Ministro Dias Toffoli pode rever decisão do CNJ

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), está avaliando a possibilidade de restabelecer o afastamento dos juízes federais Gabriela Hardt e Danilo Pereira Júnior da 13ª Vara Federal de Curitiba, encarregada dos processos da Operação Lava Jato.

A medida está sendo considerada após o afastamento anterior, imposto pelo corregedor nacional de Justiça, Luis Felipe Salomão, ter sido revogado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na última terça-feira.

Toffoli tem acompanhado a investigação sobre a conduta dos magistrados, conduzida por Salomão. Ele indicou a interlocutores que as decisões do STF ainda não foram cumpridas pela primeira instância, o que justificaria uma nova intervenção.

Além disso, Toffoli está considerando reintegrar o juiz Eduardo Appio à mesma vara.

Appio foi substituído por Pereira Júnior no ano passado, após ser afastado devido a uma acusação do desembargador Marcelo Malucelli, que alegou que Appio havia ameaçado seu filho em uma ligação telefônica.

Share the Post: