Escolas Cívico-militares e corrupção

Não falha “unzinho!”

Capitão Davi, suplente do PL, fatura R$ 11 milhões com escola cívico-militar.

Davi é fundador da Abemil, associação que já soma R$ 11 milhões em contratos feitos sem licitação com prefeituras para levar modelo cívico-militar a escolas municipais.

Share the Post: