Ambiente – Lixo tecnológico – Reciclagem


Lixo Eletrônico Blog do MesquitaO problema do chamado lixo eletrônico, se agrava. Além do aumento do consumo, e estamos falando somente do Brasil, aumenta exponencialmente na proporção de direta da venda, cada vez maior, de produtos descartáveis, seja pela obsolescência, seja por mero modismo de possuir um aparelho de última geração. Aliás, “última geração” passa a ser algo que tem vida “fashion” de no máximo 6 mêses.
José Mesquita


Este ano, devem ser vendidos no Brasil 10,1 milhões de microcomputadores, ultrapassando, pela primeira vez, o total de televisores comercializados.

Segundo projeção da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), a venda de celulares chegará a 48,8 milhões de unidades.

O aumento no número de linhas móveis durante o ano, no entanto, deve ficar em 18 milhões. Isso quer dizer que mais de 30 milhões de aparelhos antigos serão descartados. Para onde vão todos esses telefones velhos

O avanço do mercado de tecnologia traz um efeito colateral, que é o acúmulo do lixo eletrônico.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

Segundo o Greenpeace, são produzidos cerca de 50 milhões de toneladas por ano, em todo o mundo. Muitos equipamentos contêm substâncias tóxicas, como chumbo, mercúrio e cádmio.


Você pode se interessar também sobre: Só dói quando eu rio – Pro dia nascer melhor – 27/01/2015


Países em desenvolvimento, como a China e a Índia, recebem lixo eletrônico de países desenvolvidos, o que coloca em risco a saúde da sua população.

O ciclo de obsolescência dos eletrônicos é cada vez mais rápido. Com o crescimento do mercado brasileiro, existem empresas que encontraram aí uma oportunidade, oferecendo reciclagem para grandes fabricantes.

Uma delas é a Oxil (lixo ao contrário), de Paulínia (SP). A companhia tem nove grandes clientes, dos quais não revela os nomes por motivos contratuais, e processa 2 mil toneladas de produtos por ano.

“Conseguimos reciclar 99,7% do material”, afirmou Talita Ancona de Paula, analista ambiental da Oxil. O processo de transformar equipamentos fora de uso em matéria-prima é chamado de “manufatura reversa”.

A Oxil surgiu há 9 anos, a partir da necessidade de um fabricante de dar um fim ambientalmente responsável a produtos defeituosos ou obsoletos.

Postado na categoria: Ambiente & Ecologia - Palavras chave: , , , , , , ,

Leia também:

Holanda inaugura a primeira ciclovia solar do mundo que gera energia para a cidade
Holanda inaugura a primeira ciclovia solar do mundo que gera energia para a cidade

“O caminho do futuro e o caminho para o futuro”: É assim que é apresentada a ciclovia solar que foi inaugurada recentemente na cidade de Krommenie, a noroeste de Amsterdã...

December 3, 2015, 10:20 am
Amazônia: Uma família se adaptando à catastrofe ambiental
Amazônia: Uma família se adaptando à catastrofe ambiental

Iñapari já foi difícil de alcançar, mas graças a uma nova rodovia que vai do Peru ao Brasil, ela está cada vez mais conectada ao mundo. FOTOGRAFIA DE DIEGO PEREZ...

October 3, 2018, 10:55 am
As brasileiras premiadas na maior feira escolar de ciências do mundo
As brasileiras premiadas na maior feira escolar de ciências do mundo

No Brasil se faz pesquisa, sim

May 24, 2019, 12:36 pm
Fabricante de agrotóxicos é condenada a pagar mais de R$ 1 bi a jardineiro com câncer
Fabricante de agrotóxicos é condenada a pagar mais de R$ 1 bi a jardineiro com câncer

Olha o prejuízo (merecido!) aí, gente! Em uma decisão histórica e inédita nos tribunais americanos, a gigante Monsanto, que fabrica herbicidas, foi condenada a pagar indenização de US$ 289 milhões...

December 27, 2018, 12:32 pm
Amazônia: Senador Flexa Ribeiro do PSDB tenta dar golpe no Código Florestal
Amazônia: Senador Flexa Ribeiro do PSDB tenta dar golpe no Código Florestal

Golpe tucano Sob a liderança do PSDB, os ruralistas tentaram dar um golpe ontem no processo de votação do Código Florestal. A discussão do Código em si já é uma...

October 30, 2009, 10:05 am
Tom Jobim - Frase do dia - 01/11/2012
Tom Jobim - Frase do dia - 01/11/2012

"Digo que minha música vem da natureza, agora mais do que nunca. Amo as árvores, as pedras, os passarinhos. Acho medonho que a gente esteja contribuindo para destruir essas coisas."...

November 1, 2012, 10:02 am