1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Mário Quintana – Versos na tarde – 24/04/2017

Esperança Mário Quintana¹ Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano Vive uma louca chamada Esperança E ela pensa que quando todas as sirenas Todas as buzinas Todos os reco-recos tocarem Atira-se E — ó delicioso voo! Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada, Outra vez criança… E em torno dela indagará o […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Fernando Pessoa – Versos na tarde – 23/04/2017

A Espantosa Realidade das Cousas Fernando Pessoa/Alberto Caeiro ¹ A espantosa realidade das cousas É a minha descoberta de todos os dias. Cada cousa é o que é, E é difícil explicar a alguém quanto isso me alegra, E quanto isso me basta. Basta existir para se ser completo. Tenho escrito bastantes poemas. Hei de […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Carlos Drummond de Andrade – Versos na tarde – Poesia 22/042017

A Máquina do Mundo Carlos Drummond de Andrade E como eu palmilhasse vagamente uma estrada de Minas, pedregosa, e no fecho da tarde um sino rouco se misturasse ao som de meus sapatos que era pausado e seco; e aves pairassem no céu de chumbo, e suas formas pretas lentamente se fossem diluindo na escuridão […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Hannah Arendt – Poesia – 21/04/2017

Poema Hannah Arendt¹ Não chore pela suave tristeza Quando o olhar de quem não tem lar Ainda o corteja envergonhado. Sinta como a história mais pura Ainda oculta tudo. Sinta o movimento mais tenro De gratidão e fidelidade. E você saberá: sempre, O amor renovado será dado. ¹Johanna Arendt * Hanôver, Alemanha – 14 de outubro […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Hannah Arendt – Filosofia – Biografias

Hannah Arendt: a filósofa como poeta Johanna Arendt * Hanôver, Alemanha, 14 de outubro de 1906 d.C + Nova Iorque, Estados Unidos, 4 de dezembro de 1975 d.C Hannah Arendt é mais conhecida como pensadora, analista privilegiada do totalitarismo, e, infelizmente, como a amante judia de Heidegger (“filósofo para filósofos”). Mas era também poeta. “Todas […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Hannah Arendt – Filosofia – Biografias

Hannah Arendt: a filósofa como poeta Johanna Arendt * Hanôver, Alemanha, 14 de outubro de 1906 d.C + Nova Iorque, Estados Unidos, 4 de dezembro de 1975 d.C Hannah Arendt é mais conhecida como pensadora, analista privilegiada do totalitarismo, e, infelizmente, como a amante judia de Heidegger (“filósofo para filósofos”). Mas era também poeta. “Todas […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Shakespeare – Versos na tarde – 20/04/2017

Soneto I Shakespeare¹ Dentre os mais belos seres que desejamos enaltecer, Jamais venha a rosa da beleza a fenecer, Porém mais madura com o tempo desfaleça, Seu suave herdeiro ostentará a sua lembrança; Mas tu, contrito aos teus olhos claros, Alimenta a chama de tua luz com teu próprio alento, Atraindo a fome onde grassa […]

, , , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Sylvia Plath – Versos na tarde – 19/04/2017

Canção de Amor da Jovem Louca Sylvia Plath¹ Cerro os olhos e cai morto o mundo inteiro Ergo as pálpebras e tudo volta a renascer (Acho que te criei no interior da minha mente) Saem valsando as estrelas, vermelhas e azuis, Entra a galope a arbitrária escuridão: Cerro os olhos e cai morto o mundo […]

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (7 votos, média: 4,57 de 5)
Loading...

Nirton Venâncio – Versos na tarde – 18/04/2017

Seletivo Nirton Venâncio ¹ Quem é você para vender falsos sonhos e enciclopédias no terreiro de minha casa? Tire os seus sapatos: no meu chão sagrado só caminha quem tem asas. (do livro “Poesia provisória”) ¹ Nirton Venâncio * Crateús, CE. – 1955 Tweet

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Manuel Bandeira – Versos na tarde – 17/04/2017

Poema Manuel Bandeira¹ Escuta, eu não quero contar-te o meu desejo Quero apenas contar-te a minha ternura Ah se em troca de tanta felicidade que me dás Eu te pudesse repor – Eu soubesse repor – No coração despedaçado As mais puras alegrias de tua infância! ¹Manuel Carneiro de Sousa Bandeira Filho * Recife, PE. […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

T.S. Eliot – Versos na tarde – 16/04/2017

Rapsódia de uma noite de vento T.S.Eliot ¹ Doze horas. Pelos caminhos da rua Preso em síntese lunar A sussurrar encantos lunares Dissolvem-se os assoalhos da memória E suas relações claras Divisões e precisões, Todo poste que passo Bate como um tambor fatalista, E pelos espaços do escuro A meia-noite chacoalha a memória Como um […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Bernhard Wosien – Versos na tarde – 15/04/2017

Dança Bernhard Wosien¹ Eu danço uma canção do silêncio seguindo uma música cósmica e coloco meu pé ao longo das beiras do céu eu sinto como seu sorriso me faz feliz. ¹Bernhard Wosien * Munique, Alemanha – 19 de setembro de 1908 + Munique, Alemanha – 29 de abril de 1986   Tweet

, , ,