Adolf Kaufmann – Pinturas

Paisagista austríaco e artista marinho.

Adolf Kaufmann era um paisagista austríaco e artista marinho.
Inicialmente autodidata, concluiu os estudos com o pintor de animais Émile van Marcke em Paris e realizou várias viagens de estudos pela Europa e Médio Oriente.
Sua residência alternava entre Paris, Berlim, Düsseldorf e Munique.
Em 1890, ele decidiu se estabelecer em Viena e abriu um estúdio no distrito de Wieden. Em 1900, junto com Carl von Merode e Heinrich Lefler, ele abriu uma “Escola de Arte para Mulheres”.

Continuou a visitar Paris com frequência e, quando aí pintou, assinou as suas obras com o pseudónimo “A. Guyot”. Outros nomes com os quais assinou incluem “A. Papouschek”, “G. Salvi”, “A. Jarptmann”, “R. Neiber”, “J. Rollin” e “M. Bandouch”. Por que ele fez isso não está claro, embora sua escolha de assinatura frequentemente reflita diferenças estilísticas.

Suas paisagens foram influenciadas pela escola de Barbizon e pelo estilo conhecido como “paysage intime”, que conheceu na França na década de 1870.

Suas viagens continuaram até que foram interrompidas no início da Primeira Guerra Mundial.
Muitas de suas obras foram adquiridas por membros de famílias reais e nobres; notavelmente o imperador Napoleão III, a princesa Stéphanie da Bélgica, o arquiduque Friedrich, o duque de Teschen, o czar Nicolau II e a rainha Isabel II da Espanha.
Suas obras podem ser vistas no Museu da Silésia (Opava), no Museu Pera em Istambul e no Museu Leopold em Viena.

 

José Mesquita

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e designer gráfico e digital.

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me