Arthur Virgílio pede investigação sobre desembargador do Distrito Federal

Contra a censura. Sempre! Antes que Cháves.

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), protocolou hoje (3) um pedido de sindicância do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra o desembargador Dácio Vieira, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF).

Ele impediu a publicação de reportagens que contenham informações resultantes da Operação Boi Barrica, da Polícia Federal, pelo jornal “O Estado de S. Paulo”. A investigação investiga quatro supostos crimes atribuídos ao empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Na denúncia, o tucano afirma que uma ligação pessoal do desembargador com Sarney e o ex-diretor-geral do Senado Agaciel Maia torna irregular sua atuação no caso.

Para Virgílio, o interesse público sobre os fatos justificam a publicação das matérias, mesmo que ocorra dano moral.

O presidente do Senado negou, por meio de nota divulgada nesta segunda, que pediu para o TJ-DF proibir o jornal de veicular gravações da PF que envolvem o seu filho.

Mais artigos

Poesia – 19/00/2021

Boa noite. Ar de noturno Garcia Lorca:   “Tenho muito medo das folhas mortas, medo dos prados cheios de orvalho. eu vou dormir; se não

Artes Plásticas

𝘌𝘶𝘨𝘦𝘯𝘪𝘰 𝘙𝘦𝘤𝘶𝘦𝘯𝘤𝘰 – st sd.