Allepo – A vida como não deveria ser

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A marcha da Insensatez – Aleppo, Síria
Putin, Obama e Assad deveriam ser julgados por Crimes Contra a Humanidade no Tribunal de Haiaa-marcha-da-insensatezalepposiriaa-vida-como-nao-deveria-serblog-do-mesquitaguerra-01a-marcha-da-insensatezalepposiriaa-vida-como-nao-deveria-serblog-do-mesquitaguerra-05
Syrian refugees Aya, 8, and Layth, 6, from Aleppo, pictured with their mother, Fatima (not her real name) at a train station in Slanishte, Macedonia, on the border with Serbia. The children's father is still in Syria. Fatima says, "I am scared to travel as a lone woman with no man to protect us. The children cry all the time and say they want to go back. The most difficult part of our journey has been here in Macedonia, we were very afraid crossing the border because we heard that gangs might attack us. And now the weather has been very bad but thank God we found shelter here." ; Travelling with groups of Syrian refugees who are making their way through the former Yugoslav Republic of Macedonia (fYROM) towards Serbia and on to Germany and Scandinavia. Regulations in Greece prohibit asylum-seekers from residing in border regions. The large group of Syrian refugees, numbering around 400, had spent the previous day walking through the rain and finally found shelter at the train station late in the evening. Hundreds of refugees and migrants are traveling through Macedonia everyday on their way north through the Balkans, in an attempt to reach western Europe. They use whatever means of transport is available including trains and bicycles, however many end up walking the entire distancea-marcha-da-insensatezalepposiriaa-vida-como-nao-deveria-serblog-do-mesquitaguerra-02a-marcha-da-insensatezalepposiriaa-vida-como-nao-deveria-serblog-do-mesquitaguerra-03a-marcha-da-insensatezalepposiriaa-vida-como-nao-deveria-serblog-do-mesquitaguerra-00[ad name=”Retangulo – Anuncios – Duplo”]

José Mesquita

José Mesquita

Nasceu em Fortaleza,Ce. Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em Administração, Ciências da Computação e bacharel em Direito. Pós-graduado em Direito Constitucional. É consultor em Direito Digital. Participou de mais de 250 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Design Gráfico, já criou mais de 35 marcas, logotipos, logomarcas, e de livrosa de arte para empresas no Brasil e Exterior Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. Foi diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo da Ecola de Aviação Civil do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association - NAPP, Usa. É membro da Academia Fortalezense de Letras e Membro Honorário da Academia Cearense de Letras. Autor de três livros de poesias - e outros quatro ainda inéditos; uma peça de teatro; contos e artigos diversos para jornais; apresentações e prefácios de publicações institucionais; catálogos e textos publicitários. Ministra cursos gratuítos de Arte e de Computação Básica para crianças e adolescentes em centros comunitários de comunidades carentes na periferia das cidades.

Gostou? Deixe um comentário

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me