• mqt_for@hotmail.com
  • Brasil

Boulder abraça uma solução radical para copos de café descartáveis

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Ambiente,Ecologia,Reciclagem,Poluição,Copos Desacatáveis,BoulderCopos de navio empilhados
© Vessel Works (usado com permissão)
Confira uma caneca de aço inoxidável isolada de graça, como você faria um livro da biblioteca.

Da próxima vez que você estiver andando por uma rua da cidade, pare um momento para notar quantas pessoas estão levando xícaras de café descartáveis. Muito certo? Parece quase um vício, essa compulsão de levar a bebida a todos os lugares e tem um custo ambiental muito alto. Estima-se que 58 bilhões de xícaras são jogadas em aterros todos os anos apenas nos EUA, impossíveis de reciclar devido ao seu fino revestimento de plástico.

Se trazer o próprio copo é uma solução tão pouco confiável, e se as pessoas estão ocupadas demais para parar por alguns minutos e beber café de uma caneca de cerâmica, então o que um dono de uma cafeteria de mente sustentável pode fazer?

A cidade de Boulder, Colorado, está prestes a provar que há uma maneira melhor de fazer café. Fez parceria com uma startup chamada Vessel Works para oferecer canecas isoladas em aço inoxidável em várias cafeterias da cidade. Os clientes podem ‘conferir’ essas canecas usando um aplicativo, enchê-las com a bebida de sua preferência e depois deixar a cafeteria como normalmente faria. A caneca suja pode ser devolvida a qualquer café participante ou a quiosques em outros locais, até cinco dias após o uso. Depois desse ponto, há uma multa de US $ 15 por canecas perdidas, que são rastreadas usando o aplicativo.

Grande parte do apelo do modelo da Vessel Works é que os donos de cafeterias não precisam lidar com canecas sujas (ao contrário do programa similar de compartilhamento de canecas em Freiburg, na Alemanha , onde as cafeterias limpam as canecas em si). Nesse caso, eles são retirados e limpos pela Vessel Works, e a taxa por xícara é menor do que as pequenas lojas pagam por copos de papel. Então, eles economizarão dinheiro não apenas em copos, mas também em lidar com pilhas de lixo encharcado. De fato, os benefícios financeiros poderiam se estender a todos os cidadãos pagadores de impostos, que pagam pela coleta de lixo municipal, e que, em teoria, poderiam ter taxas menores se houvesse menos lixo. A Vessel Works também não possui custos iniciais de participação.

Ambiente,Ecologia,Reciclagem,Poluição,Copos Desacatáveis,BoulderReutilizável é sempre uma opção melhor do que descartável, mesmo que seja compostável ou reciclável. (A Starbucks tem prometido a última há anos e não está entregando, mas realmente não resolve o problema maior da geração desenfreada de lixo e do consumo de recursos.) O aço inoxidável é um material totalmente reciclável e não se degrada após nenhum dos seus ciclos de vida.

Depois, há o lado estético das coisas, para não ser negligenciado. Beber café de uma linda caneca isolada é mais agradável do que uma xícara de café de papel, e se você não precisa pagar nada por ela, melhor ainda. O fundador, Dadny Tucker, disse à FastCo :

“Estamos tentando atrapalhar o status quo de todo um setor, essencialmente. E acreditamos que, ao dar ao usuário um feedback imediato sobre o impacto positivo que estão tendo, fazendo uma pequena mudança de comportamento, poderemos ver isso se transformar em mudanças de comportamento maiores “.

Ambiente,Ecologia,Reciclagem,Poluição,Copos Desacatáveis,Boulderderramando café no copo da embarcação
© Vessel Works (usado com permissão)

Estou animado com este lançamento, que está começando com quatro cafeterias em Boulder, com planos de expansão nacional no longo prazo. Um projeto piloto que a Vessel Works realizou em Brooklyn e Manhattan descobriu que as pessoas começaram a reavaliar todos os seus hábitos de uso único após algumas semanas de uso dessas canecas. Isso é algo que o mundo precisa desesperadamente agora.

José Mesquita

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em administração e bacharel em Direito. Pós-graduado em Direito Constitucional. Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. É diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo do Aero Clube do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association, Usa. É membro honorário da Academia Fortalezense de Letras.

Gostou? Deixe um comentário

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me