: Fotografia – Arte – Grafite


“A taxa dos títulos dependerá dos parâmetros específicos de produção e demanda dos investidores. O projeto de emissão de títulos em rublos será o segundo do gênero do NBD, que anteriormente já havia emitido títulos em yuans na China”, disse o representante do regulador russo ao Izvêtia.

Além disso, uma vez que o NBD é um banco de desenvolvimento internacional com uma classificação de crédito AA+, a obtenção de uma licença do Banco Central da Rússia para emitir títulos no país não é necessária.

Segundo uma fonte do Izvêstia no NBD, o banco decidiu dar mais atenção ao financiamento de projetos em moedas nacionais devido ao aumento dos riscos de bloqueio de contas em moeda estadunidense que pertença a países sob sanções financeiras.

Na cúpula do Brics de julho de 2018, já havia sido anunciado que o NBD alocaria um empréstimo no valor de US$ 1 bilhão para projetos de infraestrutura russos em 2019 – referente a construção de novos portos, estradas e empresas de energia.

Além disso, parte dos recursos será transferida para as necessidades de proteção ambiental – restauração do meio ambiente urbano e reciclagem de lixo doméstico.

Dificuldades

O NBD terá que enfrentar diversos problemas ao ingressar no mercado financeiro russo, disse o analista do Centro Financeiro Internacional, Vladímir Rojankovski, ao Izvêstia.

O NBD ainda não tem histórico de crédito especificamente na Rússia, assim, é pouco provável que o banco possa tomar empréstimos a taxas favoráveis. Formalmente, as classificações do NBD são muito melhores que as da Rússia, mas, na prática, os investidores do mercado local não comprarão os títulos do banco a preços superiores aos dos títulos soberanos russos, segundo Rojankovski.

Além disso, o banco não tem experiência suficiente no mercado local, não pode avaliar os riscos associados às peculiaridades dos negócios russos. Esse problema pode ser parcialmente resolvido com a abertura de uma filial do banco na Rússia, que foi anunciada em abril de 2019, na reunião geral dos participantes do NBD na Cidade do Cabo.

Postado na categoria: Brasil, Economia - Palavras chave: ,

Leia também:

Eleições 2014: E se aparecer a banda "Fora PT"?

Marina Silva está no PSB. Está? Disputará a vice (mas pode não disputar) de Eduardo Campos, que até o mês passado estava na base de apoio do governo. Marina tomou...

October 13, 2013, 10:20 am
Sérgio Naya morre em hotel na Bahia

O responsável pela construção do prédio — Palace II — que desabou na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, deixando dezenas de famílias ao relento, morreu hoje, no início da...

February 20, 2009, 9:25 pm
Brasil - Da série "O tamanho do buraco" - Assim não caminha a educação

Não somente de bandas - aliás, adjetivo apropriado - de axés intragáveis, e de forrós insuportáveis, mas também, de uma programação televisiva recheada de analfabetos, inclusive mentais, padece a deseducação...

February 27, 2008, 10:43 am
Temer e os maganos

Só dói quando eu rio [ad#Retangulo - Anuncios - Duplo]

July 17, 2016, 10:50 am
Como Serra enviava dinheiro para o exterior

Delator entrega Serra e mostra como ele mandava dinheiro da corrupção ao exterior. O ex-diretor da Odebrecht, Luiz Eduardo Soares, disse em depoimento que ajudou a dar destino a R$...

January 14, 2018, 11:18 am
Brasil e corrupção - O vergonhoso lamaçal do Império a Temer

Como o modelo de colonização lançou as bases para a difusão da corrupção, que seguiu encontrando terreno fértil para se manter na esfera pública, alimentada pela falta de punição e...

June 18, 2017, 10:10 am